Não se governa sem a maioria!!! Dilma quer definir nome do PDT para o Trabalho

Publicado em   19/mar/2012
por  Caio Hostilio

Estadão

Essa conversa de apoio popular é blábláblá… Para mudar tudo basta um escândalo de corrupção. Não se pode esquecer que a união faz a força, pois Dilma não foi eleita com 100% dos votos dos brasileiros e o PSDB sabe disso e recebendo apoio de mais partidos políticos e com uma CPI, babau apoio popular… O povo é sentimentalista e vai de acordo com a maré. Não existe base governamental sem que um partido faça parte da gestão, cabendo a ele apenas aprovar os pedidos do Executivo no Legislativo, ainda mais no neoliberalismo, que todos lutam pelo poder!!!

0

Após uma semana conturbada por rebeliões na base do governo no Congresso, a presidente Dilma Rousseff quer mexer em mais uma cadeira da Esplanada antes da viagem à Índia, prevista para domingo. Na tentativa de conter a insatisfação no PDT, queem São Paulonamora os tucanos, Dilma deve nomear nos próximos dias o deputado Brizola Neto (RJ) para o Ministério do Trabalho.

A indicação, nesse momento, tem o objetivo de apaziguar o PDT, outro partido aliado que ameaça apoiar o provável candidato do PSDB à Prefeitura, José Serra, embora o deputado Paulo Pereira da Silva (PDT-SP), presidente da Força Sindical, tenha entrado na corrida paulistana.

Brizola Neto tem bom relacionamento com Dilma desde que ela era do PDT e conta com o respaldo das centrais sindicais. Não foi nomeado ainda por causa das resistências da bancada do partido na Câmara. Na quarta-feira, porém, o presidente do PDT e ex-ministro do Trabalho, Carlos Lupi, fez um gesto para acabar com as intrigas.

Desafeto de Brizola Neto, Lupi assinou nota negando veto a qualquer nome do PDT para ocupar sua antiga cadeira, ainda hoje com um interino. Não foi uma manifestação espontânea. Na prática, Lupi foi pressionado a tomar a iniciativa para não perder a pasta, cobiçada pelo PTB.

Paulinho nega que vá apoiar Serra. ‘Nós indicamos o secretário do Trabalho no governo Alckmin, mas eu sou candidato a prefeito e não vou retirar (o nome). Não vamos nem de Serra nem de (Fernando) Haddad’, afirmou.

Transportes. Enquanto Dilma afaga o PDT – em mais uma semana de teste para o Planalto, com os projetos da Lei Geral da Copa e do Código Florestal na pauta do Congresso -, o impasse com o PR está longe de ser resolvido. Na semana passada, logo após a ruidosa troca dos líderes do governo na Câmara e no Senado, Dilma perdeu o apoio dos sete senadores do PR, que agora se declaram na oposição. A bancada do PR na Câmara, por sua vez, reúne-se amanhã e vai definir se põe mais combustível na crise.

O partido do senador Alfredo Nascimento (AM) está revoltado por não conseguir emplacar ninguém para o Ministério dos Transportes. Desde julho, quando Nascimento caiu, a pasta é comandada por Paulo Sérgio Passos. Embora filiado ao PR, ele não tem respaldo da sigla.

Na semana passada, a ministra das Relações Institucionais, Ideli Salvatti, disse ao líder do PR no Senado, Blairo Maggi (MT), que Passos será mantido. Quando Maggi apresentou os nomes que o partido indicava para a cadeira, Ideli o cortou: ‘Deputado não pode assumir diretoria de estatal e o PR vai ficar com estatais, não com ministério’. Desconcertado, o senador disse não ter mais nada a conversar com o governo.

Em São Paulo, a cúpula do PT pressiona Dilma a resolver o imbróglio para ter o PR como aliado de Haddad. ‘O PR não pode dar ultimato nem prazo à presidente, mas o Planalto precisa ter sensibilidade política para solucionar esse impasse, até para evitar divisão nas votações do Congresso’, insistiu o deputado Luciano Castro (PR-RR).

  Publicado em: Governo

8 Responses to Não se governa sem a maioria!!! Dilma quer definir nome do PDT para o Trabalho

  1. AMÉRICO fILHO disse:

    NÃO EXISTE POLITICO SÉRIO, Ô POVO BURRO, FLÁVO DINO, EDVALDO HOLADA JR., TADEU, OS CANDIDATOS DE SARNEY, BANDO DE RETARDADO ISSO É POLITICA, SÓ MUDA O LADRÃO DA VEZ. SEMPRE IRÁ EXISTIR OS GRUPOS FAVORECIDOS( EMPRESÁRIOS, PARENTES, AMIGOS OU VCS ACHAM QUE ESSAS PESSOAS CITADAS ACIMA DOAM DINHEIRO PARA CAMPANHAS ELEITORAIS PQ ELES SÃO BONITOS DE CORPO. EU TÔ DE SACO CHEIO DE VER ESSE POVO IDIOTA BRIGANDO POR CAUSA DE POLITICO, ELES SÓ FICANDO CADA DIA MAIS RICOS, PARECEM CELEBRIDADES.
    AGORA VEM VC ASSECLA DA FAMÍLIA SARNEY FALAR QUE MACAXEIRA É O MELHOR E ANTES ERA IGUAL RICARDO TEU CHEFE QUE CRITICAVA OS SARNEYS E HOJE FICAM BABANDO IGUAL A VC, TER UMA BOQUINHA NA AL, FALE AOS LEITORES O QUE FAZES LÁ, NÃO TEM CORAGEM EM DIZER, POIS SOU APENAS UM LEITOR OBSERVANDO BABÕES DA SARNEYZADA.

    • Caio Hostilio disse:

      A politica é pragmática e vem retroagindo exatamente pela exigência do neolibalismo… apenas lutam pelo poder…

  2. Beto Mendes disse:

    TRECHO DO DISCURO DO WASHINGTON, SABADO:
    “Na eleição passada contribuimos efetivamente para levar o PT para apoiar Flávio Dino e por isso temos respaldo para irmos em busca do apoio destes companheiros”, disse Washington.
    //////////////////////
    O discurso completo está no blog do Robert Lobato.
    //////////////////////
    Será que ainda vai aparecer algum MAMA-NA-ÉGUA para dizer que Flávio Dino é oposição ao Grupo Sarney?
    Mas como o Maranhão é a terra onde o impossível acontece…
    Vai ficar lindo o Flávio Dino de um lado, Macaxeira no meio, Sarney do outro lado. Todos com os bracinhos levantados fazendo o V da vitória.
    Com oposicionistas tipo Flávio Dino o Maranhão nunca se libertará do domínio da família Sarney.
    Bira, acredita agora no que eu já vinha lhe dizendo há mais de um ano.
    Puxaram o seu tapete. Jogaram você para o LEÕES comerem.
    Falta de aviso não foi.

    • Caio Hostilio disse:

      Isso é apenas discurso… Por outro lado, não acredito que Flávio Dino participará dessa eleição de 2012, pois ainda sofre com a morte do seu filho… Acho que primeiro deveriam respeitar o sentimento de pai .

  3. Beto Mendes disse:

    Vaias, cartazes e protestos marcaram a chegada da governadora Roseana Sarney Murad (PMDB) para a inauguração da Unidade de Pronto Atendimento (UPA), em Timon, na quarta-feira (14). A mobilização foi organizada pelos acadêmicos do Centro de Estudos Superiores de Caxias, da Universidade Estadual do Maranhão (Cesc/Uema), que, insatisfeitos pelas inúmeras promessas de melhorias para a instituição, decidiram fazer suas reivindicações pessoalmente à governadora. Logo na entrada da unidade de saúde, Roseana enfrentou vaias de estudantes, que protestavam em decorrência da falta de estrutura, do caos e da situação de abandono que tomou conta da instituição.

    O grande contingente de seguranças, policiais militares e guardas municipais que protegia a governadora impediu os acadêmicos de adentrarem à unidade de saúde. Seguranças de Roseana classificaram os manifestantes de “baderneiros”. Vozes de protesto, cartazes, com frases como “Beija-Flor, R$ 9,5 milhões. Uema: Nada!”, “Caos na Uema de Caxias”, palavras de ordem “Xô Roseana Sarney”, “Fora Roseana Sarney” pedindo a sua saída do governo e até mesmo um ato público de oração marcaram a manifes
    depois diga que não tem provas é só no youtube.com e coloque vaias em Timon para Roseana, babão e veras

    • Caio Hostilio disse:

      O grande problema da UEMA é a falta de comprometimento dos próprios professores e de seu reitor…

  4. fernando disse:

    Caio parabéns pelo Blog. Sou frequentador assíduo e sempre o elogio pela sua postura firme e opinião própria. Poucos possuem a coragem que vocêtem. Abraços!!

    • Caio Hostilio disse:

      Agradeço. Fernando, eu procuro fazer o questionamento crítico dentro daquilo que vejo, isso dentro de embasamento científico e não no senso comum…

Deixe uma resposta

Contatos

hostiliocaio@hotmail.com

Assine o Blog

By signing up, you agree to our Terms of Service and Privacy Policy.

Publicidade

Busca no Blog