Hei como é isso? Brasil é o país com maior aumento no número da população milionária, mas também somos os que temos o maior número de pobres?

Publicado em   21/jun/2012
por  Caio Hostilio

Fernanda Penna

Mas a gente ganha o que com isso?

Estudo realizado pela consultoria Capgemini, em parceria com o RBC Wealth Management, aponta que o Brasil foi o país com o maior crescimento no número de milionários entre 2010 e 2011. O levantamento foi divulgado nesta quarta-feira (20/6) pelo Infomoney.

De acordo com o estudo, no período, o número de milionários no país passou de 155 mil para 165 mil, uma alta de 6,2%. O número deixa o país na 11ª posição da lista. O levantamento considera milionário quem tem mais de US$ 1 milhão para investir e exclui itens como imóveis, artigos de colecionador ou bens de consumo.

Entre os 12 países pesquisados, a China aparece com o segundo maior aumento no número da população milionária, que passou de 535 mil para 562 mil, alta de 5,2%. Em seguida vem o Japão, (4,8%), Suíça (3,6%), Alemanha (3%) e França (1,9%). Já os países que tiveram baixa no número de milionários foram Canadá (-0,9%), Estados Unidos (-1,2%), Itália (-1,3%), Coreia do Sul (-1,5%), Reino Unido(-2,9%) e Austrália (-6,9%).
No geral, o número de milionários nos países pesquisados cresceu 0,8%, para 11 milhões no ano passado, alta significativamente menor do que a registrada em 2010, de 8,3%. No que diz respeito ao patrimônio desta população, o estudo aponta que houve queda de 1,7% no período.

Por região, o número de milionários cresceu na América Latina (5,4%), África (3,9%), Oriente Médio (2,7%), Ásia (1,6%) e Europa (1,1%). Na América do Norte houve queda de 1,1%. Já o patrimônio dos milionários apresentou aumento somente no Oriente Médio, de 0,7%, nas outras regiões houve diminuição de 2,9% na América Latina; 2,3% na América do Norte; 2% na África; e 1,1% tanto na Europa como na Ásia.
Ranking
Levantamento divulgado em março pela revista Forbes apontou o empresário Eike Batista como o mais rico do mundo, com uma fortuna estimada em US$ 30 bilhões. Ele passou do oitavo para o sétimo lugar de 2011 para este ano. O empreendedor de 55 anos disse que até 2015 pretende receber US$ 10 bilhões ao ano. Segundo Eike, esse valor lhe garante estar a frente da fortuna dos milionários Carlos Slim e Bill Gates.

Além dele, outros 35 brasileiros figuraram a lista, contra 30 no ano passado – um aumento de 20%. Entre os cem mais abastados do mundo, os brasileiros que se destacaram foram o banqueiro Joseph Safra (52º lugar), o empresário Antonio Ermírio de Moraes (67º) e o empresário Jorge Paulo Lemann (69º).

Quem ocupou o primeiro lugar do ranking foi o mexicano Carlos Slim, dono das operadoras Claro e Embratel. A fortuna de Slim é avaliada em US$ 69 bilhões. Esta é a terceira vez que ele fica no topo da lista, embora sua fortuna esteja US$ 5 bilhões menor do que no ano passado. No ranking da Forbes que lista as pessoas mais poderosas do mundo, ele aparece na 23ª posição. Em segundo lugar aparece Bill Gates, da Microsoft, com US$ 61 bilhões, seguido pelo megainvestidor Warren Buffet, dono de US$ 44 bilhões.

  Publicado em: Governo

Deixe uma resposta

Contatos

hostiliocaio@hotmail.com

Assine o Blog

By signing up, you agree to our Terms of Service and Privacy Policy.

Publicidade

Busca no Blog