Hei Paulo Rios, na mosca aquele nosso bate papo!!!

Publicado em   16/nov/2012
por  Caio Hostilio

Você deixou o PSOL e o PSTU. A Marina Silva vive a procura de um partido que entenda sua visão de mundo. E de resto? Foram três horas de vôo do Rio a São Luís e tudo que conversamos sobre a hipocrisia aconteceu…

Durante o vôo do Rio para São Luís, no dia 29 de julho de 2011, enquanto conversa com meu amigo Paulo Rios, aproveitava para escrever o artigo “O homem é hipócrita… É sua natureza!!!”, pois queria expressar o quanto os seres humanos são falsos até com eles mesmos!!!

Leia o texto:

Diante do que leio na mídia, as diversas faces dos políticos, as posições econômicas, sociais, empresariais, religiosas… O jogo hipócrita se supera e já aparece como um dos principais combustíveis da pragmática.

Com isso, vale perguntar: todos nós somos hipócritas, fomos, somos ou seremos hipócritas em alguma situação?

Ontem (28), na filiação de Roberto Rocha no PSB, não precisa está lá ou ter informações privilegiadas… As falas, as atitudes, as fotos, as informações mediática, mostra o quanto todos foram hipócritas.

Vindo no mesmo vôo, nessa madrugada, ao lado do meu amigo Paulo Rios, nós conversávamos exatamente sobre a pragmática, a falta de ideologia e, principalmente, a hipocrisia do ser humano. A quem querem enganar? A si mesmos ou aos que se julgam epistêmicos?

A imundície tomou conta… De repente um neoliberal se torna socialista e é recebido por uma festa pomposa, cujo governador Eduardo Campos mostrou toda sua astúcia, hipocrisia politiqueira… Falando de derrubar oligarquia, isso depois de visitar Roseana e passar momentos alegres e bate-papo das artimanhas.

Eduardo falou aos “socialistas” que é preciso transformar o Maranhão, como se o seu Pernambuco estivesse e oferecesse algo diferenciado ao seu povo. Leio que o deputado Ribamar Alves lançou a candidatura do próprio Eduardo à Presidência da República. Ora bolas!!! Quem não conhece os propósitos de Eduardo Campos?

Hipocrisia é criticar algo ao qual se esta a fazer, ou fazer algo ao qual se critica, é uma corrupção dos valores individuais, valores ao qual a razão institui, mas os atos não correspondem, hipocrisia é a falta ética jurídica, moral, profissional, é o enganar-se, é um vírus ao qual o homem pode ser induzido a praticar ou simplesmente, por falta moral, se torna a escolha de seu livre arbítrio.

A indução à hipocrisia é rigorosamente imposta por questões políticas, sociais, religiosas. Políticas, pois o homem jurídico encontra-se muitas vezes incumbido por fazer ações ao qual sua ética moral o repudia, porém entra em concordância com as questões sociais ao qual se pode ver mais uma vez a obrigação que um poder impõe ao homem para ele sobreviver e viver de acordo com os padrões estabelecidos, padrões estes muitas vezes redigidos por elementos de fora da sociedade, e por fim religiosos onde se pode ver um homem por muitas vezes cego de seu papel social, confiando o problema da hipocrisia como não sendo seu e pedindo para que este seja solucionado com a fé em sua religião ao invés de ajustar-se a sua própria ética.

Criticar a hipocrisia é por si só um ato hipócrita, pois um homem ao qual encaixa sua vida com os seus padrões éticos, ato este considerado muito difícil, é tomado de todo ou parcialmente a participar da sociedade, conseqüentemente em algum ponto de sua vida ele será hipócrita. Isolar-se da hipocrisia é isolar-se da sociedade em que se vive, é viver consigo em situação de solidão ou determinando a sua própria ética para outros, porém tornar-se-ia uma ditadura, isolar-se da hipocrisia é viver em anarquia, é viver em constante estado de poesia utópica, é viver em arte, é morrer.

Porém isolar-se da hipocrisia não é a solução para viver sustentavelmente, pois um homem sustentável vive em sociedade, o homem sustentável deve confrontar a hipocrisia, deve aniquilá-la em sua ética, deve revolucionar a sua sociedade para excluir a hipocrisia, isso é exercer a cidadania sustentável, é adquirir e manter seus direitos e deveres.

A desigualdade social é a pior inimiga de uma sociedade sustentável, pois um homem que tem sua integridade ética não consegue exercê-la em uma sociedade desigual e um homem que é ignorante em relação a padrões éticos sustentáveis torna-se insustentável por si só.

Portanto, observa-se que os mais diversos seguimentos sociais e profissionais são regidos pela pragmática e a hipocrisia… Seria uma tendência do neoliberal? Ou seja, tudo pelo capital e o poder, deixando de lado o humanismo e os valores essenciais para se viver em coletividade?

Em minha humilde opinião, é a vez da pragmática e da hipocrisia!!!

  Publicado em: Governo

Deixe uma resposta

Contatos

hostiliocaio@hotmail.com

Assine o Blog

By signing up, you agree to our Terms of Service and Privacy Policy.

Publicidade

Busca no Blog