É necessário!!! Comissão vai investigar desaparecimentos e mortes de jornalistas

Publicado em   15/dez/2012
por  Caio Hostilio

Agência Brasil

A Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj) vai criar uma Comissão da Verdade, Memória e Justiça dos Jornalistas. O grupo será instalado durante o Seminário Internacional de Direitos Humanos e Jornalismo, programado para os dias 18 e 19 de janeiro de 2013,em Porto Alegre.

O objetivo é registrar os casos de jornalistas mortos e desaparecidos e também dos que foram perseguidos, ameaçados, indiciados em processos, condenados, exilados, presos e torturados na ditadura militar.

Em 2012, 119 jornalistas foram mortos, o maior número desde que o Instituto Internacional de Imprensa (cuja sigla em inglês é IPI) começou a pesquisar o assunto, em 1997. Na América Latina, foram registradas 22 mortes de jornalistas. O local considerado mais perigoso para o exercício da profissão é o México, onde sete profissionais foram assassinados. O Brasil, Honduras e a Colômbia também aparecem no relatório do IPI. No Brasil, houve quatro mortes, em Honduras, três, e na Colômbia, duas.
Aprovada no 35º Congresso Nacional dos Jornalistas, a Comissão Nacional da Verdade da categoria será composta pelos jornalistas Audálio Dantas (SP), Nilmário Miranda (MG), Rose Nogueira (SP), Carlos Alberto Caó (RJ) e Sérgio Murillo de Andrade (SC), que vai coordenar a comissão.

Ao final dos trabalho a comissão deve produzir uma publicação especial e encaminhar o resultado à Comissão Nacional da Verdade (CNV) até agosto do próximo ano.

  Publicado em: Governo

4 Responses to É necessário!!! Comissão vai investigar desaparecimentos e mortes de jornalistas

  1. PAULO disse:

    amigo blogueiro, na época que Dona Gardenia era prefeita quem mandava era o Castelo, a filha cresceu olhando o Pai administrar São Luís e resolveu praticar o que havia aprendido e resolveu também, administra a grande ilha, veja o que deu. Pra resumir a conversa: CASTELO É UM PÉSSIMO PROFESSOR!!!!!!

  2. Dona Cic disse:

    Tem que investigar são os gastos astronomicos de candidatos a prefeitura do MAranhão. Como por exemplo, você pode me explicar como, Teresa Murad sem ter cargo nenhum ou ate mesmo pelo que o povo de Coroatá sabe que ela é apenas esposa de um deputado-secretário que banhou em praias poluidas, pediu emprestimos, aumentou a taxa da CAEMA e acima de tudo paga um forasteiro blogueiro para defende-lo…È motivo de piada na Assembléia que todos falam que sempre está nas fotos com Ricardo Murad e sempre está de colinho, quem será….???.

    • Caio Hostilio disse:

      Você demonstra claramente com esse teu comentário completamente fora contexto da matéria que a turma do Caostelo está com muito medo de que Holanda Junior faça o que sugeri no texto abaixo, ou seja, que ele tome posse, não entre na prefeitura e em nenhum órgão municipal e como primeiro ato peça uma tomada de conta especial seguida de auditoria.

Deixe uma resposta

Contatos

hostiliocaio@hotmail.com

Assine o Blog

By signing up, you agree to our Terms of Service and Privacy Policy.

Publicidade

Busca no Blog