Arquivo do Autor

Federação dos Municípios promoverá encontro estadual

Postado por Caio Hostilio em 27/jun/2017 - Sem Comentários

Evento acontece na terça-feira (04), em São Luís, e reunirá gestores municipais e o governador Flávio Dino. Na oportunidade, entidade solicitará habilitação de 107 cidades na gestão plena da saúde.

s

A Federação dos Municípios do Estado do Maranhão realizará na terça-feira, dia 04 de julho, um grande evento que reunirá gestores municipais de várias regiões e o governador Flávio Dino.

Trata-se do I Encontro Estadual da FAMEM, iniciativa que acontecerá no auditório da FIEMA, em São Luís, a partir das 13h.

O encontro foi pensado pela Diretoria da entidade municipalista com o objetivo de aproximar, cada vez mais, prefeitos e prefeitas da administração estadual e, desta forma, discutir as problemáticas da municipalidade e apontar soluções para resolvê-las.

A programação definitiva, que será divulgada nos próximos dias, prevê debates acerca das reivindicações dos gestores; ações governamentais e projetos desenvolvidos pela Federação em favor dos municípios.

Durante o evento, a Diretoria da entidade, comandada pelo seu presidente, prefeito Cleomar Tema (Tuntum), solicitará oficialmente ao governador Flávio Dino, que já confirmou presença, a habilitação de 107 municípios na gestão plena dos recursos da saúde.

Tal medida melhorará a prestação de serviços na área, uma vez que significará maior dinamismo, maior agilidade e mais qualidade.

A habilitação dos municípios maranhenses na gestão plena dos recursos da saúde é uma pauta que vem sendo tratada pela Federação e o governo do estado desde o início do ano.

Também figura como uma reivindicação dos próprios gestores públicos municipais.

No encontro, o governador Flávio Dino, além de dialogar diretamente com prefeitos e prefeitas, deverá fazer anúncios de novos benefícios para os municípios do Maranhão.

Enquanto isso, o todo poderoso do Brasil, Janot, libera os Fribois/JBS de 1200 anos de cadeia…

Postado por Caio Hostilio em 27/jun/2017 - Sem Comentários

Já passou da hora do todo poderoso Janot sair fora, pois age de forma que não coaduna com o pensamento da população, que em pesquisa reprovou com 81% sua atitude de bondade com os bandidos da Friboi.

A perseguição aos políticos se faz necessária, ainda mais contra a corrupção, contundo seria providencial a perseguição as corrupções e manobras esquisitas dentro do Ministério Público e do Judiciário.

O jogo politiqueiro abrange todos os poderes e pesa sobre todos esses poderes constituídos a corrupção!!!

Por outro lado, o todo poderoso Janot quer emplacar seu substituto e, assim, continuar dando as cartas na Procuradoria Geral da Republica… É preciso presa!!!

Pois a lista será enviada pela Associação Nacional dos Procuradores da República (Anpr) para o presidente Michel Temer, a quem cabe a palavra final.

Oito candidatos estão na disputa este ano: os subprocuradores-gerais da República Frederico Santos, Eitel Santiago, Ela Wiecko, Franklin da Costa, Mario Bonsaglia, Nicolao Dino, Raquel Dodge e Sandra Cureau (veja no final da reportagem o perfil de cada um).

O pupilo de Janot e o seu atual cupincha mor Nicolao Dino…

 

Eis aí os motivos reais do corte dos recursos da saúde de Caxias… Atitude completamente maquiavélica

Postado por Caio Hostilio em 27/jun/2017 - Sem Comentários

Para entender o que se segue abaixo é preciso que leiam os ofícios no final do texto…

Não aceitar uma derrota nas urnas e partir para atos maquiavélicos, cujos resultados são a falta de respeito a um povo e em especial a municipalidade, fica evidenciado totalmente o pensamento antidemocrático, antiético e nada, nadica de nada, republicano.

Esse blog já cobrou diversas vezes as justificativas que levaram a gestão Flávio Dino, com total apoio dos Coutinhos, a suprir dos recursos da saúde de Caxias o valor de R$ 2 milhões, que dariam condições de funcionamento adequado à Maternidade Carmosina Coutinho, que atende toda a região, e a UPA… Não justificaram!!!

Mas agora veio à tona um ofício da Secretaria de Saúde do Estado encaminhado à Prefeitura de Caxias, sugerido que passassem a gestão da Maternidade para o governo do Estado. Mas como? Por que cortaram os recursos quando da derrota dos Coutinhos em Caxias? Por que querem a gestão da Maternidade? Por que não cumprem com a reposição dos recursos e respeitam a saúde municipalizada de Caxias?

Ora bolas!!! Com certeza é tentar atingir o tendão de Aquiles de qualquer gestão pública: A saúde!!! Caso o prefeito Fábio Gentil aceitasse essa tentativa maquiavélica, Caxias perderia a sua posição de saúde municipalizada e, por consequência, recursos federais.

Por outro lado, a gestão Dino jogaria a administração da Maternidade para os Coutinhos, assim como fizeram com o Hospital Macrorregional, isso sem falar dos recursos destinados.

É QUERER BRINCAR COM A COISA PÚBLICA… QUE RESPEITEM O PATRIMONIO E O DINHEIRO DO CONTRIBUINTE!!!

A resposta do prefeito Fábio Gentil foi providencial, coerente e de alguém que respeita de fato o que é público.

Parece que esqueceram que a Maternidade Carmosina Coutinho era conhecida como a Maternidade da Morte nas gestões dos Coutinhos!!!

Leiam abaixo, atentamente, aos ofícios:

Andrea Murad cobra salários atrasados de médicos de Balsas

Postado por Caio Hostilio em 26/jun/2017 - Sem Comentários

A deputada Andrea Murad (PMDB), durante discurso nesta segunda (26), cobrou o pagamento de 3 meses de salários atrasados dos médicos obstetras e pediatras de Balsas. A insatisfação da categoria levou os profissionais entrarem de aviso prévio no Hospital São José, unidade privada que tem um convênio com o Governo do Estado desde agosto do ano passado.

“A Sociedade Beneficente  São Camilo, que administra o hospital São José em Balsas, tem um convênio com o Governo e esse dinheiro não está sendo repassado. Eles repassaram seis meses e faltam repassar os outros seis. E a finalidade desse convênio é para justamente o pagamento de médicos, para compras de medicamentos, tudo o que necessita para um hospital funcionar. Aí a Secretaria de Estado da Saúde alega que não fez os repasses para o hospital, porque o hospital não apresentou a prestação de contas devidamente. A direção do hospital afirma que prestou contas em 31 de março. A Secretaria demorou em fazer suas ressalvas, o hospital apenas há duas semanas respondeu aos apontamentos da SES e até agora espera o governo responder ao relatório final. Ou seja, só está faltando a Secretaria de Saúde agora resolver a situação para que o recurso possa ir”, explicou Andrea.

A deputada argumentou que a paralisação de médicos em uma unidade dessa complexidade, principalmente na área materno infantil, que abrange toda a região de Balsas,  não pode acontecer e colocar em risco a vida de centenas de mães e crianças. Para Andrea, a negligência tem sido constante na gestão da saúde do Estado e criticou o longo atraso nas obras do Hospital Regional de Balsas, entregue ao governo Flávio Dino com mais da metade das obras concluídas.

“Então, o Governador, que já está no terceiro ano de seu mandato, que recebeu um hospital regional com quase 80% das obras, já que não conclui a obra do hospital do Estado e por isso ele fez um convênio que ele honre com seus compromissos. Eu acho que a Secretaria de Saúde precisa ter eficiência, isso é um dos princípios básicos da administração pública, então eu peço que o Secretário Carlos Lula veja com carinho essa situação para que possa ser resolvido esse atraso dos salários dos médicos de Balsas, evitando assim que serviços na área materno infantil sejam suspensos só porque o Governo não consegue pagar o que é devido aos médicos, profissionais essenciais para aquela região”, discursou.

ROBERTO ROCHA DIZ QUE VOLTA DE ROSEANA É CULPA DE FLÁVIO DINO

Postado por Caio Hostilio em 26/jun/2017 - 1 Comentário

Em entrevista à Radio Nova FM, de Balsas, o senador diz que a candidatura de Roseana é graças ao fracasso do governo de Flávio Dino.

OUÇA A ENTREVISTA : https://soundcloud.com/user-951362260/roberto-rocha-explica-porque-e-candidato-em-2018-23-06-2017

Em uma entrevista polêmica concedida à Radio Nova FM (Balsas – Ma) na última sexta-feira, 23, o senador Roberto Rocha anunciou publicamente, pela primeira, que é candidato ao governo do estado nas eleições de 2018.

Ao pontuar a razão de sua candidatura, Roberto Rocha elencou motivos relativos ao crescimento econômico do estado, declarando que o atual governo não tem planejamento.

“O maranhão precisa ter o seu parque industrial, precisa ter obras de infraestrutura para crescer e se desenvolver. Pare pra ver e pergunte se em 3 anos do governo que prometeu mudar o Maranhão da água pro vinho, que prometeu em 4 anos resolver todos os problemas, mas que vai dizer, no ano que vem que não deu tempo, que vai precisar de mais 4… o que ele tem planejado para 2018 , 2020, qual o Maranhão que esse governo projeta para 2020 ou 2030? Qual o plano, qual o projeto?”, questionou.

Roberto Rocha também afirmou estar sendo chamado, por lideranças políticas e pelo povo, para ser candidato e afirmou que nem precisaria ser candidato se o governo de Flávio Dino estivesse sendo satisfatório:

“Eu não preciso ser governador do Maranhão. Eu sou senador da república e meu mandato vai até 2022. Mas, se eu for chamado pelo povo, como eu estou sendo… por onde ando, pelo Maranhão, há uma frustração violentíssima. E sabemos que é verdade.

A maior obra do governo Flávio Dino é trazer Roseana de volta para a candidatura de governadora. Isso não se cogitava há dois anos atrás.  É exatamente o fracasso do governo dele, medíocre, pobre, é que está fazendo com que parcela da população volte a lembrar do governo de Roseana.  E é exatamente nesse cenário que eu quero disputar: entre a candidatura dele e a candidatura dela. Para oferecer ao Maranhão uma oportunidade de ver um estado que possa realmente se desenvolver. Um estado que possa descobrir em si mesmo o seu potencial e usar o governo para melhorar a vida do povo. Não pra ter um projeto de poder, mas um projeto de governo e mais: um projeto de estado”, declarou.

Prefeito Luis Fernando inicia tratativas para implantação da Escola Militar no Parque Vitória

Postado por Caio Hostilio em 26/jun/2017 - Sem Comentários

Acompanhado do comandante geral da Polícia Militar do Maranhão, Cel. Pereira, o prefeito Luis Fernando visitou na última sexta-feira (23) as instalações da escola municipal do Parque Vitória, onde será instalado o Colégio Militar Tiradentes e o terreno, localizado ao lado da escola, que vai abrigar a Companhia de Polícia da área.

A visita, de acordo com o prefeito Luis Fernando, teve o objetivo de definir ações iniciais para a instalação da escola, anunciada inclusive na visita do Governador Flávio Dino quando da entrega de urbanização da Avenida Nossa Senhora da Vitória. Com mais essa escola, São José de Ribamar terá a terceira escola militar. As duas primeiras foram implantadas no início do ano, na sede do município e a outra no Parque Jair.

“Convidamos hoje o cel. Pereira para conhecer as instalações da escola, acomodações e demais espaços tanto interno quanto externo. A partir desse movimento vamos agora estabelecer o protocolo para a assinatura do termo que vai celebrar a parceria, onde a prefeitura por meio da secretaria de educação assume a parte pedagógica, e a cúpula da polícia militar assume a administrativa”, explicou o prefeito.

Segurança – Na oportunidade, o prefeito visitou ainda o terreno onde será construído, pela prefeitura, um prédio para abrigar a Companhia de Polícia do Parque Vitória, subordinada ao Batalhão de Polícia do Cohatrac.

“Além da escola militar que vai formar as nossas crianças e jovens com disciplina e programas voltados à cidadania, também visitamos o terreno que vai abrigar a companhia. Não tenho dúvida que a parceria estabelecida, Prefeitura e Governo do Maranhão, vai trazer inúmeros benefícios para a população, sobretudo nas áreas da segurança e educação”, concluiu.

Prazo de adesão ao Refaz encerra na próxima quarta-feira (28)

Postado por Caio Hostilio em 26/jun/2017 - 4 Comentários

O prazo para que os contribuintes inadimplentes quitem seus débitos com o fisco municipal por meio do Programa de Recuperação de Créditos da Fazenda (Refaz), termina nesta quarta-feira (28). A campanha, iniciada em fevereiro, possibilita o pagamento de débitos com o IPTU, ISS, Alvará, ITBI dentre outros, com facilidade no parcelamento e descontos de até 100% nos juros e multas.

O programa integra as ações realizadas pela Prefeitura de São Luís com o intuito de aumentar a arrecadação municipal. O período de adesão ao Refaz foi prorrogado, possibilitando a um maior número de contribuintes com débitos, pudessem quitar suas dívidas e auxiliar no desenvolvimento da cidade. O quantitativo arrecadado será investido em diversas áreas, como saúde, educação, infraestrutura, obras, saneamento, entre outros.

A Secretaria Municipal da Fazenda (Semfaz), responsável pela cobrança de impostos municipais alcançou no período de 20 de fevereiro a 31 de maio, mais de 10 mil adesões. De acordo com o coordenador de Atendimento da Semfaz, Alexandre Costa, a expectativa é de atender 700 pessoas por dia até o final do Refaz.

Para o secretário municipal da Fazenda, Delcio Rodrigues, a Prefeitura vem alcançando bons resultados desde o lançamento do programa. “Conseguimos superar as nossas expectativas e alcançamos bons resultados. Esperamos que agora, o maior número de contribuintes faça a adesão ao programa”, assinalou o titular da pasta.

O contribuinte que optar pelo pagamento dos débitos à vista terá 100% de redução nos juros e multas. O Refaz também possibilita o parcelamento em até 48 vezes com descontos de acordo com o número de parcelas. “O Refaz dá ao contribuinte a possibilidade de regularizar os débitos com facilidade no parcelamento, beneficiando todos os cidadãos”, comentou o contribuinte Gilberto Pereira dos Santos.

SAIBA MAIS

Formas de parcelamento
Pagamento à vista – desconto de 100% nos juros e multas;
Parcelamento em até 6x – desconto de 80% nos juros e multas;
Parcelamento de 7x a 12x – desconto de 60% nos juros e multas;
Parcelamento de 13x a 24x – desconto de 40% nos juros e multas;
Parcelamento de 25x a 36x – desconto de 20% nos juros e multas;
Parcelamento de 37x a 48x – desconto de 10% nos juros e multas.

Documentos necessários
Para quitar suas dívidas, o contribuinte deve estar atento aos documentos necessários para aderir ao Programa, no ato da adesão, o mesmo deverá apresentar:
Pessoas jurídicas – Contrato social da empresa, número do CNPJ, carteira de identidade e CPF dos sócios (se houver) e um responsável para assinar o contrato.
Pessoas Físicas – Cópia de documentos pessoais – Carteira de Identidade e CPF.

Postos de Atendimento
Foram disponibilizados três postos de atendimento possibilitando que o maior número de cidadãos com débitos com o fisco municipal, possam quitar suas dívidas:
– Secretaria Municipal de Fazenda (Semfaz) – Avenida Kennedy, no° 1455, Bairro de Fátima; de segunda a sexta-feira, das 8h30 às 16h;
– Viva – Avenida Beira Mar (antigo Casino Maranhense); de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h;
– Procuradoria Fiscal – Rua do Sol, nº 83, Centro – Aos cidadãos com débitos inscritos em dívida ativa, atendimento de segunda a sexta-feira, das 8h30 às 16h.

Deputado Wellington convida população para audiência que tem como objetivo evitar novo aumento de energia elétrica

Postado por Caio Hostilio em 26/jun/2017 - Sem Comentários

O presidente da Comissão de Administração da Assembleia Legislativa do Maranhão, deputado Wellington do Curso (PP), utilizou a tribuna da Assembleia Legislativa para convidar toda a população para uma Audiência Pública que discutirá o novo aumento na conta de energia elétrica no Maranhão. A Audiência começará às 14h, desta quarta-feira (28), no auditório Fernando Falcão, na Assembleia Legislativa do Maranhão.

Foi convidada a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel); Companhia Energética do Maranhão (Cemar); Companhia de Águas e Esgotos do Maranhão (Caema); Instituto de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon); Sindicato Urbanitários do Maranhão; Ordem dos Advogados do Brasil no Maranhão (OABMA); Ministério Público; Defensoria Pública; Ministério Público Federal; Associação Comercial do Maranhão, Fiema entre outros órgãos e entidades.

O parlamentar, que fez convite para todos os órgãos citados, justificou aos convidados a inviabilidade de um novo aumento nas contas de energia elétrica no Maranhão e que as consequências serão negativas para toda a população e indústrias.

“Infelizmente, caso isso aconteça, a conta de energia do nosso estado, será a maior do Brasil! São 21% de aumento na energia elétrica, e em contrapartida, teremos muitas consequências negativas. Não podemos esquecer que já tivemos um aumento recente nas contas de energia, que foi imposto pelo Governo com o ICMS. Inclusive, votamos contra esse ato do Governo de aumentar os impostos. Além da população, as empresas, indústrias e comércios também sofrerão. Nós precisamos fazer alguma coisa, na audiência, precisamos discutir esse possível aumento e tentar articular, para que a Aneel e Cemar consigam evitar esse reajuste”, disse Wellington.

ENTENDA A SITUAÇÃO:

O contrato da Cemar prevê a revisão tarifária anual e, a cada quatro anos, uma revisão tarifária ordinária, cujo percentual é definido a partir de um estudo da ANEEL e, por fim, submetido à audiência pública. A audiência estava marcada para a última quarta-feira, dia 14, mas foi suspensa por decisão judicial sob o argumento de que a audiência não foi publicitada. Assim, com o objetivo de ouvir a população e de realizar um debate público sobre o tema que busque meios para evitar um novo aumento, acontecerá a audiência pública na Assembleia Legislativa. A finalidade é evitar o aumento de 21% nas contas a partir de agosto.

Hildo Rocha consegue recursos para construção de ginásio de esportes no campus da UEMA

Postado por Caio Hostilio em 26/jun/2017 - Sem Comentários

O deputado federal Hildo Rocha recebeu das mãos do ministro do Esporte, Leonardo Picciani, o empenho por meio do qual o governo federal garante R$ 1 milhão, de recursos orçamentários, para a construção do primeiro ginásio poliesportivo que será edificado na Cidade Universitária Paulo VI (UEMA).

Os recursos são provenientes do Orçamento Geral da União, dentro do programa de incentivo ao esporte. “Em reuniões anteriores, o ministro Picciani havia nos garantido que dos diversos pleitos que apresentei esse seria atendido tão logo os recursos fossem disponibilizados pelo Ministério do Planejamento. Na semana passada fui novamente recebido em audiência e tive e felicidade de receber a confirmação de que os recursos já estão à disposição da UEMA. O passo seguinte será a aprovação do projeto, elaborado pela própria universidade, para que em seguida possamos assinar o convênio e iniciarmos a obra”, disse Hildo Rocha.

Centros de Iniciação ao Esporte (CIE)

O deputado lembrou que além dessa conquista outras estão por vir na área do esporte. “Temos diversos projetos tramitando no ministério, especialmente no que se refere aos Centros de Iniciação ao Esporte (CIE). O de Açailândia, por exemplo, será liberado em setembro, segundo me garantiu o ministro”, destacou o parlamentar.

O objetivo dos Centros de Iniciação ao Esporte (CIE) é ampliar a oferta de infraestrutura de equipamentos esportivo qualificado, incentivando a iniciação esportiva em territórios de vulnerabilidade social de grandes cidades brasileiras.

“O Ministro Picciani tem demonstrado boa vontade e se comprometeu em atender, na medida do possível, outros pleitos que encaminhamos, juntamente com alguns prefeitos e vereadores de diversos maranhenses que buscam adquirir esses benefícios junto ao governo federal”, explicou Rocha.

Diante do tratamento e da mediocridade com a Saúde Pública Estadual, enfermeiros estarão em greve

Postado por Caio Hostilio em 26/jun/2017 - Sem Comentários

E os representantes do povo, os ditos deputados estaduais, que deveriam está fiscalizando as falácias governamentais, simplesmente a maioria dos ditos representantes do povo defende e apóia todo e qualquer manejo medíocre e falacioso da gestão que aí está… O povo que se vire a ficar a mercê de tudo isso… Abaixo o comunicado dos enfermeiros da rede estadual de saúde:

ENFERMEIROS DA REDE ESTADUAL FARÃO GREVE GERAL:

Em Assembléia Geral da Categoria, realizada no dia 23, os Enfermeiros que trabalham nas empresas terceirizadas do Maranhão resolveram realizar um dia de greve Geral contra o GOVERNO DO ESTADO.

A decisão foi tomada após inúmeras tentativas de diálogos com as empresas terceirizadas pelo Estado, sem resolução das demandas da Categoria, são elas:

1) Não cumprimentos do piso salarial da categoria pelas empresas BIOSAUDE é Instituto Acqua;

2) Suspensão dá assinatura das carteiras de trabalho pela empresa BIOSAUDE;

3) Ausência de direito de férias pelos Enfermeiros requisitados da ICN, alguns sem férias há mais de 2 anos; 3) Não cumprimentos de acordo de troca de escalas pela empresa INVISA;

4) Ausência de repouso nos Hospitais de Monção e Macrorregional de Imperatriz;

5) Não Pagamento do reajuste salarial de 2016 pelo Instituto GERIR;

6) Não Pagamento das rescisões pelas empresas CORPORE, ICN e IDAC;

7) Não Pagamento dos plantões extras pela empresa INVISA. As empresas terceirizadas pelo Estado não respeitam os direitos trabalhistas, são fiscalizadas por ninguém é o que foi instalado foi o completo caos na Gestão dos contratos de trabalho. O Sindicato dos Enfermeiros do Estado do Maranhão convoca toda a categoria para se manifestar contra todos esses desrespeitos aos direitos trabalhistas, DIA 20 DE JULHO, ÀS 8 HORAS DA MANHÃ, EM FRENTE À SECRETARIA DE SAÚDE.

Vamos demonstrar à sociedade Maranhense que NÃO ACEITAMOS E QUE ESTAMOS PROFUNDAMENTE INSATISFEITOS COM ESSE TRATAMENTO DISPENSADO AOS PROFISSIONAIS DE SAÚDE DO MARANHÃO, AFINAL, CUIDAMOS DA VIDA, DA SAÚDE, MERECEMOS RESPEITO.

Mais 7.000 profissionais da saúde não vota nesse governo medíocre, que engana o povo!!

 

Contatos

hostiliocaio@hotmail.com

Assine o Blog

By signing up, you agree to our Terms of Service and Privacy Policy.

Publicidade

Busca no Blog