Arquivo de maio de 2016

Medo da ilicitude!!! Deputados votam contra requerimento que convoca reitor da UEMA

Postado por Caio Hostilio em 31/maio/2016 - Sem Comentários

waldir e flávioEm sua terceira sessão para votação do requerimento de autoria da deputada Andrea Murad (PMDB), que convoca o reitor da UEMA, Prof. Augusto, a maioria dos deputados votou contra a ida do reitor à Assembleia Legislativa. O requerimento da deputada solicitava que o reitor explicasse aos deputados quais providências já foram tomadas sobre o pagamento de salários indevidos ao Waldir Maranhão, atual presidente da Câmara de Deputados e que não deveria receber o salário de professor durante o exercício do mandato.

“Mais uma vez, para proteger o Waldir Maranhão, o reitor da UEMA e o governador Flávio Dino, principal conivente com essa situação imoral e ilegal praticada na sua gestão, os deputados da base aliada do governo votaram contra uma convocação extremamente necessária para que todos os fatos sejam esclarecidos. Não estive presente à sessão de hoje, mas pelo regimento após três sessões em pauta, foi colocado em votação e o que se viu é uma demonstração clara de que o governador não irá tomar qualquer providência por se tratar do seu aliado Waldir Maranhão”, disse Andrea em contato com o blog.

A deputada Andrea Murad irá oficiar diretamente a UEMA, assim como a Secretaria de Estado da Transparência e a Procuradoria Geral do Estado, pedindo esclarecimentos sobre as providências tomadas para que Waldir Maranhão venha ressarcir os recursos pagos indevidamente por quase 2 anos.

“O governador Flávio Dino se omite e não zela pelo recurso público, nem tampouco esclarece se alguma providência foi adotada. Se isso não for respondido, irei usar os meios legais, cabíveis, para garantir o ressarcimento e não vou descansar enquanto a devolução do recurso não for feita ao cofre público. E volto a repedir, a secretaria de transparência é apenas para punir os inimigos políticos. Ilegalidades acontecem diariamente no governo Flávio Dino e nenhuma providência é tomada mesmo quando existe ampla divulgação nacional”, adiantou a parlamentar.

Radiologia do Socorrão I vai fechar por não pagar os médicos da especialidade por sete meses

Postado por Caio Hostilio em 31/maio/2016 - 5 Comentários

socorraoi1Os médicos especialistas em radiologia que trabalham no Socorrão I prometem paralisar suas atividades por não receberem seus salários há sete meses. Segundo os médicos, é uma situação deprimente, pois quem sofrerá com essa paralisação serão os pacientes, causando, com isso, um impacto negativo. Agora, vale questionar: O que estão fazendo com os recursos do SUS e por que esse atraso no pagamento dos salários dos médicos, ainda mais num período superior a meio ano? Com as respostas a Prefeitura de São Luís. Será que a Prefeitura está apostando que médicos de outras especialidades poderão dá o diagnósticos dos exames radiológicos?

Situação deprimente:

Os médicos da radiologia do Socorrão I, que corresponde aos exames de RX, ultra-sonografia e Tomografia está há 07 meses sem receber seus vencimentos o que vão causar um impacto negativo no atendimento dos pacientes!

Os médicos informam que vão suspender suas atividades

Assistam ao vídeo!!! Operação Lava-Jato: É bom que esclareça tudo, que o país seja passado a alimpo, defende Hildo Rocha.

Postado por Caio Hostilio em 31/maio/2016 - Sem Comentários

hildo rochaO deputado Hildo Rocha (PMDB/MA) voltou a manifestar apoio ao Juiz Sergio Moro e defendeu o aprofundamento da Operação Lava-Jato. “É bom que se esclareça tudo, que se descubra tudo de errado que foi feito, que o país seja passado a limpo”, enfatizou Rocha em pronunciamento na tribuna da Câmara Federal.

O parlamentar destacou que ninguém está acima das leis. “Nenhuma autoridade, detentora de mandato, ou ocupante de cargo executivo, que tenha cometido desvio de conduta, pode ficar impune”, declarou. Segundo Rocha, Lula e Dilma também estão passíveis de punição. “Lula e Dilma não são inimputáveis. Somos iguais perante a lei”, enfatizou Hildo Rocha.

Ataques ao STF

O pronunciamento de Hildo Rocha foi uma reação ao comportamento de colegas de parlamento que utilizam a prerrogativa da imunidade parlamentar para atacar do STF. “São vozes isoladas que aqui utilizam esta tribuna para atacar membros do Supremo Tribunal Federal”, disse.

O deputado fez questão de ressaltar que os ministros têm agido em conformidade com a constituição cidadã que teve como patrono Ulysses Guimarães. “A nossa constituição está sendo respeitada, sim. O Supremo Tribunal Federal é constituído dos mais renomados juristas do nosso país. Portanto, eles agem dentro da legalidade”, declarou.

Insatisfação

Rocha disse ainda que os ataques ao STF decorrem da insatisfação de integrantes do Partido dos Trabalhadores (PT) que enriqueceram ilegalmente. “É fácil atacar as pessoas aqui da tribuna. Acontece que, a nossa constituição fere mortalmente o partido que se utilizou do poder para enriquecer varias pessoas, de forma criminosa usando o dinheiro do povo”, afirmou.

Como forma de realçar a participação do PT em irregularidades, Rocha citou os nomes de Delúbio Soares e Antônio Vaccari Neto, dois ex-tesoureiros do partido que foram condenados pela justiça e estão cumprindo pena.

Lava-Jato

Rocha reafirmou que o Juiz Sérgio Moro tem feito um bom trabalho e lembrou que o Presidente Michel Temer tem dado repetidas demonstrações de apoio à Operação-Lava-Jato. “O presidente Michel Temer vai dar apoio total, inclusive não mexeu na diretoria da Polícia Federal, manteve o diretor-geral no cargo”, lembrou o parlamentar.

Sousa Neto rebate “Quem deve explicações por suas contas de campanha é ele (Flávio Dino)”

Postado por Caio Hostilio em 31/maio/2016 - Sem Comentários

sfdO deputado estadual Sousa Neto (Pros) fez discurso firme sobre as ações movidas pelo governador Flávio Dino (PCdoB) para tentar acusar a ele e a deputada estadual Andrea Murad (PMDB) de recebimento ilegal de doações durante a campanha eleitoral

“ Não consigo crer que um governador que tem como princípio maior a vingança e a perseguição possa querer o melhor para o Maranhão”, afirmou o parlamentar.

Sousa Neto explicou que o governador Flávio Dino tem utilizado de recursos estaduais e movido unicamente por interesses pessoais para tentar atingir os deputados que fazem oposição.

“Ele não só quer atingir moralmente, ele quer calar essas vozes, mas ainda bem que o nosso estado tem um poder judiciário livre, autônomo e soberano para agir conforme as leis”, continuou.

Fazendo a leitura do parecer do tribunal de justiça que afirmou que “a acusação é desprovida de mínimos indícios e com suporte em meras ilações e opiniões pessoais”, o deputado estadual questionou

“ Minhas contas foram aprovadas, senhores, e a empresa doadora que ele contesta foi a mesma contratada pelo atual governo por 23 milhões e meio de reais.  Então quer dizer que para doar para a minha campanha não pode, mas para ser fornecedora do governo dele não tem problema? ”

Denunciando que o solicitante da investigação, recebeu cerca de 1 milhão e 400 mil reais em doações de empreiteiras investigadas na Operação Lava Jato e que os sócios ao serem presos, em seus depoimentos afirmaram que todas as doações aos governadores foram propinas, Sousa Neto concluiu

“Quem deve explicações por suas contas durante a campanha é ele e deve explicações não só pelas doações recebidas pelas empreiteiras UTC e OAS, mas principalmente por seu 1 ano e meio de governo omisso”.

Que São Luís faça o mesmo!!! Paróquia de Timon se mobiliza contra a insegurança

Postado por Caio Hostilio em 31/maio/2016 - Sem Comentários

atos1464661269Paróquia São Francisco de Assis, atenta aos problemas sociais de Timon, diante do quadro de violência generalizada que tem atingido a comunidade timonense, teve a iniciativa pela terceira vez de convocar outras Igrejas, Associações, Sindicatos, e demais entidades da Sociedade Civil e Iniciativa Privada para a realização dos ATOS PÚBLICOS CONTRA VIOLÊNCIA, POR MAIS SEGURANÇA E PAZ.

Os ATOS PÚBLICOS serão realizados por meio de uma audiência pública e um manifesto popular pelas ruas da cidade.

AUDIÊNCIA PÚBLICA – Dia 01 de Junho de 2016, das 18:00 às 21:30h no Centro da Juventude (Fundação Cidadania – Rua 104, Parque União, próximo ao Campo Poeirão).

MANIFESTO POPULAR – DIA 08 de Junho de 2016, Concentração às 16h no Centro da Juventude (Fundação Cidadania – Rua 104, Parque União, próximo ao Campo Poeirão).

“A violência não pode jamais nos vencer, a paz tem que ser perseguida dia a dia. A Sociedade Civil e o Poder Público juntos, tem que encontrar caminhos para a promoção da paz. Esperamos por você, convide seus amigos, vizinhos, vítimas da violência e vamos juntos construir alternativas para melhorar a segurança pública e termos paz”, disse o pároco da Paróquia São Francisco em Timon e Coordenador Geral dos Atos Públicos – Pe. João Paulo Ribeiro.

Afinal, o que de positivo para coletividade a gestão Flávio Dino fez nesses 17 meses de governo?

Postado por Caio Hostilio em 31/maio/2016 - 2 Comentários

secretáriosNesses 17 meses ficaram evidenciados dois fatores preponderantes na gestão “Flávio Dino”: o primeiro foi de imediata perseguição aos seus opositores, isso através da secretaria da transparência, que deveria sido criada para atuar contra as diversas ilicitudes cometidas nos diversos órgãos da atual gestão. O segundo foi o desmonte por completo do sistema de saúde, do aparelho de segurança pública, da infreestrutura, na geração de emprego e renda e, principalmente, da educação.

A gestão Flávio Dino não conseguiu melhorar esses setores importantes para promover o bem-estar dos maranhenses. Apenas conseguiu desfazer tudo que vinha tendo progressões.

A gestão Flávio Dino se restringe a propagandas, cujos temas não condizem com a realidade, haja vista que não foi sua gestão que construiu os hospitais alardeados, visto que todos eles já estavam praticamente construídos e equipados, como os de Pinheiro, Caxias e Santa Inês, sendo que esse último até hoje não foi entregue.

Não foi no governo Flávio Dino que os professores conseguiram a aprovação do Estatuto do Magistério. Esse feito foi do ex-governo. Por outro lado, o que se vê é a falta de respeito com o piso nacional dos professores, além da falta de compromisso com a formação continuada e até mesmo com a progressão.

Na Segurança Publica é visto diversos problemas crônicos, mas o que se espera é a promessa de campanha de Flávio Dino quanto a PEC 300 estadual.

A falta de compromisso com as obras é outro fato visto a olho nu, mostrando, com isso, que sua pasta de infraestrutura é uma falácia.

O Maranhão está entre os estados que perdeu o maior número de empregos com carteira assinada, coisa que mostra a falta de perspectiva da gestão Flávio Dino com a atração de investimentos e na geração de emprego e renda.

Quanto aos recursos do BNDES, ninguém sabe como estão sendo aplicados, visto que transparência passa longe da gestão Flávio Dino.

O blog Metendo o Bedelho alcançou em quatro dias mais de 100 mil acessos sem utilizar práticas escusas

Postado por Caio Hostilio em 31/maio/2016 - Sem Comentários

Esse blog nunca lutou por acessos e sequer faz questão disso, contudo é preciso divulgar esses dados.

É preciso, ainda, que fique claro que o titular desse blog jamais colocaria algo que possa ferir os princípios da moralidade e da ética, ainda mais utilizando de meios escusos que fere de morte a dignidade humana, como quiseram impor pelos acessos que tive.

Desafio a qualquer pessoa a provar que eu tenha utilizado algo que denigre a vida humana ou até mesmo suas intimidades e vida pessoal.

Alegam que utilizei do vídeo da menor estuprada no Rio e que o retirei, mas quem ler o meu blog diariamente sabe e tem toda a consciência de que não divulguei vídeo algum, pois tenho princípios e intelectualidade o suficiente para mensurar as conseqüências de um ato escuso, canalha e, principalmente,  por ser conhecedor dos ditames das leis vigentes no Brasil.

Diante dos fatos, resolvi mostrar que os acessos acima de 100 mil se deram desde a sexta-feira (27) até na segunda-feira (30), podendo prosseguir nessa terça-feira (31).

Por outro lado, não foi só a cobertura desse caso de estupro que fez o blog alcançar esses números, conforme divulgado na matéria “O blog supera por duas vezes mais de 150 mil acessos por dia…

sextasabadodomingo

segunda 1

Notícias

Postado por Caio Hostilio em 30/maio/2016 - 7 Comentários

Wellington do Curso cobra escolas dignas e respeito aos professores para que não aconteçam manifestações como a de hoje que paralisou São Luís

wcO deputado Wellington do Curso foi à tribuna da Assembléia Legislativa, hoje (30), para dizer que São Luís, na manhã de hoje, estava um verdadeiro caos, com engarrafamento, trânsito congestionado nas principais avenidas. Segundo o deputado, um dos motivos foi a manifestação da população da área do Jaracati, que saiu de casa e foi protestar na Avenida Carlos Cunha, via que dá acesso a Ponte Bandeira Tribuzi. “Qual o motivo da interdição da Ponte Bandeira Tribuzi? Nós já havíamos feito essa denúncia nesta Casa, já havíamos gravado um vídeo na porta da escola, que é a Escola Pedro Marcosine Bertol, a Unidade de Educação Básica Pedro Marcosine Bertol, lá no Jaracati, está com as suas atividades paradas, desde setembro do ano passado, que as mães pegam as suas crianças, tiveram que matriculá-las na Liberdade, na Camboa ou no Centro, em outros locais longe de suas casas” afirmou Wellington do Curso. O deputado chamou a atenção para a greve dos professores, que estão paralisados desde a última quarta-feira. “São aproximadamente 85 mil crianças, adolescentes que estão sem aula em São Luís. Hoje durante uma entrevista o secretário de Educação ressaltou que das 281 escolas em São Luís, aproximadamente 54 estão paradas para reforma. É um número muito grande, é um absurdo. Solicitamos ao prefeito Edivaldo Holanda, ao secretário de Educação que possam fazer um ultimato, que possam dar atenção e que possam concluir a reforma dessas escolas e, principalmente, dar atenção aos professores que estão greve”, pediu o deputado. De acordo com Wellington do Curso, os professores em greve não estão lutando simplesmente pela reposição salarial, pelo salário, mas eles estão lutando também por qualidade de trabalho de forma digna, qualidade de vida nas escolas. “Que as escolas sejam reformadas, que os alunos tenham escolas dignas para que eles possam estudar. Então este foi o pleito dos manifestantes que bloquearam a Ponte Bandeira Tribuzi”, concluiu Wellington do Curso.

Zequinha de Coxinho vence o II Festival de Toadas de Santa Inês

_MG_0225Oh meu São João eu cheguei. Eu vim atender seu chamado. Oh meu São João eu cheguei. Eu vim atender seu chamado. Ainda não tinha vindo, porque eu tava muito ocupado. Eu cheguei, eu quero saber. Se é pra receber. A sua fazenda de gado…”. Esse é um trecho da toada “Meu São João”, interpretada por José Plácido de Sousa dos Santos, ou simplesmente “Zequinha de Coxinho”, filho do saudoso Mestre Coxinho, cantador do Boi de Pindaré e um dos maiores ícones do bumba meu boi do Estado do Maranhão. Com esta toada, Zequinha de Coxinho foi o grande campeão do II Festival de Toadas de Santa Inês, evento idealizado pela gestão Ribamar Alves que abriu o São João oficial do Município e entra definitivamente para o calendário da cultura local e agora regional e estadual, pois reuniu cantadores de todo o Estado. O Festival aconteceu nas noites de sexta-feira (27) e sábado (28/05), no Espaço Viva Lobato, no encontro das ruas da Bacabeira com a Moraes Rego. A segunda colocação ficou com o cantador Zé Lopes (de São Luís), que homenageou o cantor santainesense Raimundo Soldado com a toada “Seu Raimundo”, com uma letra muito bem elaborada e regionalizada. Em terceiro lugar ficou o conhecido local Ribamar Cabelo Fino, interpretando a toada “Os Artistas da Minha Terra”, na qual homenageia grandes nomes da cidade de Santa Inês. A premiação foi entregue ainda na noite de sábado, quando foram apresentadas as 13 toadas concorrentes, as quais serão eternizadas na gravação de CD, assim como ocorreu no ano passado.

Júnior Verde intensifica mandato participativo no Maranhão

IMG_3252O deputado estadual Júnior Verde (PRB) percorreu no último final de semana os municípios de Barreirinhas, Bacabal e Buriticupu participando de reuniões e intensificando o mandato participativo, que tem priorizado desde o início da sua atuação legislativa. Em Bacabal, participou de reuniões com diversos segmentos sociais, e acolheu demandas e necessidades que serão transformadas em proposições aos Governos Municipal, Estadual e Federal. Na oportunidade, também prestigiou a final do Campeonato de Futebol Interbairros, promovido pela Prefeitura. Em Buriticupu, Júnior Verde reuniu-se com trabalhadores rurais que solicitaram melhorias em estradas vicinais que dão acesso aos povoados. “Defendemos a manutenção de direitos e investimentos em projetos que fomentem a aquicultura e agricultura familiar. Levaremos as demandas ao governo do Estado. As estradas vicinais representam não só o acesso às comunidades, mas o desenvolvimento econômico com o escoamento da produção”, destacou o parlamentar. Durante as reuniões com representantes de sindicatos de trabalhadores, em Barreirinhas, o deputado fez a prestação de contas de várias iniciativas no setor produtivo, como o projeto para Carcinicultura, da Aquicultura e da Agricultura Familiar.

Andrea Murad participa de reunião com diretor do BNDES no RJ

Postado por Caio Hostilio em 30/maio/2016 - Sem Comentários

REUNIÃO BNDES - 1Nesta segunda-feira (30), a deputada Andrea Murad (PMDB) e mais seis parlamentares maranhenses estiveram na sede do BNDES em reunião com o diretor José Henrique Paim Fernandes. A parlamentar tomou conhecimento dos andamentos das obras que estão sendo financiadas pelo banco e pediu material detalhado para iniciar as fiscalizações in loco. A reunião foi coordenada pelo deputado federal Hildo Rocha do PMDB.

REUNIÃO BNDES 300516 - 1“Foi uma reunião para esclarecer o andamento das obras e os recursos enviados ao Maranhão pelo BNDES. A equipe técnica do banco vai nos enviar todo o levantamento de obras paradas, concluídas, aditivadas e as não iniciadas para que os parlamentares possam fiscalizar com mais afinco os recursos desse empréstimo, principalmente, os R$ 275 Milhões liberados na última sexta-feira ao governo”, disse Andrea Murad.

De acordo com o último levantamento feito pela deputada, o Maranhão possuía 527 obras com recursos do BNDES. A diretoria do banco confirmou que houveram redirecionamentos de alguns projetos o que para a deputada é de extrema importância que o legislativo tome conhecimento dessas mudanças e que o governo seja mais transparente com os recursos.

“Foi dado o encaminhamento aqui na reunião, mas vamos formalizar isso como, por exemplo, a relação de novos projetos apresentados, o que foi aprovado pelo banco, o que ainda está em análise ou até os projetos que já iniciaram as obras. O fato é que o governo deveria agir com mais transparência sobre esse item para que pudéssemos acompanhar e fiscalizar como o governo está aplicando os recursos do empréstimo”, ressaltou Andrea Murad.

Assistam ao vídeo!!! Hildo Rocha vai ao BNDES em busca de transparência na aplicação de empréstimos obtidos pelo governo do Maranhão

Postado por Caio Hostilio em 30/maio/2016 - Sem Comentários

IMG-20160530-WA0291O deputado federal Hildo Rocha (PMDB/MA) e uma comitiva de deputados estaduais participaram de audiência com diretores do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), no Rio de Janeiro, em busca de informações sobre os empréstimos contraídos pelo Governo do Estado na instituição financeira. Rocha informou que a visita ao BNDES foi motivada pela falta de transparência do Governo Flávio Dino.

“O Maranhão precisa conhecer de que forma esses recursos estão sendo aplicados. Precisamos saber se, de fato, o governo está aplicando o dinheiro do empréstimo conforme os termos previstos no contrato”, destacou.

Rocha enfatizou que obras importantes, financiadas com recursos do BNDES, estão paralisadas e outras com acontecendo com inexplicável lentidão.

“Há indícios de que o governador alterou a programação. Mas não existe transparência pois os deputados, a quem cabe a tarefa constitucional de fiscalizar os recursos, não conhecem a programação em execução. Além disso, várias obras, iniciadas ainda no governo de Roseana Sarney, encontram-se paralisadas e outras em ritmo muito lento. Queremos desvendar o que está por trás de tudo isso”, destacou.

Recursos em caixa

Entre as informações relevantes obtidas durante o encontro, Rocha destacou que R$ 800 milhões estão à disposição do governo maranhense. “Esses recursos podem ser aplicados no pagamento dos convênios firmados durante a gestão da ex-governadora Roseana Sarney. Muitos prefeitos realizaram as obras, mas nunca receberam os repasses. O governador Flávio Dino sempre usou como argumento a falta de recursos. Agora está provado que falta apenas vontade para honrar o compromisso firmado entre o Estado e as prefeituras municipais”, enfatizou Hildo Rocha.

Acompanharam Hildo Rocha, no encontro com Henrique Paim, diretor executivo do BNDES, os deputados estaduais Alexandre Almeida (PSD), Andrea Murad (PMDB), líder do Bloco de Oposição; Léo Cunha (PSC), presidente da Comissão de Obras da Assembleia Legislativa; Bira do Pindaré (PSB); Rafael Leitoa (PDT) e Rogério Cafeteira (PSB), também membros da comissão de obras da Assembleia.

Contatos

hostiliocaio@hotmail.com

Assine o Blog

By signing up, you agree to our Terms of Service and Privacy Policy.

Publicidade

Busca no Blog