As tramóias de Eduardo Campos!!! Em Campinas, PSB aposta em relação “flex”

Publicado em   21/out/2012
por  Caio Hostilio

Jonas é aliado e discípulo do PSDB do governador Alckmin

Estadão Conteúdo

O PSB assumiu em Campinas neste segundo turno o discurso de que a prefeitura da cidade – maior colégio eleitoral do interior de São Paulo, com 785 mil votantes – será a vitrine do “modo de governar” do partido no Estado, que é dominado pelo PSDB e foi berço do PT.

Apresentando-se como candidato de um governo “flex” para Campinas – que terá boas relações com petistas no governo federal, como com os tucanos no governo estadual -, o candidato Jonas Donizette (PSB) reforçou as citações à legenda nos programas eleitorais e nos discursos como arma para enfrentar o petista Márcio Pochmann. O PSB foi o partido que teve o maior crescimento proporcional nas urnas nas eleições de 2012.

— Campinas é cidade estratégica para o PSB. Nós, que já temos governos aprovados em outras partes do País, queremos ter a gestão de Jonas em Campinas como vitrine da nossa capacidade de fazer governos focados no interesse do povo, principalmente dos que mais precisam.

O presidente nacional do PSB e governador de Pernambucano, Eduardo Campos, fez a afirmação durante visita à cidade na última terça-feira (16).

O mote partidário invadiu também discursos, entrevistas e a propaganda eleitoral de Jonas no rádio e na TV.

“Total flex”

No Estado, Jonas é aliado e discípulo do PSDB do governador Geraldo Alckmin. A legenda tucana tem o vice na chapa, Henrique Teixeira. Alckmin esteve na cidade no primeiro e no segundo turnos e gravou para o programa eleitoral do candidato.

Deputado federal pelo PSB paulista, Jonas também é aliado no governo federal da presidente Dilma Rousseff. Desde o primeiro turno, Jonas explora essa aliança como garantia de que além do apoio do PSDBem São Paulo, terá portas abertas entre os petistas no governo federal.

Justiça

Durante toda a campanha, usou imagens de Dilma e do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. O PT foi à Justiça para tentar impedir o uso da imagem dos petistas, mas teve sucesso. Como estratégia, a campanha de Pochmann acabou escalando Lula para afirmar em um depoimento gravado de que ele e a presidente Dilma “não tinham outro candidato” na cidade, a não ser o petista.

Comentário do Blog: Essa não seria a mesma estratégia usada aquiem São Luís? O aval da transferência de Roberto Rocha do PSDB para o PSB saiu do próprio tucano Sérgio Guerra. Tem muita coisa por trás desses bastidores que só será conhecido nas prévias para as eleições de 2014. Abre o olho PT!!! Os falsos aliados serão os adversários de amanhã… Já tem muito petista encantado com o canto da sereia!!!

  Publicado em: Governo

6 Responses to As tramóias de Eduardo Campos!!! Em Campinas, PSB aposta em relação “flex”

  1. Gojoba disse:

    então dilma tem que abrir o olho aqui prof. porque setores do governo estadual inclusive o seu irmão de sangue ricardo murad escalou o seu boneco de ventriloco fábio camara para apoio em massa do pmdb para a base tucano e em 2014 vai cobrar a fatura junto com o pv do seu irmão de sangue sarney filho mesmo com o inimigo mortal josé reinaldo no meio como pode .

    Gostaria sua opinião sobre isso

    • Caio Hostilio disse:

      KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK… O PMDB apoiaria o Holandinha por quê? Quem sempre se aliou aos partidos contra o governo Dilma aqui no Maranhão foi exatamente a turma de Jackson Lago e agora mais ainda de Flávio Dino…

  2. Gojoba disse:

    Pelo jeito tu desvirtuou minha pergunta agora vai falar bem do teu patrão ricardo murad agora castelo é um otimo prefeito hein ? tu nao fala do grupo sarney ta junto com castelo responde

  3. Gojoba disse:

    Não mais mandou seu capanga fábio camara fazer campanha ou tu nao ta sabendo?

Deixe uma resposta

Contatos

hostiliocaio@hotmail.com

Assine o Blog

By signing up, you agree to our Terms of Service and Privacy Policy.

Publicidade

Busca no Blog