A dor de perder um filho é a maior de todas ou não existe hierarquia entre “dores”??

Publicado em   14/fev/2012
por  Caio Hostilio

Marcelo Dino, de 13 anos, filho de Flávio Dino, faleceu hoje… Falar o que nesse momento… Ali não está o político Flávio Dino, mas o pai Flávio Dino, sofrendo com a morte de um filho de apenas 13 anos… Essa dor é insuportável… Nunca a senti diretamente, porém a vevi em duas oportunidades, com a morte de dois sobrinhos, um com 26 anos e outros com 3 anos… Meus irmãos sofreram muito e ainda sentem a falta dos filhos.

O sentimento de vázio, os planos para o futuro daqueles que dariam continuidade a nossa existencia… Meus irmãos vivem isso.

Nessa hora não tenho palavras ao pai Flávio Dino… Doi muito enterrar um filho, porque a lei natural da vida é enterrarmos alguém quando estar bem idoso e doente por conta da idade avancada e não enterrar um filho que morreu em um acidente, ou assassinado, ou com uma doença fatal que o levou antes mesmo dele descobrir o que é viver… É triste…

Quando os pais morrem primeiro parece que ficamos numa espécie de abandono no mundo, perdemos quem a gente tanto confiava, gera uma certa insegurança por perder um porto tão seguro para onde corríamos nas horas difíceis.

Quando um filho morre parece que foi um  pedaço da gente que morreu, aquele por quem você  lutou tanto,defendeu,cuidou o quanto pôde, de  repente não está mais ali,é uma perda muito profunda porquê ninguém espera
enterrar um filho.

Simplesmente… Que o pai Flávio Dino tenha  forças, visto que ainda lhe restou dois filhos, que precisam dele… E apesar  dos pesares, devemos sempre crer que Deus sabe o que faz, mesmo que soframos  tantos…

  Publicado em: Governo

4 Responses to A dor de perder um filho é a maior de todas ou não existe hierarquia entre “dores”??

  1. Antonio Lima disse:

    Meus sentimentos de solidariedade ao Flávio Dino e sua família pela dor e sofrimento da perda prematura de um filho querido.
    Deus confortará seu coração e acalentará o sofrimento nesse momento difícil.

  2. luciana disse:

    Belo texto, nessas horas é difícil até escrever, mas gostei muito do seu relato, você tem razão em tudo.

Deixe uma resposta

Contatos

hostiliocaio@hotmail.com

Assine o Blog

By signing up, you agree to our Terms of Service and Privacy Policy.

Publicidade

Busca no Blog