Eleições 2012 – Candidaturas sem vôos próprios…

Publicado em   25/out/2011
por  Caio Hostilio

É bom que fique claro que à reeleição ilimitada, garantindo a alternância democrática do poder, não torna necessariamente o candidato que está no poder já tenha a vitória assegurada. Pois não há, como regra, de quem está disputando sentado na cadeira não possa perder a eleição.

Diante dessa incerteza, surgiram várias candidaturas que poderiam vir a dar ao eleitor o direito de fazer uma melhor escolha, como foi o caso da deputada Eliziane Gama, Edivaldo Holanda Junior e até a do Bira do Pindaré.

Esses candidatos poderiam ter vôos próprios e assim fazer a diferença, mas caíram na ladainha de sempre de que “as oposições” devem ficar unidas para disputar à Prefeitura de São Luís. Primeiramente, que oposição? Oposição a quem? Ao Castelo, que também é oposição, ou ao candidato do grupo da governadora? O PPS, PDT, PSB e até o PCdoB, bateriam no governo Castelo ou no governo Roseana, mesmo sendo a disputada pela prefeitura de São Luís?

Isso é meramente fora de propósito. O eleitor brasileiro não vota em ninguém porque é de direita, centro ou esquerda. Caso fosse assim a governadora Roseana não teria ficando em primeiro lugar na capital, nas eleições de 2010.

O eleitor vota de acordo com as circunstâncias, isso já ficou provado com as eleições Enéias, Tiririca, Ceará em Bacabal e tantos outros pelo país afora.

A coisa piorou muito depois que as denúncias contra o PCdoB, cujo dono da legenda, Flávio Dino, foi muito bem agraciado pelo ministro Orlando Silva. Seu discurso de moralista, ético, o de gestor de primeira, sem que tenha administrado um sequer um boteco, esvaziou-se, tanto que ele e seus “camaradas” ficaram calados.

Mas nos bastidores trabalham e como trabalham para cortar as asas de Eliziane Gama, Edivaldo Holanda Junior e de outros nomes que possam surgir. O PCdoB e o PSB dos Tavares trabalham em duas vertentes, a primeira e a de lançar um candidato sem expressão para não fazer frente ao Prefeito João Castelo. A segunda, caso as executivas nacionais não aceitem ficar de fora da disputa, é arrumar alguém que possa servir de muleta para Flávio Dino, que será alvo de muita porrada nessas eleições, principalmente porque mandou milhões e milhões para Caxias e para São Luís nada.

Ele precisa ter na manga nomes leves e de boa aceitação, que tenha condições de surpreender mesmo na posição de vice. Nisso ele e seus engenheiros políticos, comandados por José Reinaldo, apostam apenas em dois nomes, o de Edivaldo Holanda Junior e o de Eliziane Gama.

O nome de Tadeu Palácio e o de Marcelo Tavares estão completamente fora do baralho, pois eles não ajudarão em nada tirar a pecha de corrupto do PCdoB, visto que Tadeu tem sobre seus ombros diversos processos de improbidade e Marcelo Tavares o de ser sobrinho e um dos comandantes do  governo de José Reinaldo.

O candidato Max Barros está tranqüilo aguardando as eleições, enquanto que o prefeito João Castelo ainda precisa saber ao será o desfecho desse novelo, ainda mais com a fragilidade de uma candidatura de Flávio Dino, que parece não terá apoio do Planalto, pois a presidenta Dilma não subirá num palanque para ser cobrada pelas presepadas do PCdoB.

O Maranhão e São Luís precisam de políticos de coragem e que voem sozinhos, visto que lideranças não se deixam levar por manobras pequenas….

  Publicado em: Governo

6 Responses to Eleições 2012 – Candidaturas sem vôos próprios…

  1. Rui Braga disse:

    Em artigo intitulado “A burrice e a política”, publicado no jornal O Estado do Maranhão, de propriedade da família, o presidente do Senado José Sarney disse que as reações contrárias à estatização da Fundação José Sarney reúnem todos “aqueles defeitos que movem o ódio político: a inveja, a burrice e a ingratidão”. Ora, o senador Sarney acha mesmo burrice aceitarmos a esperteza dele de financiar, com o nosso dinheiro (como se a família não fosse uma das mais ricas do país), por meio do governo da filha, as suas tralhas, o qual classificou como “valioso arquivo de mais de um milhão de documentos, três mil peças de museu de obras de arte e uma biblioteca de mais de 30.000 livros”. Por que não fazer como o Instituto FHC e o Instituto Lula que são custeados através de parcerias com a iniciativa privada? Já basta as cinco décadas de miséria, opressão e sofrimento que a oligarquia “doou ao povo do Maranhão”.

    • Caio Hostilio disse:

      chupador, não vou nem te responder, pois não se trata de estatização, isso foi usado pelos analfas da Assembléia, procure ler a lei que está citada nesse blog e o art 216 da constituição, depois chupador tu voltas a debater sobre o assunto.

  2. Rui Braga disse:

    Olha só o assecla fazendo uma analise da corrida eleitoral para a prefeitura de SL. Falta colocar Ricardo Murad, pois a ideia dele na eleição passada foi boa, em colocar onibus no fim de semana de graça. Já vir que ama Zé Reinaldo com odio e postando fotos sobre sua prisão da op. navalha. O mais engraçado é que vc sempre é assim com suas loucuras contra os opositores, não vai passar de um de-puta-do assessor eterno…na AL…te toca zé p…

    • Caio Hostilio disse:

      Chupador de chato de saco velho, você deve ser um miquinho amestrado daqueles que não largam a banana…

  3. ROBERTO ASSIS disse:

    RUI,
    Concordo com vc. O Sarney tá ficando burro e ridículo com o passar dos anos e pensa que pode empurrar para as burras do estado do maranhão essa tal “Fundação Republicana”. Sinceramente…

    • Caio Hostilio disse:

      Tu és uma besta quadrada mesmo!!!! Leia e veja quem blindou o teu Orlando Silva… Um Calheiros. Sobre o assunto… procura estudar sobre administração pública e volta a debater.

Deixe uma resposta

Contatos

hostiliocaio@hotmail.com

Assine o Blog

By signing up, you agree to our Terms of Service and Privacy Policy.

Publicidade

Busca no Blog