Rapidinhas

Publicado em   07/dez/2012
por  Caio Hostilio

Hei Castelo, fala a verdade sobre o SAMU…

O que irrita não é a falta de respeito com a coisa pública, haja vista que é visto desvio de conduta por diversos gestores por esse país afora. Mas o que deixa o povo indignado é o gestor querer mentir diante de uma reportagem que mostra a verdade dos fotos. Porra!!! Fica calado, assim é bem melhor. Estou na Rua do Catete tomando um suco, quando o Jornal Nacional mostra o descaso da prefeitura de São Luís com o SAMU. Na reportagem o Ministério da Saúde diz que envia todos os meses recursos para ajudar a manter o programa e depois vem uma nota da prefeitura com uma desculpa esfarrapa. Camarada, a rapaziada caiu matando pra cima de Castelo.

Enquanto isso, Ricardo Murad viabiliza recursos emergenciais para os serviços de saúde em São Luís‏

O ministro da Saúde, Alexandre Padilha, assinou na quarta-feira (5) a portaria 2.749, que disponibiliza para o Município de São Luís o repasse de R$ 4 milhões, em parcela única. Esses recursos deverão ser aplicados nos serviços de saúde da rede municipal e foram viabilizados graças à intermediação do secretário estadual de Saúde, Ricardo Murad. “O ministro acatou nossos argumentos e determinou esse repasse emergencial de recursos para o Município de São Luís. Estamos, dessa forma, dando mais uma importante contribuição para que o atendimento à população na rede municipal de saúde da capital seja normalizado”, declarou Ricardo Murad. A portaria toma por base a necessidade de expansão da oferta de serviços de saúdeem São Luíse a Resolução nº 231/2012, de 9 de novembro de 2012, da Comissão Intergestores Bipartite do Estado do Maranhão (CIB/MA), que referendou ofício do secretário Ricardo Murad ao ministro da Saúde, reivindicando o aporte adicional e pontual de recursos/SUS de média e alta complexidade para cobertura de despesas emergenciais de manutenção da rede de serviços de saúde. “Ficam estabelecidos recursos no montante de R$ 4.000.000,00 (quatro milhões de reais) a serem disponibilizados ao Município de São Luís, Estado do Maranhão”, diz o texto da portaria. De acordo com o documento, o Fundo Nacional de Saúde adotará as medidas necessárias para a transferência dos R$ 4 milhões, em parcela única, ao Fundo Municipal de Saúde de São Luís. Ainda de acordo com a portaria, os referidos recursos orçamentários correrão por conta do orçamento do Ministério da Saúde, devendo onerar o Programa de Trabalho 10.302.2015.8585 – Atenção à Saúde da População para Procedimentos de Média e Alta Complexidade.

Secretariado de Holanda Junior só amanhã (08).

O anúncio oficial de parte do Secretariado do Prefeito Edivaldo Holanda Júnior será feito via e-mail amanhã (08) até o meio dia, e não mais hoje como inicialmente previsto. A mudança de data deve-se à necessidade de fazer os últimos ajustes na montagem do Secretariado.

Secretário Luis Fernando participa da abertura do III Ciclo de Estudos de Gestão Municipal

O secretário Chefe da Casa Civil, Luis Fernando Silva, representando a governadora Roseana Sarney, participou da abertura do III Ciclo de Estudos de Gestão Municipal, evento promovido pelo Partido Verde no Maranhão, no Auditório do Sesc Olho D`Água,em São Luís. Ostrabalhos de abertura foram coordenados pelo deputado federal Sarney Filho, presidente da Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável e coordenador da Frente Parlamentar Ambientalista e da Bancada Federal do Maranhão. O evento contou com a presença de secretários estaduais, prefeitos, vice-prefeitos e vereadores eleitos dos municípios do Maranhão. “Essa é uma importante iniciativa do Partido Verde, que está orientando os novos gestores, sobretudo em relação aos aspectos legais e de controle em todas as instâncias, federal, estadual e municipal, para que as administrações municipais possam efetivamente ter êxito”, declarou Luis Fernando Silva. De acordo com o deputado Sarney Filho, líder do Partido Verde, o Ciclo tem como objetivo qualificar os gestores. “Esperamos que os prefeitos iniciem sua gestão já sabendo da realidade e dos caminhos que podem ser buscados para diminuir as dificuldades e, assim, cumprir as promessas eleitorais”, revelou Sarney Filho. Os debates contaram com o apoio da Fundação Herbert Daniel do PV. Segundo o prefeito de São José de Ribamar, Gil Cutrim, o evento é importante para se discutir os problemas enfrentados atualmente pelas gestões municipais. “São informações necessárias sobre a real situação que os municípios estão enfrentando, alertando e preparando os novos gestores para superarem os grandes desafios nos próximos anos”, observou.

Parabéns a Justiça de Goiás, que mandou Cachoeira pra cadeia!!!

Será que dessa vez não vão arrumar uma liminar para o contraventor Carlinhos Cachoeira? Pois a Justiça de Goiás o condenou a 40 anos de prisão e a Polícia Federal já recebeu a ordem a efetuar a prisão.

  Publicado em: Governo

Deixe uma resposta

Contatos

hostiliocaio@hotmail.com

Assine o Blog

By signing up, you agree to our Terms of Service and Privacy Policy.

Publicidade

Busca no Blog