Nova mesa diretora do TJMA toma posse nesta sexta-feira

Publicado em   15/dez/2011
por  Caio Hostilio

O Tribunal de Justiça do Maranhão empossa nesta sexta-fera, 16, às 10h, em sessão solene no salão de sessões plenárias, a nova mesa diretora do Judiciário estadual para o biênio 2012-2013. O novo presidente do TJMA, desembargador Antonio Guerreiro Júnior, assume com o compromisso de continuar diretrizes de gestão do presidente Jamil Gedeon e priorizar projetos a exemplo da massificação do processo judicial eletrônico, aumentar a arrecadação do FERJ (Fundo de Reaparelhamento e Modernização do Poder Judiciário) e instalar o Judiciário Itinerante para atender populações de baixa renda em comarcas do interior. Os novos dirigentes do TJMA foram eleitos com votação unânime, em 5 de outubro.

Para ajudá-lo nesse trabalho, Guerreiro Júnior pretende mobilizar o colegiado de desembargadores e os outros dois membros da mesa: Maria dos Remédios Buna Cleones Cunha, que assumem novas funções de vice e corregedor-geral da Justiça, respectivamente.

O presidente que assume enfatiza entre os projetos prioritários de gestão a construção da nova sede do Tribunal, no Calhau, e do novo Fórum de Imperatriz. Logo após sua eleição, o presidente enfatizou a importância da integração da Corregedoria Geral de Justiça, órgão que comandou no biênio 2010-2011, com o Tribunal de Justiça, presidido por Jamil Gedeon. Os dois gestores focaram a melhoria da prestação jurisdicional na Justiça de 1º grau.

“Hoje, praticamente, por meio do voto secreto, houve uma aclamação aqui no Tribunal de Justiça para os três candidatos. Uma eleição tranquila, que mostra que há unidade, há pacificação entre os magistrados. Os novos gestores vão encontrar uma Justiça mais estruturada, uma Justiça melhor, e torço mesmo que eles possam fazer muito mais”, comentou Gedeon após o pleito.

Novo corregedor-geral, Cleones Cunha recebeu o cargo de Guerreiro Júnior na quarta-feira, 14, em reunião informal ao lado de assessores. Ele destacou o papel da Corregedoria Geral de Justiça como órgão orientador, fiscalizador e disciplinador. “O nosso objetivo é fazer com que a Justiça prestada pelos juízes seja mais efetiva, orientando e fiscalizando toda a Justiça de 1º grau”, disse após eleito.

No encontro de ontem, Cleones disse que não hesitará em procurar o novo presidente para assuntos que entender de difícil solução e demandas da Corregedoria.

  Publicado em: Governo

Deixe uma resposta

Contatos

hostiliocaio@hotmail.com

Assine o Blog

By signing up, you agree to our Terms of Service and Privacy Policy.

Publicidade

Busca no Blog