Afinal, quem realmente foi o gestor escolhido eleitoralmente para administrar São Luís?

Publicado em   16/jan/2013
por  Caio Hostilio

edivaldojunior2-208x3001Por mais que odeiem meus questionamentos críticos e deles façam politiquices idiotas, eu continuarem a tecê-los quando ver que as coisas estão indo de encontro aos princípios da gestão pública.

Já escrevi aqui que a nota do diretor do Socorrão I saiu pior que o soneto. Já critiquei o porquê de não ter usado as condições que os recursos e os próprios tributos municipais – de forma suplementar – não foram utilizados para aquisição dos insumos que a unidade hospitalar necessitava e até cheguei a reclamar da ausência de uma manifestação do próprio prefeito ou do secretário de Saúde sobre o assunto.

Tudo em vão… Merda quanto mais mexe fede!!!

Agora, o diretor do Socorrão I lança outra Nota, dessa vez mais estapafúrdia que a primeira, cujo teor submete toda a estrutura governamental a incompetência, além de subestimar a inteligência de quem conhece os ditames e os fluxogramas de uma gestão pública. Publica tal nota no blog do jornalista Marco D’eça.

A quem interessa esse tipo de patacoada? Ao prefeito Edivaldo Holanda ou ao seu grupo de sustentação política? Isso no mínimo e insensatez política.

Quem de fato vem mensurando junto à opinião pública se a ação do diretor foi um ato correto?

Quem vem financiando a mídia para transformar a irresponsabilidade do diretor do Socorrão I num ato de herói? Não seria melhor investir essa grana em alimentos?

O que esperam com a manutenção dessa patacoada em evidência? Isso é o “Novo e a modernidade”?

Causa espécie essa atitude de liberdade irresponsável e o silêncio em berço esplêndido do prefeito e do secretário de saúde…

O dinheiro tinha para comprar não 3 toneladas de alimentos, mas 300 toneladas de alimentos!!!

  Publicado em: Governo

Deixe uma resposta

Contatos

hostiliocaio@hotmail.com

Assine o Blog

By signing up, you agree to our Terms of Service and Privacy Policy.

Publicidade

Busca no Blog