Êpa!!! Roseana aparece na lista dos oito senadores que resolvem pagar IR devido

Publicado em   30/nov/2012
por  Caio Hostilio

Que sirva de exemplo aos demais

Depois de divulgação de lista inicial de pagadores por iniciativa própria, parlamentares procuram a imprensa e os órgãos do Senado para comunicar que não estão entre os inadimplentes, que serão bancados pelo contribuinte. Tem que fazer como esses oito aí, que seguiram os primeiros 47. Com certeza aqui no Maranhão não é só o Cafeteira e João Alberto que ainda continuam com um escorpião no bolso!!!

Congresso em Foco

Entre senadores e ex-senadores, a lista dos que não deixaram a conta devida para o contribuinte chega agora a 54

Mais oito senadores foram excluídos da lista de inadimplentes do imposto de renda referente aos 14º e 15º salários, que, nos últimos cinco anos, deixaram de ser recolhidos à Receita Federal. Ainda não divulgada, a detecção de devedores ao menos forçou o Senado a tornar público, devido ao constrangimento causado, quais foram os parlamentares que individualmente optaram por pagar a conta. Francisco Dornelles (PP-RJ), Ivo Cassol (PP-RO), Lídice da Mata (PSB-BA), Mário Couto (PSDB-PA), Paulo Davim (PV-RN), Pedro Simon (PMDB-RS)*, Roseana Sarney (PMDB-MA, atual governadora do Maranhão) e Serys Slhessarenko (ex-senadora pelo PT do Mato Grosso) passam também a integrar a lista dos que honraram a dívida.

As novas informações divulgadas pelo Senado revelam que, dos 81 senadores (titulares ou não) em atividade, 36 deixaram que a Casa – ou seja, o contribuinte brasileiro – pagasse os impostos não recolhidos sobre o benefício extra, pago nos últimos cinco anos. Dos 55 nomes da lista atualizada, 45 são senadores no exercício do mandato.

A lista de quem preferiu recolher os impostos por iniciativa própria foi publicada no Blog do Senado na última terça-feira (27) – um dia após o fim do prazo inicial (três dias úteis depois de resolução aprovada em plenário) para que cada senadores pudesse formalizar a opção à Diretoria Geral. Inicialmente, 46 senadores, suplentes ou ex-senadores foram mencionados como quites em relação à Receita, mas o número subiu para 47 já no dia seguinte.

  Publicado em: Governo

Deixe uma resposta

Contatos

hostiliocaio@hotmail.com

Assine o Blog

By signing up, you agree to our Terms of Service and Privacy Policy.

Publicidade

Busca no Blog