Porra nenhuma!!! Tem mesmo que abrir os sigilos… Quem não deve não teme!!! Relator causa polêmica ao pedir que Perillo abra sigilos

Publicado em   13/jun/2012
por  Caio Hostilio

Odair Cunha (PT-MG) pediu ao governador de GO, Marconi Perillo (PSDB), que abrisse seus sigilos bancário, fiscal e telefônico por vontade própria… Por que isso gerou tumulto? Se ele foi citado nas ligações telefônicas, cujas conversas falam claramente em recebimento de dinheiro, o Perillo tem mais é que abrir seus sigilos!!!

Deputados e senadores do PSDB reagiram duramente à sugestão feita nesta terça pelo relator da CPI do Cachoeira, deputado Odair Cunha (PT-MG), de pedir que o governador de Goiás, o tucano Marconi Perillo, abra por vontade própria seus sigilos bancário, fiscal e telefônicos. Os parlamentares do PSDB levantaram-se e lançaram palavras de ordem. “É um requerimento disfarçado de pergunta”, protestou o deputado Carlos Sampaio (PSDB-SP), sentado na primeira fila. “Isso não é admissível. O colegiado tem que decidir”, afirmou.

Para defender a posição, Cunha disse que Perillo “é, sim, investigado”. Foi o suficiente para gerar nova onda de protestos dos tucanos. “O relator não sabe separar testemunha de investigado”, questionou novamente Sampaio. O relator rapidamente fez uma correção, dizendo que Perillo comparece à CPI como testemunha de uma investigação. Cunha lembrou que pelo menos seis pessoas importantes do governo de Goiás foram envolvidos com o grupo do contraventor Carlinhos Cachoeira. “Não é pouca coisa: o governador vem aqui e diz que não se lembra, não se sabe das coisas”, afirmou o relator, ressaltando que há quem esteja “antecipando uma conclusão que eu não concordo”.

Cunha disse que a versão do governador tem início, meio e fim, mas é preciso investigar. “Aqui há o benefício da dúvida, mas sem conclusões precipitadas”, destacou. Logo em seguida, Perillo disse que a manifestação “incisiva” de Cunha não seja uma antecipação do que será apresentado no relatório. O governador de Goiás afirmou não ver “motivos suficientes” para que seus sigilos bancário, fiscal e telefônico sejam quebrados. “Vossas excelências é que terão que tomar esta decisão”, disse, ressaltando que o colegiado é soberano para aprovar ou rejeitar o eventual pedido de afastamento dos sigilos.

  Publicado em: Governo

Deixe uma resposta

Contatos

hostiliocaio@hotmail.com

Assine o Blog

By signing up, you agree to our Terms of Service and Privacy Policy.

Publicidade

Busca no Blog