Caramba!!! Sujeira de propaganda eleitoral no RJ equivale a 6 dias de Rock in Rio

Publicado em   09/out/2012
por  Caio Hostilio

Redação Adnews 

No primeiro dia de Rock in Rio 2011, 23 de outubro, a Comlurb (Companhia Municipal de Limpeza Urbana) recolheu 26 toneladas de resíduos no local. Já a cooperativa de catadores retirou 23, totalizando 49 toneladas de lixo. Ontem, 324 toneladas de resíduos eleitorais foram removidas das ruas do Rio de Janeiro após o período referente ao pleito de 2012. No comparativo, é o equivalente a seis dias de festival.

O número de cartazes, placas e panfletos irregulares recolhidos neste domingo superou o das eleições municipais de 2008 em 30 toneladas, ainda de acordo com a companhia.

Conforme determinação da Resolução 23.370 do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), os partidos políticos, coligações e candidatos terão que retirar em 30 dias todo material de propaganda eleitoral.

Apesar de qualquer tipo de propaganda eleitoral ser proibida a partir das 22h do sábado até às 17h do domingo e a atividade configurar crime de boca de urna, os partidos, candidatos e coligações não evitaram a sujeira. “A prática de lançar nas vias e logradouros públicos material impresso de propaganda eleitoral perto das seções de votação é vedada pela Lei das Eleições e causa poluição ambiental”, comunicou o Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro em nota.

A distribuição de material impresso de campanha ainda é costumeira, com alguns militantes simplesmente jogando os panfletos para o alto, prejudicando a higiene e a estética urbana, de acordo com o MP Eleitoral.

Protesto criativo

Em Guarulhos, um protesto criativo chamou a atenção. A população, indignada com a sujeira, colocou os “santinhos” na porta da Câmara acompanhados por dois cartazes com os seguintes dizeres: “Onde está a sustentabilidade?” e “Devolvendo o que vos pertence”.

Em São Paulo, Lei Cidade Limpa não se aplica

A Lei Municipal nº 14223, em vigor desde janeiro de 2007, assinada pelo prefeito Gilberto Kassab, classifica a divulgação política como “anúncios especiais”. Conforme o texto, eles precisam ser destinados “à propaganda de partidos políticos ou de seus candidatos, na forma prevista na legislação federal eleitoral”.

Segundo informações da Folha de S. Paulo, os “santinhos” acumulados na capital paulista foram tantos que tornaram as calçadas da capital escorregadias. Na escola Zuleika Ferreira, por exemplo, localizada em Perdizes, zona oeste, dois idosos caíram. Na Brasilândia, uma criança também sofreu uma queda enquanto caminhava nos arredores da escola Maria Arruda.

Um grupo de voluntários percorreu as ruas da cidade para recolher o lixo eleitoral em regiões como o Morumbi, zona sul.

O TSE (Tribunal Superior Eleitoral) vai avaliar o impacto das propagandas políticas no meio ambiente para futuras regras sobre o tema.

Comentário do blog: A Justiça Eleitoral deveria punir os contraventores ao invés de fazer vistas grossas!!! Se existe a lei contra essa prática idiota, não tem o porquê do TSE avaliar o immpacto das propagandas políticas no meio ambiente para futuras regras. Ora bolas!!! A regra já existe, basta cobrar sua aplicabilidade.

  Publicado em: Governo

28 Responses to Caramba!!! Sujeira de propaganda eleitoral no RJ equivale a 6 dias de Rock in Rio

  1. José Lesse Rosa disse:

    E a declaração do presidente municipal do Partido dos Trabalhadores de São Luís, Fernando Silva dizendo que “o prefeito João Castelo é o retrato do atraso e Edivaldo Holanda Júnior não representa mudança”?. Pois é, vou dizer viu, que afirmação infeliz e incoerente desse moço. E o PT sendo subserviente e servindo ao extremo capacho da oligarquia Sarney, que representa o que há de mais atrasado e retrógrado que existe no país, é o que?! Para Fernando Silva e sarnopetistas de plantão, isso é progresso e mudança.

  2. Wander Carioca disse:

    GENTE ESSA OLIGARQUIA SARNEY NÃO GANHA UMA ELEIÇÃO NA ILHA, QUANTA FRUSTRAÇÃO, LUDOVICENSE É MAIS ESCLARECIDO PARABÉNS A ILHA.

  3. Zanian Southle disse:

    O resultado dessa parceria inglória de petistas com oligarcas veio nas urnas, com a reprovação popular. O candidato do PT a prefeito de São Luís conseguiu um pífio quarto lugar, mesmo com todo o apoio do governo estadual e do ex-presidente Lula e da presidente Dilma, sem falar do senador José Sarney, da filha Roseana, do Sarney Filho, Sarney Neto, Fernando Sarney e outros tantos Sarneys. Se o candidato fosse o deputado Bira do Pindaré, certamente o desempenho teria sido bem melhor.

  4. ADAUTO CRUZ disse:

    TEU CHEFE NÃO SABE É ADMINISTRAR, MAIS LAVAR DINHEIRO ISSO SIM ELE SABE…
    O deputado estadual e secretário Ricardo Murad realmente sabe ganhar uma eleição. Provou isso em 2010, quando deixou de construir os 72 hospitais. Em 2010, Ricardo Murad teve uma das campanhas eleitorais mais caras do Maranhão . Em 2012, nas eleições municipais, conseguiu cumprir a promessa de fazer sua esposa prefeita em Coroatá, cidade que há 8 anos sofre derrotas consecutivas.
    Ricardo Murad também fez o prefeito de Peritoró, deu sua contribuição para eleger com “sua força”, outros prefeitos, como disse o deputado Roberto Costa da tribuna da AL.
    Mas, se Ricardo Murad tem tanta força para eleger tantos prefeitos, por que justamente na capital, onde foi o principal articulador da campanha do petista Washington Oliveira, que é vice-governador, sofreu derrota humilhante?

    • Caio Hostilio disse:

      Você deve ser o porta-voz do Orelha de Rato, que roubou junto com sua trupe todos os recursos de Coroatá até mesmo do Incra… Ele que se cuide, pois se a prefeita eleita pedir uma prestação conta especial, com certeza o Orelha de Rato vai para cadeia…

  5. ADAUTO CRUZ disse:

    Agora que RICARDÂO vai comprar um jatinho CITATION para ele, com a secretária de Saúde e a prefeitura de COROATÀ vai ser um dos maiores saques perpetrados no Maranhão nos últimos anos.
    SERA QUE ELA VAI DEVOLVER O DINHEIRO DESVIADO DA SAÚDE.

    • Caio Hostilio disse:

      Entra na justiça!!! Ah!!! com provas, visto que a tua fala é a de quem não nada e ficou puto porque perdeu a grana que Orelha de Rato de dava, enquanto ele e sua trupe saqueavam os recursos de Coroatá.

  6. Oslo Meireles disse:

    “ O candidato do PT foi abandonado pelo governo. A governadora mesmo para gravar alguma coisa para o candidato do PT demorou demais, quase no final da campanha, parece que não queriam que o vice-governador tivesse um desempenho melhor. Então quero dizer que o Maranhão está diferente, não é mais aquele Estado de fácil dominação”.

    • Caio Hostilio disse:

      Quanta falta de informação!!! A governadora deixou de aparecer exatamente a pedido de alguns petistas, que achavam que deveriam mostrar apenas o Lula…

  7. Sandro Almeida disse:

    O jornalista e apresentador do CQC, Marcelo Tas, tirou sarro com a governadora Roseana Sarney e o senador José Sarney em função da tendência de o candidato do grupo, o vice-governador Washington Luiz não ir ao segundo turno das eleições em São Luís, conforme aponta as últimas pesquisas de intenção de voto. Em mensagem postada no seu microblog, Tas parabenizou a população da capital pelo gesto.

  8. Carlos Honorato disse:

    Waschinginthon admite: Roseana não deixou o PT apoiar nenhum dos candidatos.
    Parabéns ao Partido dos Trabalhadores, que agora mais do que nunca, é Sarney.

    • Caio Hostilio disse:

      Quanta idiotice!!! O PT Nacional é que não quer dar apoio a nenhum dos candidatos… Leia os motivos!!!

  9. Carlos Honorato disse:

    PT não vai apoiar ninguém em São Luís; Quem quer apoio de uma campanha suja?

  10. Rosembeer disse:

    Não é nenhuma novidade a derrota do grupo Sarney neste primeiro turno das eleições em São Luís. Os três primeiros colocados são exatamente aqueles que de nenhuma forma se alinham ao seu modelo político adotado no Estado. Aliás, no grupo Sarney heranças políticas, tem sempre alguém elegendo filhos e netos, parentes e aderentes.

    Sarney é senador, tem um filho deputado federal e é também pai de Roseana, governadora, que por sua vez tem um genro deputado estadual. A desembargadora Nelma Sarney tem um genro deputado estadual, inúmeros prefeitos e ex-prefeitos da base do governo têm filhos e/ou esposas, tios e tias eleitos à Assembleia, Câmaras, Prefeituras e por aí vai. Assim, as gerações se sucedem no poder obedecendo a uma intrincada linha de sucessão que não mede mais graus de parentesco.

    Para coroamento desse regime, os parentes que não detêm mandatos ocupam os principais cargos do Maranhão, nas esferas estadual e federal. Neste fulminante condomínio político, incluem-se até filhos adotivos, todos a serviço do império dos Sarney.

    Vítima principal, o povo de São Luís há muito sonha com uma alternância de poder. E isso demonstra em votos e atitudes. Foi visível a decepção, a onda de malogro e desapontamento que se espalhou quando, em 2010, a cidade tomou conhecimento de que Flávio Dino havia perdido a chance de disputar o segundo turno da eleição. Roseana se reelegeu. O grupo Sarney continuou a controlar os cofres e o destino do Maranhão.

    Desestimulada, entretanto, Roseana não fez o melhor governo da sua vida, como anunciou. São Luís perdeu a segurança, perdeu a refinaria, ficou sem água potável, sem aeroporto, sem esgoto tratado e desaconselhável como destino turístico. Para disputar a eleição de 2012 na capital, os Sarney teriam que enfrentar um prefeito que espalhava obras por toda cidade e mais um candidato indicado por Flávio Dino, nome à frente, disparado em qualquer pesquisa, para qualquer cargo que viesse a concorrer. Recolheram-se todos os principais nomes, ninguém quis arriscar uma derrota humilhante. Sobrou para o PT que, apoiado pelo grupo Sarney, acabou em quarto lugar.

    Castelo e Flávio Dino, embora adversários entre si, são os representantes principais da oposição feita ao grupo que manda há quase cinco décadas no Maranhão. E o resultado da eleição em São Luís, até agora, se tomadas as proporções de seu reflexo no estado, ameaçam o poder político e, por extensão, o ideológico e o econômico da família Sarney.

    • Caio Hostilio disse:

      Então você está confirmando que existe um embolação do velho com o novo e o atraso com a tal mudança? KKKKKKKKKKKKKKKKKKKK… Quanta infantilidade sua em fazer essa declaração!!!

  11. Suellen Sá disse:

    Vejam só eu aqui outra vez neste blogue comprado e só postado em favor ao Ricardo Murad. As suas previsões foram por água a baixo meu camarada. Você tanto criticava o Dr. Ribamar Alves com postagens ridiculas contra e adivinha quem ganhou !?. Fala ou melhor postava tanto contra a Belezinha e olha o que aconteceu. Fala da Fundação Maria Raimunda e você não fala da lavagem de dinheiro na cidade de Coroatá que seu patrão fez. Postava tanto bem de Magno bacelar e apanhou feio. Postava tanto mal de Edivaldo Holanda e Castelo e adivinha quem foram para o 2° turno !?. CadÊ a macaxeira podre que vc tanto defendia, agora esconda no buraco negro. Tem raiva do Senhor flávio Dino e disse que ele não tinha poder de votos e o que aconteceu. Macaxeira foi mais forte que seu patrão Ricardo que não passou de 10% na eleição retrasada querendo dar onibus de graça…kkkkk, piada que só acredita os blogueiros que dependem dele. Agora me diz se você é um jornalista que tem muitos erros orrtograficos em suas postagens, deveria ter mais vergonha nessa venta…E procure outra area que vc não sabe, mais sim ganhar na assessoria da SECOM, diga aos leitores o que fazes por lá, NNAAADDDAAA, apenas tem esse blogue para postar factoides a mando do chefe…agora fica caladinha.

  12. Karla Bianca disse:

    Emocionado após ver confirmada sua 32ª reeleição, Hugo Chávez dedicou sua vitória ao senador José Sarney. “Com ele, aprendi que lo más importante no es conquistar el poder, es permanecer en el poder. Pero eso es algo que no se hace sin dolor”, discursou, emocionado. Em seguida, fez uma pausa dramática e, com a voz embargada, completou: “Larguei el comunismo e aderi ao pemedebismo. Hay que endurecer sin perder lo bigode jamás”

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    • Caio Hostilio disse:

      KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK… Quem é que andou com ele aqui no Maranhão? KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK… Os falsos moralistas, você esqueceu? KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK Quanta burrice a sua!!! KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

  13. Karla Bianca disse:

    Em São Luís estava um povo inconformado com a misteriosa derrota de Flávio Dino para Roseana Sarney em 2010. Este povo decidiu em favor de Edivaldo Holanda Júnior neste primeiro turno, mesmo reconhecendo o incontestável trabalho do prefeito João Castelo pela recuperação e desenvolvimento de São Luís.

    Este povo também viu em Holanda Júnior, até porque encarnava uma chance de vingar a inesperada derrota de Flávio em 2010, a oportunidade de protestar contra os enclaves administrativos do governo Roseana Sarney. Afinal, o turismo está sacrificado, a BR 135 mata os maranhenses, não temos um aeroporto que preste, a segurança pública registra os maiores índices de homicídios da história, as praias estão infectadas, a Caema não resolve o problema do esgotamento sanitário da cidade e falta água, principalmente falta água em São Luís. E o povo, revoltado com a péssima administração dos Sarney, optou pelo candidato apoiado por Flávio Dino.

    A vitória de Holanda Júnior no primeiro turno, portanto, não foi uma vitória contra João Castelo, foi uma vitória contra o grupo Sarney; uma vitória de Flávio Dino que, assim, reforça a tese de que sendo Roseana ou não cassada, será praticamente imbatível na disputa pelo governo do Estado em 2014.

    Independente do que acontecer no segundo turno, neste primeiro Sarney sai derrotado. O candidato Washington nem teve deles o apoio esperado, o primeiro colocado, Holanda Júnior, representa seu principal adversário na política estadual e o segundo, João Castelo, representa a mais efetiva oposição ao grupo que há 50 anos comanda o Estado. Vença quem vencer o segundo turno, João Castelo ou Edivaldo Holanda Júnior, a derrota será da oligarquia que não está mais conseguindo governar.

    • Caio Hostilio disse:

      KKKKKKKKKKKKKKKKKKKK… Acho que você é uma piada!!! KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK, uma eleição (2012) que teve 26% entre abstenção e branco/nulo e você ainda vem com essa baboseira!!!! KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

  14. Karla Bianca disse:

    O candidato apoiado pela família Sarney, Washington Luís (PT) ficou de fora do segundo turno das eleições em São Luís, capital do Maranhão.

    Pior: ele amargou a quarta colocação pela prefeitura de São Luís.

    Ficou atrás do atual prefeito da capital maranhense, João Castelo (PSDB); do deputado federal Edivaldo Holanda Júnior (PTC) e da deputada estadual Eliziane Gama (do nanico PPS).

    Washington Luís tinha o apoio do presidente do Senado, José Sarney (PMDB); da governadora Roseana Sarney (PMDB), e do ex-presidente Lula.

    Seu tempo de TV era três vezes maior que o dos concorrentes. (Portal iG)

    CHORA CAIETE

    • Caio Hostilio disse:

      Piriguete, essa matéria foi feita por algum idiota fã de Holandinha!!! Piriguente, você é uma jabiraca muito burra!!!

Deixe uma resposta

Contatos

hostiliocaio@hotmail.com

Assine o Blog

By signing up, you agree to our Terms of Service and Privacy Policy.

Publicidade

Busca no Blog