SES discute redução de acidentes de trânsito no Maranhão

Publicado em   21/nov/2012
por  Caio Hostilio

Buscar estratégias para reduzir o alto índice de acidentes, lesões e óbitos no trânsito no Maranhão. Com esse objetivo foi realizado, nesta quarta-feira (21), no Hotel Premier,em São Luís, o “I Seminário de socialização das estratégias institucionais para redução dos acidentes de trânsito no Maranhão”. O evento, promovido pela Secretaria de Estado da Saúde (SES), faz parte do Projeto Vida no Trânsito, decorrente de uma iniciativa da Organização Mundial da Saúde (OMS).

O secretário-adjunto de Vigilância em Saúde, Alberto Carneiro, abriu o seminário destacando serem urgentes e necessárias novas medidas para conter a violência, principalmente a cometida no trânsito, causa de dezenas de pessoas ficarem paraplégicas ou morrerem. “O grande crescimento da frota de carros e motocicletas, seja por melhoria da renda da pessoa ou pela facilidade oferecidas pelas revendedoras, é um dos motivos que estão contribuindo para colocar no trânsito pessoas irresponsáveis e imprudentes”, enfatizou.

Alberto Carneiro disse que, há 10 anos, o percentual de pessoas paraplégicas cresceu em virtude dos acidentes com motocicletas e carros, ocasionados, na maioria das vezes, por inexperiência e irresponsabilidade de motoristas usuários de álcool e outras drogas. “Somente a família que perde um ente querido em consequência da imprudência no trânsito sabe a dor e a importância que tem a nossa luta valer legislação”.

O seminário teve a participação de técnico da coordenação geral das Doenças e Agravos Não Transmissíveis do Ministério da Saúde (MS), Luiz Otavio Miranda; o assessor da Secretaria Municipal de Saúde, Henrique Jorge dos Santos; o coordenador das Doenças Não Transmissíveis do Município de Teresina (PI), Rogers Lima; e o coordenador das Regionais de Saúde da SES, Otaviano Gomes, além de parceiros da Policia Militar e Corpo de Bombeiros do Maranhão.

Luiz Otavio Miranda destacou a importância de se discutir novas estratégias e formar parcerias visando reduzir o alto índice de acidentes de trânsito. “Precisamos formar uma rede integral com outros órgãos do Poder Legislativo, Ministério Público Estadual, Federal, sindicatos e sociedade em geral para que a violência no trânsito decresça e possamos ter um movimento de vida, e não de mortes”.   

Como forma de evitar acidentes, sete dicas devem ser seguidas pelos pedestres antes de atravessar a via. Andar sempre pela calçada; estar sempre atendo à sinalização; não correr ao atravessar a rua; evitar trafegar com crianças pelo lado de fora da calçada; utilizar sempre a faixa de pedestre; menor de 10 anos deve atravessar as ruas acompanhado de adulto e, em via de calçada, caminhe o mais à esquerda possível, no sentido oposto ao dos carros.

  Publicado em: Governo

Deixe uma resposta

Contatos

hostiliocaio@hotmail.com

Assine o Blog

By signing up, you agree to our Terms of Service and Privacy Policy.

Publicidade

Busca no Blog