Sensacionalismo… O próprio apresentador antecipa que os ditos deputados maranhenses não têm nada a ver com a morte da Fernanda Lages…

Publicado em   17/dez/2011
por  Caio Hostilio

Reportagem sem objetividade, sem critério… Como diria Nelson Rodrigues “Os idiotas da subjetividade”.

Vejam esse vídeo. Esse apresentador fala de uma agenciadora de prostituição, coisa que não tem relação alguma com o crime da Fernanda Lages, encontra morta num canteiro de obra. Ele deixa claro que as interceptações telefônicas dos deputados maranhenses não têm relação alguma com o crime, mas repete por diversas vezes, “dois políticos… não!!! Dois deputados estaduais jovens”…

Que merda de programa é esse? Que emissora é essa que joga 5 minutos para não dizer absolutamente nada!!! Elogiar o trabalho da Polícia piauiense por quê? Se ela fez as interceptações com autorização da Justiça, não tem motivos para esconder o nome dos dois deputados maranhenses, visto que eles não estão sob suspeita de nenhum crime, como bem diz o próprio apresentador. É pelo que parece, as investigações não corre sob segredo algum!!! Ele fala que podem acontecer… Repete novamente “podem”… Acontecer prisões em Teresina no mês de janeiro de 2012… E daí? Ao menos os dois deputados estão na lista? Nem isso o camarada falou!!! Só muita buchada de bode mesmo!!!

Só existe um motivo para que o apresentador omitisse os nomes dos dois deputados, os grampos deles foram feitos sem autorização judicial, com isso a polícia não autorizaria a divulgação dos nomes deles e por conseqüência a emissora não diria para não ser processada.

Portanto, vai ficar na bolsa de aposta quem são esses dois plays que adoram aproveitar nababescamente a grana que recebem para “representar” o contribuinte maranhense… Agora, que todos eles se cuidem, pois os famigerados vão criar muitos factóides e, assim, buscar um cala boca gordo!!!

  Publicado em: Governo

6 Responses to Sensacionalismo… O próprio apresentador antecipa que os ditos deputados maranhenses não têm nada a ver com a morte da Fernanda Lages…

  1. Antonio Lima disse:

    Professor,

    Bom seria se esse apresentador denunciasse, também o pouco caso que é o grande “cabide de emprego” que é o poder legislativo, tanto do Maranhão quanto o do Piauí, que fazem a contratação de gente sem o devido concurso para receber sem trabalhar.
    Sinceramente, eu não compreendo como pode o poder legislativo agir ao arrepio da lei e a polícia, o ministério pública nada fazer para obrigar o dirigente desse poder cumprir com as leis.
    Quanto ao que se divulga como prática imoral, que agora chega ao conhecimento público por meio dessa “denúncia”, que pelo visto se destina atender apenas a interesses politiqueiros e eleitoreiros, que se investigue a veracidade para saber se essas orgias não são bancadas com o dinheiro do contribuinte. Não será surpresa se ficar constatado que essas “garotas de vida fácil” não sejam lotadas em algum gabinete de algum desses, que eleitos para representar o povo usam do mandato para usufruir dessa pouca vergonha.
    Alguns dirão que a prática de orgias não é crime, e certamente pode não ser, mas que é imoral é, ainda mais ser for feita e bancadas por aqueles que foram eleitos pelo povo para cuidar da decência, da moral e dos bons costumes, e se for bancada com o dinheiro do contribuinte então…
    Lamentável!

  2. Antonio Lima disse:

    A pergunta é: quando o MPE e a Polícia vão investigar as contratações no poder legislativo do Maranhão, que segundo já se divulgou até defunto recebe salários altíssimos naquele “poder”.
    Em vários estados esses escândalos já foram passados a limpo: no Pará e um outro estado da região norte, que me falha a memória já se desbaratou esses crimes, e agora em São Paulo as coisas estão sendo investigadas e já se descobriu muitas mutretas e falcatruas praticados pelos parlamentares, mas no nosso rico Maranhão, a “cabeça de burro” de que nos fala o Presidente José Sarney as coisas acontecem e ninguém toma providências para sanar essa pouca vergonha que impera na “casa do povo”, cujo presidente nem mesmo sabe quantos recebem pela casa que dirige, e se sabe não quer divulgar, pois por diversas vezes já fiz “provocações” na esperança de que o “dirigente” cumpro o que determina o Art. 37 da CF.

  3. Antonio Lima disse:

    Professor, a adoção do código só veio complicar… Sinceramente, não consigo compreender a real necessidade desse empecilho.

    • Caio Hostilio disse:

      Por que não tem nada contra os deputados, apenas factoides… com isso poderiam entrar na justiça…

Deixe uma resposta

Contatos

hostiliocaio@hotmail.com

Assine o Blog

By signing up, you agree to our Terms of Service and Privacy Policy.

Publicidade

Busca no Blog