Será que São Pedro vai ajudar? Edison Lobão reafirma que não faltará energia e haverá redução de preço

Publicado em   10/jan/2013
por  Caio Hostilio

indiosSegundo a ONS, reservas caíram e atingiram hoje (09) o menor nível dos últimos 12 anos. O ministro pode até reduzir o preço, mas quanto aos reservatórios, é melhor chamar uns pajés para fazer a dança da chuva!!! Ah!!! Aproveito para que a Caema faça o mesmo, visto que o nível de volume de água do Rio Itapecuru anda em baixa…

JB

O ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, voltou a garantir, nesta quarta-feira (09), que não haverá desabastecimento ou racionamento de energia no País por conta do baixo nível de água nos reservatórios das hidrelétricas brasileiras. Segundo o Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), essas reservas caíram e atingiram hoje o menor nível dos últimos 12 anos. O titular do MME também voltou a assegurar o desconto médio de 20% nas tarifas de energia elétrica já a partir de fevereiro.

“Não houve desabastecimento, não haverá agora e esperamos que jamais haja desabastecimento de energia nesse País. A reunião que agora fizemos reiterou a tranquilidade de que o País possui estoque de energia firme, segura e em condições de atender as todas as nossas necessidades. Esta redução (de 20%) acontecerá a partir do próximo mês como está prevista. Portanto, estejam seguros de que o País tem hoje um estoque de mais de 100 mil megawatts de energia, sendo que há dez anos tinha pouco mais de 70 mil”, disse o ministro. Segundo o titular da pasta, o governo pretende praticamente dobrar a capacidade elétrica do País nos próximos 15 anos.

Lobão falou a jornalistas após reunião do Comitê de Monitoramento do Setor Elétrico, com representantes do ministério e de órgãos do setor, como a Agência Nacional de Águas (ANA), de Petróleo (ANP), de Energia Elétrica (Aneel), ONS, entre outros. Segundo o ministro, a reunião foi “ordinária”, e negou que a presidente Dilma Rousseff tenha convocado o encontro com urgência. Apesar disso, a mandatária antecipou em dois dias o retorno das férias ao trabalho. O resultado da reunião de hoje será levado ao conhecimento da presidente, no Palácio da Alvorada.

A preocupação do governo é com o nível dos reservatórios, que está baixo pela falta de chuvas. Coincidentemente, meia hora após o início da reunião, choveu forte em Brasília, fato que foi comemorado pelo ministro de Minas e Energia. “Vocês (jornalistas) viram as chuvas que caíram fortemente aqui em Brasília hoje. Em 2008, até o dia 21 de janeiro, não tinha chovido ainda. Hoje é dia 9 de janeiro e temos chuva por toda parte do Brasil. Nossos reservatórios estão com alguma dificuldade hoje, mas a tendência é melhorar daqui pra frente com abastecimento completo”, previu.

Que os pajés continuem dançando muito e as autoridades rezando muito para São Pedro…

  Publicado em: Governo

8 Responses to Será que São Pedro vai ajudar? Edison Lobão reafirma que não faltará energia e haverá redução de preço

  1. Julio Calvet disse:

    As vezes não é tudo o que a mídia babona sobre Gil Cutrim é verdade. Poisé blogueiro de Ricardo Murad, vejam os pontos da administração desse rapaz…
    Sem obras de grande vulto para apresentar à cidade, exceto o asfaltamento de uma pequena quantidade de ruas e a praça da Bíblia que foram obras de Luís Fernando através de convênio com o governo do Estado, o ano de 2012 foi marcado por medidas negativas para a gestão de Gil Cutrim. Neste ano, o Festival do Peixe Pedra não foi realizado, a corrida de canoa do bairro São Raimundo também não foi realizada, o tradicional desfile do dia de 7 de Setembro foi desmarcado, os fornecedores da prefeitura estão amargando demoras insuportáveis para receberem pelo serviços prestados à prefeitura, nesse caso, muitas empresas estão com a ameaça de fecharem as portas; algumas secretarias tiveram a internet cortada por falta de pagamento, os telefones foram cortados para ligações para celulares e interurbanos. Muitas brincadeiras que se apresentaram no mês de junho tiveram que esperar o mês de dezembro para receberem seus cachês, acumulando enormes frustrações e no final do ano a cidade ficou submetida a mais de um mês com a coleta de lixo sem funcionar, falta de água em mais de 30 bairros da cidade e absoluta maioria das ruas e avenidas da cidade estão esburacadas.

    Para completar o ano e sem grande explicações, o prefeito anunciou que o município estava enfrentando grave crise financeira em decorrência da redução do repasse do Fundo de Participação dos Municípios(FPM) e anunciou uma serie de medidas direcionadas aos servidores da prefeitura para reduzir gastos com pessoal. No conjunto das medidas, dezenas de comissionados foram demitidos, os salários dos guardas municipais foram reduzidos com a retiradas das dobras de salário que era pago há mais de três anos, para alguns funcionários, a perda chegou a 900,00(novecentos reais). Dos mais de 200(duzentos) trabalhadores da LIMPEL uma parte significativa foi demita. Para completar, o 14º salário dos professores que sempre foi grande símbolo das gestão de Luis Fernando/Gil Cutrim não foi pago em 2012. Por não apresentar justificativa plausível para o corte do 14º uma vez que o FUNDEB, que paga os salários dos professores, teve superávit de arrecadação em quase três milhões de reais em relação à previsão orçamentária de 2012, Gil Cutrim enfrentou cinco dias de greve dos docentes que teve forte repercussão na cidade.

    Por último, o prefeito decidiu não isentar do pagamento do ITBI(imposto sobre a transferência de imóveis) os beneficiários do Programa Minha Casa, Minha Vida em São José de Ribamar. Todos estão sendo obrigados a pagar uma de quantia de 1230,00 (um mil, duzentos e trinta reais), o que está forçando muitas famílias a passarem a chave do imóvel para terceiros e o sonho da casa própria está virando pesadelo. Segundo fontes ligadas à Caixa Econômica Federal, o Prefeito Gil Cutrim é o único do Brasil que resolveu cobrar esses tributos das famílias pobres que foram sorteadas com os imóveis do Programa do Governo Federal que é destinado para famílias de baixa renda.

    Sem justificativas para dá à população das falhas administrativas à frente da prefeitura, a equipe de comunicação do prefeito tenta passar a ideia de que o grande culpado é o Governo Federal que provocou a redução no FPM dos municípios. De fato o FPM teve uma pequena redução, mas não o suficiente para tanto. Entretanto, o que dizer do corte do 14º salários dos professores que é pago pelo FUNDEB e não houve redução e sim aumento? Será que faltou planejamento ou o prefeito tomou a decisão política de não pagar o beneficio?O que dizer da cobrança de 1230,00 (um mil, duzentos e trinta reais) das famílias pobres sorteadas no Programa Minha Casa Minha Vida? Por que será que o prefeito de São José de Ribamar é o único do Brasil que está fazendo isso?

    Diante de tudo isso, a conclusão lógica é de que a nossa cidade está sendo administrada por um grupo que não se importa com os verdadeiros problemas de nossa cidade, que são a falta de água na maioria dos bairros, a falta de oportunidades para a juventude, a quase inexistente geração de emprego na cidade, a saúde que não funciona, as ruas esburacadas, a violência que campeia na cidade, enfim a nossa querida São José de Ribamar está sendo governada com os olhos de quem tem, de quem pode, quando devera ser administrada pela lógica que quem não tem. Se assim fosse, seria lógico para o prefeito que salário do trabalhador é sagrado, que as famílias do Minha Casa Minha Vida não podem dispor de 1.230,00 reais sem prejuízo do sustento de sua família.Para esse grupo apenas o Poder interessa e mais nada.

    Mas, nem tudo foi negativo em 2012 . Nós presenciamos uma crescente massa crítica que está se manifestando, principalmente pela internet para exigir políticas públicas de qualidade para os gestores públicos de nossa cidade; presenciamos o professores saírem às ruas para defenderem seus direitos, nós presenciamos uma posição que se manifesta a cerca dos problemas da cidade. Dessa forma, 2013 promete muito para os ribamarenses, será um ano agitado e cheio de surpresas. Só uma coisa nós temos fugir de concluir: 2012 foi um ano perdido para o povo ribamarense.

    • Caio Hostilio disse:

      Caramba!!! E o que tinha de político dono TV e rádio na vitória do Gil não estava no gibi!!!!

  2. Ana Licia Durans disse:

    O governo Roseana Sarney (PMDB), considerado um dos mais inoperantes e corruptos da história do Maranhão, está completando o ano do quarto centenário de fundação da cidade de São Luís sem conseguir realizar uma única promessa feita aos eleitores ludovicenses nas eleições de 2010.

    Roseana conseguiu a maioria dos votos dos eleitores da capital prometendo construir Ponte do Quarto Centenário, ligando a Avenida Ferreira Goulart ao Aterro do Bacanga; Via Expressa e Avenida Quarto Centenário, obras que, segundo a governadora, serviriam para dar mobilidade ao tráfego da cidade. Dois anos depois o trânsito continua um caos e as obras atrasadas.

    Para justificar a não construção da Ponte, apresentada em maquete durante a campanha eleitoral, num típico caso de estelionato eleitoral, providenciaram um laudo técnico atestando contra a execução dos serviços e arquivaram definitivamente o projeto.

    O PAC Rio Anil, iniciado no governo Jackson Lago e que previa, além dos apartamentos, a construção de uma avenida, de repente foi transformada em Avenida Quarto Centenário, que seria inaugurada em dezembro deste ano. Os recursos vieram, mas a obra não anda e o prazo para entrega foi adiado.

    Falta de planejamento, também, provocou atraso na entrega das obras da Via Expressa. A avenida, diga-se de passagem, de muita utilidade para a cidade desde que construída integralmente, acabou se transformando em mais um problema para o já conturbado tráfego, provocando ainda mais engarrafamentos na área do Cohafuma.

    Como tudo que esse governo da oligarquia Sarney faz é pensando em ludibriar o povo, Roseana inaugurou um trecho da Via Expressa, ligando apenas o Jaracaty ao Cohafuma, como forma de embalar a candidatura do vice-governador Washington Oliveira (PT) a prefeito de São Luís, só que desta vez os eleitores, cansados de serem enganados, impuseram uma derrota vergonhosa ao representante da oligarquia e deve repetir o feito em 2014.

    De tudo que prometeu, o governo Roseana realizou uma única obra e assim mesmo pela metade: a reforma do Estádio Castelão, apenas do Estádio, pois o parque esportivo continua abandonado.

    Mas Esperar o que de uma governadora festeira que passa as noites em mesas de carteado e o dia inteiro dormindo? O Maranhão precisa se liberta dessa gente com a máxima urgência

  3. NATASHA QUIINKS disse:

    Olha aí, blogoiolas: Ator do PT assume ser bissexual
    “Eu sou bi-sexual e daí? Posso escolher quem eu beijo?” declarou José de Abreu durante uma discussão com internautas.
    CAIO SÓ FALTA VOCÊ, TE SOLTA MULHER, ESTAMOS TE ESPERANDO…

    • Caio Hostilio disse:

      Não, camarada!!! Isso são para colacadores de disco em festas metidos a comentaristas babaquaras!!!

  4. Beto Brasil disse:

    ESSE É TEU CHEFÃO…..CAIO
    Não passou de pirotecnia a parceria na área da saúde entre o governo do Estado e a prefeitura de São Luís.
    A ação comandada por Ricardo Murad durou apenas sete dias, e desde o dia 1º de janeiro que toda a “ajuda”, medicamentos, alimentação, etc. foi suspensa, mesmo com o pedido oficial do município por sua manutenção por mais 60 dias.
    A situação nos hospitais voltou ao estado de precariedade da administração do ex-prefeito, que tornou necessária a intervenção do Estado para salvar vidas colocas em risco pela irresponsabilidade do ex-gestor.
    Mas passada as festas de final de ano e o lucro midiático, a secretaria de estado da saúde suspendeu a ajuda, pouco se importando com as vidas do pacientes.
    A Prefeitura de São Luís solicitou oficialmente dia 4 de janeiro a continuidade da parceria institucional.
    No ofício, a situação de caos que se instalou no atendimento de urgência e emergência de São Luís é ressaltada.
    O encerramento do exercício financeiro, desabastecimento das unidades de saúde, impossibilidade da celebração imediata de novas contratações, além do significativo déficit financeiro, são outras dificuldades atualmente enfrentadas pelo município, de acordo com a Secretaria Municipal de Saúde.

    • Caio Hostilio disse:

      maluco, você tem cabeça de piroca!!! Pois inicou-se um novo governo e é preciso que esse novo governo acorde as bases de uma parceria. Gestão Pública não é casa da mãe joana como uma emissora rádio e outros tipos de seguimentos, que colocam zé mané como se conhecesse alguma coisa…

Deixe uma resposta

Contatos

hostiliocaio@hotmail.com

Assine o Blog

By signing up, you agree to our Terms of Service and Privacy Policy.

Publicidade

Busca no Blog