É preciso mudar o discurso que desqualifica o Maranhão!!!

Publicado em   04/jun/2012
por  Caio Hostilio

Amigo, dessa vez estou com você!!!

Após a Constituição de 1988, os repasses das verbas públicas passaram por alterações quanto à competência, ou seja, destinação orçamentária de competência do Governo Federal, competência do Governo Estadual e competência do Governo Municipal. Contudo essa competência não foi repassada de forma didaticamente acessível à população, não se sabe se por falta de conhecimento dos governantes ou por falta de transparência para que o cidadão pudesse cobrar da instancia que realmente dispõe do recurso para efetuar suas necessidades.

Verificando-se, com isso, que alguns governantes têm o disparate de dizer que a responsabilidade para efetuar tais necessidades é de fulano ou de cicrano, apenas para sair como homens justos e honestos.

Diante dessa desinformação da população, alguns políticos lançaram o orçamento participativo, que a meu vê não tirou nenhuma dúvida quanto a instancia responsável pelos serviços a serem prestados, apenas servindo de subsídio político e apresentação de repasse e gastos, talvez, por isso, é que vemos tantas contas rejeitadas nos Tribunais de Contas.

Hoje o que se ouve mais é governante, principalmente os municipais, dizer que não é de sua competência atender pacientes de outras cidades, onde na realidade eles recebem verba bem superior destinada pelo SUS para prestar esses serviços.

Na educação, não se ouve governantes municipais dizerem que é de sua responsabilidade o ensino infantil e o fundamental, mas é totalmente de sua competência prestar esse serviço através de creches e pré-escolas, isso de acordo com o Artigo nº 11 inciso V da LDB. Os municípios recebem essas verbas diretamente do governo federal, além de demais verbas para a merenda e o transporte escolar, além de receber o PDDE.

Ouvir, ainda, de alguns governantes municipais o disparate de afirmar que não de sua competência a infra-estrutura do município no que tange arborização, asfalto, saneamento e etc, mais uma inverdade, pois existe o FPM, apesar da diminuição, porém existem as verbas de emendas, convênios estaduais e federais, além de vários projetos existentes nos mais diversos Ministérios, cujo projeto é elaborado e dirimido entre o governo municipal e os ministérios. Têm, ainda, verbas adicionais, como os convênios com o INCRA, Funasa, FUNAI e até um entre as Universidades federais e os sindicados rurais para manter escolas em assentamentos.

Alguém poderia dizer onde estão sendo aplicados esses bilhões e bilhões vindos para os municípios maranhenses? Porque aqui tudo é de responsabilidade do Governo do Estado. O Maranhão é o único estado onde tudo é cobrado apenas de um gestor, quando o Estado tem 218 gestores.

Por que os políticos maranhenses são condizentes com esse discurso, sejam eles sarneysistas e anti-sarneys? Qual o interesse em manter um discurso que trás o atraso para o Estado?

Até hoje não consegui entender isso!!!

  Publicado em: Governo

4 Responses to É preciso mudar o discurso que desqualifica o Maranhão!!!

  1. Fernando disse:

    Enquanto estes que se dizem “gestores municipais” nao passarem por uma lavagem cerebral de consciencia ou seja la o que for, a maioria dos municipios do nosso Estado continuarao nesta miseria escandalosa meu amigo. Em um dos muitos comentarios que ja fiz aqui em seu blog, eu fiz aquela minha velha e sempre indagaçao: “Sera que é tao dificil se administrar um municipio Caio Hostilio????” Tenho certeza que nao!!
    O problema é que infelizmente dentro da maioria dos municipios estao cheios de gestores bandidos disfarçados de cidadãos comuns, com carteira FALSA de reputaçao ilibada e que nada fazem pela populaçao de suas cidades, a nao ser festas om bandas de forro (quando fazem), vaquejadas e outras besteiras e o povo é morrendo de fome, a cidade se acabando. Ai mandam umas Prestacoes de Contas “porcas”, feitas nas carreiras, sem ocumentaçao, enfim, aquela nojeira sem fim, o TCE rejeita, condena o safado, ai ele ou ela sai em busca de colocar o filho, o tio, o gato, cachorro, papagaio para se candidatar no lugar, porra isso ja é figurinha repetida meu amigo.

    Remedio para isso??????? GIL CUTRIM
    É so eles darem uma passadinha em Sao Jose de Riba mu amigo e observar como se administra uma cidade

    • Caio Hostilio disse:

      Mas esse discurso começou com a oposição, ou seja, os antisarneys, que sempre alardearam que tudo de errado é culpa do governador e, por lado, os sarneysista sempre se calaram, com isso o discurso ficou condicionado na cabeça dos maranhenses, que nunca repararam que os bilhões e bilhões vindos para os municipios, se estivessem sendo bem aplicados, com certeza o Estado não estaria nessa situação…

  2. EDGAR RIBEIRO disse:

    Nem eu professor! Talvez seja pelo fato de que nenhum deles tem interesse no desenvolvimento do Estado.

Deixe uma resposta

Contatos

hostiliocaio@hotmail.com

Assine o Blog

By signing up, you agree to our Terms of Service and Privacy Policy.

Publicidade

Busca no Blog