Coisa estranha!!! Bruno e Macarrão eram ou não namorados? Por que seus advogados vivem entre tapas e beijos???

Publicado em   10/jul/2012
por  Caio Hostilio

Luana Cruz

Os advogados do ex-goleiro Bruno Fernandes estiveram nesta segunda-feira (9/7) na Penitenciária Nelson Hungria, em Contagem, na Região Metropolitana de Belo Horizonte para apurar a veracidade da carta supostamente escrita pelo detento e divulgada na última edição Revista Veja. O ex-atleta confirmou a autoria da carta. Ele está preso por envolvimento no desaparecimento e morte da ex-amante Eliza Samudio, crime que aconteceu em 2010.

O documento, escrito por Bruno ao amigo Luiz Henrique Romão, o Macarrão, foi interceptado na cadeia. No documento, Bruno diz que conversou com os seus advogados que o orientaram a colocar em prática o plano B, que seria imputar a responsabilidade pela morte da modelo sobre Macarrão. O goleiro chega a pedir desculpas ao amigo. “Eu, sinceramente, não pediria isso pra você, mas hoje não temos que pensar em nós somente! Temos uma grande responsabilidade que são nossas crianças, então, meu irmão, peço que pense nisso e do fundo do meu coração me perdoe, eu sempre fui e sempre serei homem com você”, disse no documento.

Os advogados falaram na saída da cadeia e discordam sobre alguns pontos, mas deixam clara a intenção de retirar a culpa do ex-atleta no crime. Segundo o advogado Francisco Simim, Bruno disse que a intenção da carta era chamar atenção de Macarrão sobre a traição da amizade, caso o amigo tenha mesmo cometido o crime contra Eliza Samudio.

O detento disse que a correspondência foi escrita em novembro de 2011.

O advogado Rui Pimenta, também defensor de Bruno, diz que a missiva seria na verdade uma correspondência que tratava do rompimento de um relacionamento amoroso entre os dois. O advogado chegou a se referir a um “relacionamento homossexual ativo e passivo” entre os dois amigos. O advogado tenta usar a mensagem para livrar Bruno de acusações. “Essa reportagem (da Revista Veja) serve de página de inocência do Bruno”, afirma Pimenta.

No entanto, o colega Francisco Simim não trata o relacionamento dos dois como homossexual. “Eu como defensor não atestaria essa sexualidade de Bruno e Macarrão. O texto da carta era para chamar atenção em relação ao possível crime que Macarrão teria participado, traindo a confiança do Bruno”, afirma Simim. A defesa do ex-goleiro agora quer saber porque a carta foi interceptada e não chegou a Macarrão.

O ex-goleiro Bruno, o primo dele, Sérgio Rosa Sales e o amigo Macarrão, foram pronunciados por homicídio triplamente qualificado, sequestro, cárcere privado e ocultação de cadáver. O ex-policial Marcos Aparecido dos Santos, o Bola, vai a júri popular pelos crimes de homicídio e ocultação de cadáver.

  Publicado em: Governo

2 Responses to Coisa estranha!!! Bruno e Macarrão eram ou não namorados? Por que seus advogados vivem entre tapas e beijos???

  1. PAULO BARBA disse:

    CAIO, SE TÚ TEM DÚVIDAS ENTÃO TÚ É DE OUTRO MUNDO! NÃO SÓ BRUNO, COMO MACARRÃO PEGAVAM ELIZA SAMÚDIO E TÚ NÃO SABIA QUE ROLAVA BACABAL ENTRE OS TRES,E TODO MUNDO SE PEGAVA,LOGO BRUNO PEGAVA MACARRÃO E MACARRAO PEGAVA BRUNO. ELES TEM A MESMAS TATUAGENS,ONDE FIRMARAM PACTO HOMOSSESUAL.

    O MACARRÃO TINHA TANTO CIUMES DE BRUNO QUE ACABOU PLANEJANDO A MORTE DE ELIZA SAMÚDIO,E DEPOIS TEVE QUE METER BRUNO NESSA HISTÓRIA MACABRA.

Deixe uma resposta

Contatos

hostiliocaio@hotmail.com

Assine o Blog

By signing up, you agree to our Terms of Service and Privacy Policy.

Publicidade

Busca no Blog