Aos Jornalistas‏

Publicado em   24/jan/2013
por  Caio Hostilio

jornalistasSantuário Nossa Senhora da Conceição – Monte Castelo

Pastoral da Comunicação 

AI DE MIM, SE EU NÃO ANUNCIAR O EVANGELHO (1Cor 9,16)

  Publicado em: Governo

3 Responses to Aos Jornalistas‏

  1. PROF.PAULO BARBA disse:

    EIS ALGUMAS MENSAGENS BASEADAS NO PENSAMENTO DE SAO FRANISCO SALES:

    Se deseja tanto que seu irmão seja perfeito, busca antes a ti mesmo essa perfeição e logo perceberá que perfeito só é Deus que tudo criou.

    Seja tolerante com os defeitos alheios e busca corrigir os seus, porque o tempo sobre a terra passa depressa e convém levar com seriedade o processo da santificação.

    Conserva a paciência, pois ela é necessária para a prática da misericórdia, que é essa compaixão que vem do coração e que lhe auxilia a afastar o mal que é inútil para a santificação.

    Entrega a Deus, toda dor sofrida quando lhe julgarem mal e confia na justiça divina, não entristeça seu coração com a maldade alheia, mas se conserve firme no propósito de amar sem cessar.

    Não caia no erro de medir aos outros com a sua medida humana e imperfeita.

    Não devemos querer que os outros vivam para nós e por nós, mas que vivam por Cristo e em Cristo.
    Renúncia esse amor egoísta que teima em explodir em teu peito , quando conseguir amar sem querer nada em trocar, alcançará a verdadeira generosidade.

    Quando estiver desanimado, olha para a cruz de Cristo e repara que pequena é a sua cruz, comparada com a que Ele levou, veja que ainda tem um grande caminho a percorrer para alcançar um amor parecido com o que teve o Senhor.

    Se quer imitar a Cristo, procura ter o coração cheio de misericórdia, humildade, amor e mansidão.

    Não se julgue maior que ninguém, o orgulho seduz a mente do homem e o faz cego as realidades do alto.

    Mantenha misericórdia consigo mesmo, não conserve em si a tristeza do pecado, pois se a mantiver poderá perder tempo na angustia que freia a vida espiritual, quando poderia estar servindo ao Senhor. Por isso urgentemente confessa a sua culpa ao sacerdote e retoma o caminho da vida.

    Por onde passar procure deixar vestígios do amor e da misericórdia de Deus.

    Que o divino sempre transpareça em você, através do seu viver.

    Embora no mundo existam tão maus exemplos de conduta e falta de amor, vigia sempre sobre você mesmo, para que não desvie sua vida, um só segundo da luz de Deus que ilumina todas as trevas, com seu puro amor.

  2. Pingback: Aos Jornalistas | Governo & Política – DEAQWEB

Deixe uma resposta

Contatos

hostiliocaio@hotmail.com

Assine o Blog

By signing up, you agree to our Terms of Service and Privacy Policy.

Publicidade

Busca no Blog