A greve dos policiais e bombeiros militares e os mais diversos interesses…

Publicado em   26/nov/2011
por  Caio Hostilio

É preciso que analisemos primeiramente o homem na sociedade, com isso vale ressaltar que se pensar e o amanhã da humanidade é reavaliar-se o hoje de cada comunidade, de cada povo, de cada nação, no interior das fronteiras territoriais, mas também na forçosa convivência global, onde todos os países estão em correlação para o bem e para o mal, em maior ou menor grau.

Ajustar-se aos interesses coletivos por meio da promoção do abrandamento dos interesses individuais estatais em face do respeito a valores supremos, é um desafio dos novos tempos.

Cada Estado, em nome desse interesse comum, trataria então de adequar seus interesses personalíssimos flexibilizando, em conseqüência, o princípio da soberania nacional tão propício que é em seus atuais moldes aos “egonacionalismos”.

Ao reconhecimento do direito de cada indivíduo de viver em um ambiente de qualidade corresponde o dever de sua conservação contínua.

Esses direitos e deveres gravitam em torno do interesse humano em continuar – no tempo – sua continuidade, mesmo convivendo com os mais diversos interesses e contradições.

Diante desses fatos sociológicos, podemos afirmar que essa greve teve seu embrião no próprio Poder Executivo, isso nos governos pós-ditadura, que passaram a promover os coronéis sem critérios dentro dos princípios militar. Os coronéis passaram a ser promovidos por apadrinhamentos, coisa que levou uma instituição séria a ser comandada por interesses políticos, com ideologias partidárias e não a da ordem e a guardiã do direito de ir e vir do cidadão.

Diante dessas promoções sem mérito, a Policia Militar passou a ter diversos braços políticos, pois ali estão coronéis promovidos pelos apadrinhamentos dos ex-governadores José Reinaldo, Jackson Lago e da atual governadora Roseana Sarney. Com uma formação de 18 coronéis com os mais diversos interesses políticos, a instituição “Polícia Militar” passou a ser um abrigo partidário das mais diversas ideologias, menos a de cumprir os direitos e deveres constitucionais de uma instituição centenária.  

Vamos aos fatos que levaram e induziram a greve…

1 – Essa greve, na verdade, teve início com intuito de derrubar primeiramente o Secretário de Segurança Pública, Aluísio Mendes. Interesses políticos.

2 – Aproveitando essa deixa, os coronéis partiram para disputa pelo Comando Geral, tendo os coronéis “oposicionistas” como mentores para derrubar o Comandante atual, que sabia não ter controle da situação.

3- Os coronéis “oposicionistas” precisavam de massa de manobra para forçar a barra e partiram para a persuasão sobre os policiais de baixa patente, usando o artifício salarial a que eles tinham direito. Simplesmente a PM se dividiu e deixou de respeitar a instituição.

4- Os deputados estaduais entraram com o interesse de que tirariam proveitos eleitorais, depois os “oposicionistas” passaram a usar a greve para desestabilizar o governo do Estado. Estão dando total apoio e alimentando um terror na população. Contudo, levaram o Poder Constituído “Assembléia Legislativa do Maranhão” ao vexame de ser invadida e controlada por uma greve considerada ilegal pela Justiça.

5- Deputados Federais também querem tirar uma casquinha, porém são covardes ao não dizer por que não lutam pela PEC 300, que isso sirva a Dutra, Weverton Rocha, Waldir Maranhão e outros que foram à Assembléia tirar proveito da situação.

6- O desembargador Stélio Muniz agiu dentro dos princípios legais ao decretar a greve ilegal, visto que fere a Constituição Federal. Contudo, a cobrança de multa deveria ser feita apenas aos comandantes dessa greve irregular.

7- O juiz auditor militarem São Luís, Vicente de Paula Gomes de Castro, julgou improcedente o pedido da Corregedoria da Polícia Militar (PM) para decretar a prisão de quatro líderes da greve da PM e dos bombeiros do Maranhão. Em minha opinião, ele rasgou a Constituição Brasileira, porém sua decisão pode ser um aviso de que desde o começo a prisão deveria ser decretada aos grevistas e ao comandante por não ter agido dentro do regimento militar.

8 – Se houvesse honestidade nos políticos, nos coronéis e no governo federal, já teriam dito que a discrepância salarial nas classes nos estados brasileiros é grande, principalmente quando se fala em Policiais e Professores… Alertando da necessidade da aprovação da PC 300 e do cumprimento da decisão do STF quanto aos professores. Todos sabem que sem a ajuda do governo federal essas duas classes jamais terão salários condignos com a realidade.

9 – Os politiqueiros irresponsáveis e alguns policiais “mau caráter” (minoria) alardearem o terror na população, quando está aí a Força Nacional e o Exército fazendo a segurança.

10 – Mesmo que se dê 500% de aumento aos policiais militares, jamais a normalidade reinará na Polícia Militar… Pode até satisfazer a vontade de quem realmente necessita de melhoria salarial, mas a disputa e os interesses políticos continuarão a predominar naquela Instituição.

11- A covardia do sindicado dos Policiais Civis, que aproveitam para incentivar os Policiais Militares e por trás dizem que Policiais Militares não têm a mesma qualificação e intelectualidade dos Policiais Civis.

12- A consciência de um verdadeiro policial militar. Mensagem passada ao comandante da Tropa de Choque: “Comandante é o seguinte: os policiais estão me ligando para eu ir para a Assembléia. Dizendo que o Choque já parou. Só que eu não vou. O senhor pode contar comigo para qualquer missão que eu to do lado do comando. UM GLADIADOR NUNCA ABANDONA SEU LÍDER”. Não vou citar o telefone desse verdadeiro policial militar, que sabe de suas obrigações constitucionais.

13- O certo é que duas instituições sairão desmoralizadas desse episódio, a Polícia Militar e a Assembléia Legislativa do Maranhão.

14 – Engana-se quem pensa que dando o aumento, a PM voltará à normalidade… Esqueçam!!! Ela continuará criando diversos empecilhos. Hoje, um soldado falou-me que faltam equipamentos, condições de trabalho e, principalmente, contingente… Ora bolas!!! Isso já é o outro lado da persuasão. Mas como? A Polícia Militar recebeu mais 900 novas viaturas, isso com ar condicionado e tudo; recebeu armamentos novos; coletes, motos e haverá concurso público para aumentar o número de policiais militares!!! A coisa não é simples assim…

Resumo dos interesses… Os coronéis não estão atrás de salário, mais sim em derrubar um ao outro. Os policiais militares querem aumento salarial como qualquer outro trabalhador e se deixam persuadir com balelas politiqueiras. Os deputados estaduais de início queriam tirar proveito eleitoreiro, depois ficou os “oposicionistas” incentivando e tocando o terror na população, porém deixaram a Casa da qual fazem parte desmoralizada como poder constituído. Os deputados federais querem tirar sua casquinha eleitoreira, mas são canalhas quando não brigam pela votação da PEC 300. O Judiciário agiu dentro dos princípios constitucionais. O juiz militar apenas demonstrou em sua decisão que todos deveriam ir preso. O governo, por sua vez, fez o que tinha que ser feito… Chamou a Força Nacional e o Exercito para garantir ao cidadão o direito de ir e vir, conforme decisão da Presidenta Dilma. Por fim, vamos ficar nesse cabo de força, ou seja, o governo não negocia enquanto perdurar a greve e os grevistas não paralisa a greve enquanto o governo não conceder o aumento de 30%.

Uma coisa a de ser dita: o condicionamento e a persuasão são fatores preponderantes para conduzir a massa, mesmo que a causa seja ilícita… Essa prática já usada desde que o ser humano passou a dominar a terra…

  Publicado em: Governo

4 Responses to A greve dos policiais e bombeiros militares e os mais diversos interesses…

  1. BILL disse:

    Vem todos os servidores públiocs estaduais não homens da sociedade, não meecem ser bem remunerados, garantia de direitos, cobrar flexibilidade da lei e PRINCIPLAMENTE dicutir o roçaemnto de forma participativa, direito de onde saira´o dinehrior e para onde vai? Não me venha defender chrumeal, peça pra sari todo o executivo, assembleía e juizado, pois ísso é uma verdade FORMAÇÃO DE QUADRILHA! OS NOSSOS REPRSENTANTES E COBRADORES DA LEI SÃO VERDADEIROS CRIMINOSOS E ESTÃO CONTA VIDA HUMAN!

    • Caio Hostilio disse:

      Essa é a sua posição… Na verdade, diga-me qual é o ser humano coerente com as coisas que precisam ser respeitas?

  2. Edna disse:

    O senhor deveria ter vergonha de ir contra o militares no nosso estado. Esse seu posicionamento nada mais é do que sua “obrigação” de puxar o saco dos Sarneys que destroem nosso estado. Vergonha!

    • Caio Hostilio disse:

      Vergonha é a tua de não querer ver as verdades dos fatos…. Procura conhecer melhor o estado que tu vives e deixar de imbecilidades… Contra PM porra nenhuma, porcure aprender a ler….

Deixe uma resposta

Contatos

hostiliocaio@hotmail.com

Assine o Blog

By signing up, you agree to our Terms of Service and Privacy Policy.

Publicidade

Busca no Blog