Romário diz que é melhor do que Messi “fácil” e se irrita com reserva de Romarinho no Vasco

Publicado em   17/mar/2012
por  Caio Hostilio

José Ricardo Leite

O ex-atacante Romário mantém como deputado federal a mesma autoconfiança que tinha nos tempos de jogador e não se assusta nem com o  fenômeno Lionel Messi, do Barcelona.
O agora parlamentar do PSB-RJ não hesitou em nada ao ser questionado pelo UOL Esporte quem foi o melhor entre três nomes: o brasileiro, Maradona ou Messi.

“Eu, fácil. Tecnicamente o Maradona era superior. Mas no conjunto eu fui o melhor dos três”, falou.

“Eu sou um cara que jogou até os 40 anos porque sempre estava atento. Eu poderia não estar sempre em todo lugar, mas tenho a minha frase, de que eu sempre apareço nos lugares certos no momento certo”, continuou.

Romário só demonstra irritação com o fato de seu filho, Romarinho, de 19 anos, não ser aproveitado como deveria nas categorias de base do Vasco. Ele ameaça levar o garoto para jogar no Barcelona.

“Gostaria, gostaria [de levá-lo para o Barcelona]. Ele tem contrato com o Vasco até maio do ano que vem, mas não está sendo respeitado como eu queria. Nunca foi titular e acham que lá deve ter outros melhores que ele. Não colocam ele não sei porque. Se não querem ele, que rescindam o contrato. Aí quem sabe não fica uns seis meses lá [em Barcelona].”
ROMÁRIO DETESTA O BANCO

Pai quer Romarinho jogando

Romário defendeu o Barcelona entre os anos de 1993 (quando foi contratado do PSV) e 1995. No clube, o ex-atacante jogou ao lado de craques como Hristo Stoichkov, Michael Laudrup e Ronald Koeman, além do agora atual treinador do time, Pep Guardiola.
O brasileiro levou a equipe a conquistar o título espanhol na temporada 1993-94 e foi o artilheiro da competição.

Na mesma temporada, o brasileiro ajudou o Barcelona a chegar à decisão da Liga dos Campeões da Europa. Mas, na oportunidade, a equipe catalã acabou derrotada pelo Milan (4 a 0).

Em 2007, Romário foi eleito para uma seleção dos melhores da história do Barcelona, escolhida pelos leitores do jornal espanhol “Mundo Deportivo”.

Através de uma pesquisa realizada pelo jornal com 108.620 leitores, foram eleitos “Os Onze de ouro”: Zubizarreta, Puyol, Koeman, Sergi, Deco, Guardiola, Laudrup, Maradona, Cruyff, Romário e Ronaldinho Gaúcho.

  Publicado em: Governo

Deixe uma resposta

Contatos

hostiliocaio@hotmail.com

Assine o Blog

By signing up, you agree to our Terms of Service and Privacy Policy.

Publicidade

Busca no Blog