Monitoramento das condições de balneabilidade das praias em 22-23/04/2012

Publicado em   26/abr/2012
por  Caio Hostilio

A Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Recursos Naturais – SEMA informa, abaixo, as condições de Balneabilidade na Orla de São Luís e São José de Ribamar resultante de monitoramento realizado esta semana.

O presente laudo refere-se à ação de monitoramento realizada nos dias 22 e 23 de abril de 2012, integrando a série de acompanhamento semanal dos índices de responsabilidade da SEMA.

Para o presente laudo, foram coletadas amostras nas praias da Ponta d’Areia, São Marcos, Calhau, Olho d’Água, Praia do Meio, Araçagy, Panaquatira, Praia da Sede do Município de São José de Ribamar, Boa Viagem e Juçatuba em 26 pontos de coleta, empreendida por técnicos do Laboratório de Análises Ambientais e da Superintendência de Planejamento e Monitoramento da SEMA.

Para a avaliação da qualidade da água utilizou-se indicador microbiológico (Escherichia Coli), para fins de quantificar bactérias/100 mililitros de água do mar, sendo as amostras de água colhidas em situação de maré vazante e na isóbata de 1m. Para isso, utilizou-se o método de substrato cromogênico definido.

O monitoramento obedece aos padrões fixados na Resolução CONAMA nº 274/00, segundo a qual, as águas das praias serão consideradas PRÓPRIAS, quando em 80% ou mais de um conjunto de amostras, obtidas em cada uma das cinco semanas anteriores, e colhidas no mesmo local, houver no máximo 800 E.coli/100 mL (NMP – Número Mais Provável). As águas das praias serão consideradas IMPRÓPRIAS, quando não atenderem aos critérios anteriores, ou quando o valor obtido na última amostragem for superior a 2000 E.coli/100 mL (NMP).

Registra-se que os resultados coletados nas ações de 22 e 23 de abril não diferem, quanto aos índices, dos dados auferidos no monitoramento anterior, realizado no dia 18 de abril do corrente.

Os resultados coletados nesta etapa apontam que todas as prais estão improprias para o banho. 

Carlos Victor Guterres Mendes

Secretário de Meio Ambiente e Recursos Naturais do Estado do Maranhão

  Publicado em: Governo

2 Responses to Monitoramento das condições de balneabilidade das praias em 22-23/04/2012

  1. Grupo de Trabalho Pro-Saneamento Ambiental terras e Pesca da Upaon-Açu do Maranhão e Movimentos Sociais disse:

    Depois da obrigatoriedade do alerta quanto a falta de BALNEABILIDADE nas praias de são luis, será preciso o MPF/MA mais uma vez obrigar a SEMA/MA ou a SEMMAM/SLZ-MA a colocar placas alertando no ambito da lagoa da Jansen, da praia do Araçagy e Mangue Seco, do Estuário do Bacanga, do rio Anil, do Rio Tibiri(lixãodaribeira), do Igaraé de Santana(cid.operaria), quanto o comprometimento da PISCOSIDADE segundos Estudos comprobatorios do Labohidro-Ufma/UEMA/SEMA-MA envolvendo alimentação no caso do peixe, camarão, moluscos e crustáceos ??????
    se a balneabilidade mão vai bem……… é logico que a piscosidade da agua marinha, idem……. A sema-ma e os supostos ?verdes? que a dirigem e falam em seu nome, na pratica deveriam demonstrar que estão comprometidos com a questão Saúde Publica de Qualidade, resultante do Meio Ambiente e Recursos Hidricos envolvido, indiferentemente se contrariassem interesses dos agentes potencialmente poluidores e contaminadores

    • Caio Hostilio disse:

      Quem está informando é A secretaria de meio ambiente do estado, quanto as placas não sei de quem é a responsabilidade, porém sempre que colocam, os próprios banhistas as arrancam…

Deixe uma resposta

Contatos

hostiliocaio@hotmail.com

Assine o Blog

By signing up, you agree to our Terms of Service and Privacy Policy.

Publicidade

Busca no Blog