Definitivamente a máfia tomou conta do Brasil… Agente da PF assassinado atuava nas investigações da Operação Monte Carlo

Publicado em   19/jul/2012
por  Caio Hostilio

Correio Braziliense

Simplesmente os poderes constituídos perderam o controle… É preciso uma ação imediata, caso contrário, esse  país se dirige para um caos!!! Os principais direitos constitucionais não são respeitados, principalmente o direito de ir e vir e o de expressão… A presidenta da República Dilma, o presidente do Congresso Nacional, José Sarney e o Presidente do STF, ministro Ayres Britto, precisam agir urgentemente… Não podemos viver numa democracia mentirosa!!!    

O agente da Polícia Federal Wilton Tapajós Macedo morto na tarde desta terça-feira (17/7) com dois tiros na nuca atuava nas investigações da Operação Monte Carlo. O nome e a matrícula do agente constam no processo da operação, do Núcleo de Inteligência Policial do Departamento de Polícia Federal.

A Operação Monte Carlo foi criada pelo Departamento de Polícia Federal para desarticular uma organização que explorava máquinas caça-níqueis e jogos de azarem Goiás. Osuposto esquema de corrupção era liderado pelo contraventor Carlinhos Cachoeira no Distrito Federal.

O crime

Macedo tinha ido visitar o jazigo da família no Cemitério Campo da Esperança, na Asa Sul, quando foi executado.

Os suspeitos do crime fugiram no carro que a vítima dirigia. O Corpo de Bombeiros chegou a socorrer o agente ainda com vida, mas ele não resistiu.

Depoimentos
No fim da noite desta terça-feira (17/7), a filha do policial morto e o jardineiro do cemitério prestaram depoimentos na 1ª DP. Um grupo de policiais federais também estiveram presentes no local, mas só para prestar solidariedade com os familiares do colega assassinado.

  Publicado em: Governo

Deixe uma resposta

Contatos

hostiliocaio@hotmail.com

Assine o Blog

By signing up, you agree to our Terms of Service and Privacy Policy.

Publicidade

Busca no Blog