Hei Weverton Rocha, o verdadeiro PDT se irrita com Carlos Lupi

Publicado em   10/dez/2012
por  Caio Hostilio

Os velhos pedetistas, aqueles que fundaram o partido, estiveram no velório de Oscar Niemeyer e soltaram gatos e cachorros contra o pesadão Carlos Lupi…

JP

Oscar Niemeyer sempre manteve relação histórica e de amizade com Leonel Brizola, duas vezes governador do estado do Rio de Janeiro. 

E mesmo durante seu velório, na sexta-feira(7), houve quem encontrasse tempo para criticar o direcionamento do partido que marcou a trajetória de Brizola e, um pouco menos, do próprio Niemeyer: O PDT.

Maysa Machado é socióloga e foi uma das fundadoras do partido, que teve bandeiras presentes durante o velório e o enterro do arquiteto.

A socióloga, porém, deixou claro seu desgosto com os rumos do partido. Sua crítica é bem específica: chama-se Carlos Lupi, que assumiu a presidência nacional do PDT após a morte de Brizola, em 2004. “Não piso no partido enquanto o atual presidente estiver no comando”, bate pé Mausa.

Curiosamente, no dia 4 de dezembro, completou-se um ano da entrega do cargo de Lupi, ex-ministro do Trabalho e Emprego no último mandato de Lula e no primeiro ano de Dilma no Planalto.

A causa da saída de Lupi do ministério foi a investigação feita sobre ele pela Comissão de Fiscalização Financeira e Controle da Câmara dos Deputados. A Comissão de Ética da Presidência sugeriu a entrega do cargo, o que efetivamente ocorreu, limitanto Lupi apenas à presidência do partido.

Não é à toa, portanto, que muitos brizolistas veem com maus olhos a liderança de Lupi à frente do PDT.

  Publicado em: Governo

4 Responses to Hei Weverton Rocha, o verdadeiro PDT se irrita com Carlos Lupi

  1. detetive disse:

    CRIADOR E CRIATURA!

  2. Joe Peterson disse:

    Eu acho que aí rola um comichão. Olha a carinha do Lupi, tá pedindo,,,,,,,,

Deixe uma resposta

Contatos

hostiliocaio@hotmail.com

Assine o Blog

By signing up, you agree to our Terms of Service and Privacy Policy.

Publicidade

Busca no Blog