FAMEM discute com prefeitos e técnicos agrícolas soluções para a estiagem no interior

Publicado em   20/maio/2012
por  Caio Hostilio

Com o objetivo de discutir meios de solucionar o grave problema da estiagem no interior do estado, a Federação dos Municípios do Estado do Maranhão (FAMEM), em parceria com a Secretaria de Estado de Agricultura, AGERP, CAEMA, Defesa Civil, SEBRAE e  Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social, Agricultura Familiar e Inclusão Sócio-Produtiva, realiza, segunda-feira (21), uma ampla reunião para discutir o assunto.

O evento acontece a partir das 15h, no auditório da Federação das Indústrias do Estado do Maranhão (FIEMA), e é destinado a prefeitos, secretários municipais de agricultura e técnicos municipais da área.

Segundo o presidente da FAMEM, prefeito Junior Marreca, o problema da estiagem e possíveis soluções devem ser debatidos em regime de urgência, sob pena de produtores rurais de vários municípios perderem a produção agrícola de praticamente um ano inteiro.

“Sempre que o agricultor planta, seja ele pequeno, médio ou grande, conta-se com as chuvas para que a plantação produza o que deve. Mas este ano as chuvas vieram em nível abaixo do esperado e, munidos de informações de especialistas da área, nós da FAMEM daremos aos municípios o suporte necessários para enfrentar esse flagelo”, explicou Marreca.

Até o momento, onze municípios maranhenses já decretaram estado de emergência devido à escassez de chuvas no interior do estado. São eles: Afonso Cunha, Amarante do Maranhão, Bacuri, Governador Archer, Guimarães, Humberto de Campo, Magalhães de Almeida, Mirinzal, Paraibano, Paulino Neves e Santa Helena.

“E a tendência é esse número aumentar se a estiagem continuar. Por isso, para ajudar quem já enfrenta o problema e que está na iminência de ser atingido por ele, precisamos correr contra o tempo para amenizar a situação”, completou o presidente.

  Publicado em: Governo

6 Responses to FAMEM discute com prefeitos e técnicos agrícolas soluções para a estiagem no interior

  1. Gustavo Junior disse:

    Prof. Caio,

    nesse interiorzão do Maranhão tem muito político que arrota prestígio e influência. Aqui em Tuntum o Sr. Tema desde ontem anda espalhando que os processos sobre as contas dele referentes ao exercício financeiro de 2007 (quando ele foi preso pela operação rapina), que estão pautadas pelo Tribunal de Contas para serem julgadas na próxima quarta-feira (23/5), vão ser retirados de pauta por um conselheiro amigo dele.

    Se acontecer uma coisa dessa vai ficar claro que o TCE é um tribunal faz de conta mesmo. Um rapineiro mandando num tribunal…é o fim da picada. Se bem que neste Maranhão tudo é possível.

    • Caio Hostilio disse:

      O TCE faz um excelente trabalho e sobre esse fato acho que o ex-prefeito dizendo isso só mostra que ele está colocando pra escanteio o qualquer apuração justa do tribunal. Com isso, fico em dúvidas se o Tema, com perspicácia e inteligência que tem, seria capaz de fazer isso… De toda forma fica aqui o registro.

  2. Movimento Democrata Livre de São Luis e Movimentos Sociais disse:

    No ambito da nossa quatrocentona e pobre cidade de São Luis, oportuno e necessario é exigir que mostrem de que lado estão as nossas estupidas Excelencias Autoridades Publicas atravez de suprapartidariamente e supraeleitoralmente reuniões publicas compromissadas apenas com o soberano intesse pubico contando com estas Excelencias que se convocariam para discutir encaminhamentos legais sobre varias questões estruturantes e estruturais a curto prazo capazes de soerguer socioeconomicamente a capital sao luis, ilha sao luis e regiões deste estado, diante da famigerada e da dupla omissão e corvardia mui bem remunerada assim aparentada por nossos parlamentares municipais, estaduais, federais e no senado federal. (frecom.tp@hotmail.com)

  3. Movimento Democrata Livre de São Luis e Movimentos Sociais disse:

    avé, nobre caio. pelo menos o povo dos nossos 217 municipios e das cinco regiões geopoliticas deste estado não mercia ter muitos desses parlamentares vagabundos que estão ai, se o t.r.e-ma providencialmente fosse um organismo zelozo do TSE neste estado, mais fiscalizador e mais fiscalizador. entretanto dessa maneira omissa permite que continuemos tendo vereadores vassalos e agachados a prefeitos ou a presidentes de Câmara, quando em comum o que menos debatem no plenario dessas Casas, é o interesse coeltivo das municipalidades, mas sim a concessão de medalhas, de placas, de diplomas, de roupas, de pinduricalhos, e escambau, preenchendo o tempo regimentar com abobrinhas ao invés de discutirem o endividamento publico desses 217 municipios, responsavel pela “rentável” limitação administrativa de prefeitos. vc caio, não acha comum parlamentares não dicutir temas importantes sobre o Maranhão na Assembleia Legislativa, na Câmara dos Deputados e no Senado federal ???????? será mesmo que o povo escoheu errado ??????? ou não teriam sido os escolhidos corrompidos por forças oligarquicas ?????????? saudação democrata livre para o amigo !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Deixe uma resposta

Contatos

hostiliocaio@hotmail.com

Assine o Blog

By signing up, you agree to our Terms of Service and Privacy Policy.

Publicidade

Busca no Blog