É com tristeza que recebo esse email… Senhor Natalino Salgado, respeite ao menos o ensino, pesquisa e a extensão!!!

Publicado em   03/set/2012
por  Caio Hostilio

Carta Aberta de Professores do Colégio Universitário/UFMA

O Colégio Universitário (COLUN), Instituição de Ensino Público Federal vinculada à Universidade Federal do Maranhão (UFMA), é responsável pelo desenvolvimento de Atividades de Ensino, Pesquisa e Extensão que englobam os níveis Fundamental, Médio e Pós-médio. No desenvolver de suas atividades, o COLUN, por intermédio dos professores e técnicos que lá trabalham, tem atuado de forma corajosa no sentido de manter sua identidade como Instituição de Ensino e, também, no que tange à garantia da legitimidade de sua gestão, que se dá por meio de processo democrático de eleições para escolha de seus dirigentes.

A atual conjuntura pela qual passa o sistema de ensino público brasileiro tem forçado as Universidades Públicas Federais a deflagrarem movimentos reivindicatórios em todo o país, como forma de pressionar o governo a promover melhorias no sistema público de ensino, através da valorização do seu corpo docente. O COLUN, como parte dessa instituição maior, também tem construído, de maneira democrática, sua participação no movimento dos professores e, pela sua atitude destemida frente aos desmandos da Administração Superior da UFMA, tem sofrido sucessivas retaliações. Neste sentido, no último dia 29 de agosto, durante reunião com alunos e pais de alunos do COLUN, os professores desta instituição foram vilipendiados na sua autonomia, quando a Pró-Reitora de Ensino, Sra. Sônia Almeida, no afã de afrontar o corpo docente dessa escola, declarou, diante dos pais, que iria garantir a “volta regular” das aulas no COLUN, ainda que, para tanto, instituísse nova gestão administrativa para a Escola, anunciando uma possível intervenção da Reitoria nos assuntos internos do COLUN.

O Magnífico Reitor da UFMA, Sr. Natalino Salgado, numa demonstração de autoritarismo, arbitrariedade e abusividade, destituiu, publicamente, no dia 31 de agosto,  a gestão administrativa do COLUN, nomeando interventores aos cargos de Direção, desrespeitando todo o processo democrático construído com muito esforço,  há 23 anos neste Colégio de Aplicação.

Os professores do COLUN, neste ato, declaram seu repúdio incondicional a essa atitude arbitrária, antidemocrática, aviltante, abusiva, acintosa e, acima de tudo, desrespeitosa para com a comunidade escolar, posicionam-se frontalmente contra a intervenção no COLUN e exigem imediata convocação de eleições para a livre escolha dos cargos de Direção desta escola, como forma de mantermos a democracia viva no seio da coletividade escolar e elegermos, de forma legítima, aqueles que, de fato, serão merecedores de todo o nosso apoio e respeito.

Por fim, os professores do COLUN denunciam que o apoio declarado do Reitor da UFMA à greve nacional dos docentes das Universidades Federais não se constitui mais do que meras palavras. Após receber a pauta interna de reivindicações, o mesmo não mais respondeu às solicitações dos docentes, dentre as quais destacamos:

– Convocação de uma estatuinte paritária com representantes de todos os segmentos para elaboração de proposta de novo estatuto da universidade;

– Revisão de critérios na distribuição de vagas para concursos de professores e técnicos administrativos e que estes sejam definidos pelas unidades e subunidades acadêmicas;

– Combate às diversas formas de privatização no âmbito da universidade (Fundações privadas de apoio e “política de balcão”);

– Eleições diretas e paritárias em todos os níveis de direção; 

– Expansão da estrutura física priorizando as finalidades acadêmicas;

– Estabelecimento de um limite de 30 alunos por turma, com autonomia a cada subunidade acadêmica para adequar este numero à sua realidade;

– Manutenção dos dois períodos letivos, regulares;

– Rejeição à implantação da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares, que privatizará o HUUFMA;

– Discussão com a comunidade acadêmica dos Projetos Político-Pedagógicos das Novas Licenciaturas;

– Garantia de ambientes de trabalho adequados em número e equipamentos às funções docentes (gabinetes individuais, laboratórios; espaços de práticas clínicas e comunitária e etc, conforme especificidades dos cursos); e

– Construção de creche para a comunidade universitária e que atenda em especial a comunidade acadêmica e não somente a comunidade externa à UFMA.

Não aceitamos interventores no COLUN! Os professores retornarão às salas de aulas, quando a Assembleia dos Professores, única instância legitima de representação, decidir neste sentido. Pela Democracia, já!

NO VÍDEO ABAIXO: EM REUNIÃO COM PAIS, ALUNOS E PROFESSORES DO COLUN E COMANDO LOCAL DE GREVE E O SINDICATO DE ROFESSORES DA UFMA REITOR NATALINO SALGADO FILHO ARBITRARIAMENTE DESTITUI DIRETORIA DO COLUN – COLÉGIO…

  Publicado em: Governo

Deixe uma resposta

Contatos

hostiliocaio@hotmail.com

Assine o Blog

By signing up, you agree to our Terms of Service and Privacy Policy.

Publicidade

Busca no Blog