Seria providencial que Flávio Dino respondesse quais foram os métodos utilizados para chegar ao percentual divulgado pela EMBRATUR…

Publicado em   05/fev/2013
por  Caio Hostilio

flavidinNem todo mundo se deixa subestimar pelas ladainhas, como acontecem aqui no Maranhão!!! Para afirmar determinadas contingências econômicas e sociais de âmbito nacional é preciso que se tenha conhecimento do assunto e faça um estudo realmente bem elaborado e não dentro de parâmetros superficiais, coisa que de imediato é logo observado por quem é da área.

Flávio Dino bem que tentou por duas horas persuadir os representantes do setor hoteleiro brasileiro de que os valores praticados por eles são superiores aos de outros lugares e que o governo baixou impostos que poderiam refletir na diminuição dos valores das diárias, como o INSS e o valor da conta de luz.

Porém, os empresários são conscientes que o governo dá com uma mão e tira com a outra!!! Não se pode esquecer que haverá aumento do salário mínimo, aumento dos alimentos etc.

É como eu já disse aqui por diversas vezes: Gerir a coisa pública não é para todos!!! Ficar no discurso é tão fácil como morder água, mas vai dá a solução?

Por isso, ele ficou numa tremenda saia justa com os do setor hoteleiro, que rejeitaram a metodologia da pesquisa feita pela Embratur e disseram que os valores apontados no estudo não correspondem aos preços praticados pelo segmento. “Entendemos que aqueles valores foram colocados ali aleatoriamente e tem valores que não espelham a realidade. Há valores mais baratos”, disse o presidente da Federação Brasileira de Hospedagem e Alimentação (FBHA), Alexandre Sampaio.

De acordo com ele, os dados “não refletem o preço médio e os ofertados para os grandes eventos” por hotéis no país. Ele também afirmou que a Embratur levou em conta o preços disponíveis em sites especializados em buscadores de hotéis, valores que nem sempre correspondem às tarifas oferecidas pelos próprios estabelecimentos.Ou seja, o representante disse que a EMBRATUR fez uma pesquisa copiada dentro do senso comum e não de campo, cujo resultado seria de fato científico.

Rotter, por sua vez, reconheceu que vai haver aumento dos preços de diárias nos grandes eventos, mas não fez uma estimativa de quanto deve ser esse reajuste.  Os representantes do segmento destacaram ainda que os preços das tarifas de hotéis não dependem somente dos donos desses estabelecimentos, mas também das operadoras que negociam estadias e pacotes de viagem.

É preciso que a EMBRATUR reveja seus conceitos e refaça a pesquisa dentro dos critérios científicos.

  Publicado em: Governo

6 Responses to Seria providencial que Flávio Dino respondesse quais foram os métodos utilizados para chegar ao percentual divulgado pela EMBRATUR…

  1. Telêmaco disse:

    ESSE CHORAOZAO NÃO SABE DE NADA.HOJE MESMO ESTIVE NUM SITE AMERICANAS VIAGENS PROCURANDO UM VÔO PARA FORTALEZA E PASMEM TEM VÔO COM VALOR ACIMA DE R$ 4.000,00 MAIS CARO QUE UM VÔO PARA MIAMI OU MESMO PARA ESPANHA. ATÉ MESMO PARA O CHILE CHEGA SER MENOS DA METADE DESSE VALOR ASTRONÔMICO.

    AFINAL NÃO SEI O QUE FLAVETE CHORAO FAZ NESSA SINECURÃ QUE SARNEY LHE ARRANJOU. VOLTA PRA TUA ÁREA JURÍDICA FLÁVIO CHORAO,FAZ O MESMO QUE TIRIRICA, QUE QUER VOLTAR PARA A PALHAÇADA.

    • Caio Hostilio disse:

      ESSE SERIA O CERTO… VI A ENTREVISTA DELE E NEM VOU COMENTAR AS BABOSEIRAS DITAS POR ELE NA ÁREA DE ECONÔMIA….

  2. gilberto disse:

    Caio, mas uma vez voce joga com dois pesos e duas medidas, talvez voce dificilmente viaja, mas eu tenho andado em alguns estados e percebo as difernças de preço dos hoteis, na sua postagem entende-se que voce é a favor da rede hoteleira meter a mão nos turistas, isso é coisa de brasileiro, talvez voce não entenda que eventos de grande porte, tras divisas para o nosso país, mas não se deve explorar ninguem, mas a sua mentalidade e sua hipocresia disvirtua os fatos e faz os aculturados que os lê, acreditar em que tu escreve, eu aqui não estou defendo o presidente da Embratur, mais sou uma pessoa habilitada a leitura, por issi não posso concordar com um descalabro desse, nós devemos é manter o turismo e não espanta-los com preços isorbitantes, porque corre o risco de não voltarem mais, voce sabe mais de ninguem da ganancia por parte dos empresarios desta area, é preciso moderar o discurso politico, porque tu falas tanto em poticagem , canalhice, agora jogas com a mesma arma.

    • Caio Hostilio disse:

      KKKKKKKKKKKKKKKKKK… Ano passado fui ao Rio de Janeiro somente nove vezes, pois é onde mora minha família e fico sempre em hoteis. Vou sempre a São Paulo, pois ano passado fui mais de seis vezes. Fui a Europa, Argentina e Chile, além de Brasília e Goiania. Portanto, meu caro, esse teu papo, assim como o de Flávio Dino não cola. O certo é que ele tentou mostrar serviço e fez as coisas mal feita, principalmente com uma pesquisa dentro do senso comum, bem como falou o representante. Manda ele fazer a pesquisa dentro dos parâmetros científicos.

  3. gilberto disse:

    Caio, essas sua viagens deve ter um custo alto para um simples professor, cuidado!, os bagrinhos e quem paga o pato, enquanto os figurões espalitam os dentes, até voce explicar que fucinho de porco não é tomada, tu já esta no grampo,

Deixe uma resposta

Contatos

hostiliocaio@hotmail.com

Assine o Blog

By signing up, you agree to our Terms of Service and Privacy Policy.

Publicidade

Busca no Blog