Dinho sempre foi aloprado… Com certeza recebeu dinheiro pra fazer isso!!!

Publicado em   27/set/2011
por  Caio Hostilio

Engana-se quem pensa que o vocalista da Banda Capital Inicial estava drogado ou qualquer coisa desse gênero ao estimular o xingamento a Sarney… Ele sempre fez isso por dinheiro, pois sua Banda sempre teve momentos de altos e baixos, mas para baixo.

Sempre que ele canta a música da Banda Legião Urbana “Que país é esse?”, Dinho xinga políticos para chamar a atenção do público, pois a maioria do público sabe que a canção não é dele, mas sim de Renato Russo. Ele já xingou Antônio Carlos Magalhães, Orestes Quércia e outros políticos em shows.

Isso já aconteceu na Rádio Rock, também no ATL Hall, a revoltada canção catalizou a energia da galera e celebrou a pungência do rock brasileiro.

Sobre os altos e baixos de sua banda, Dinho confessa que foram vários momentos difíceis. “A gente foi a última banda da nossa geração a conseguir gravar. A gente empacou na gravadora que a gente tava na época. E eu ficava na dúvida se o que eu tava fazendo era a escolha certa. Ficava achando que eu devia ter feito minha faculdade, seguido uma profissão mais ortodoxa, não devia ter arriscado. Fazer rock em qualquer país é dificílimo. Eu lembro o ano que eu cheguei aquiem São Paulocara, como um dos anos mais difíceis da minha vida. E o outro foi quando a banda se separou, em 93. A gente nem mostrou pra gravadora, a gente fez tudo independente. Não rolou nada, deu tudo errado. Eu fiz um disco solo, que acho que deve ter vendido dois discos (rs). Foi um momento em 97, antes da reunião do Capital, eu penseiem parar. Quaseparei, foi por um triz”.

Filho de diplomata, Dinho Ouro Preto já morou na Áustria, na Suíça e nos Estados Unidos. Após o sucesso do “Capital Inicial” nos anos 80, ele tentou carreira solo, mas foi uma bela porcaria. Na verdade, queria provar ao pai que podia ser alguém diferente e que ficaria muito rico, isso desde meninoem Brasília… Pordinheiro faz tudo… Para chamar a atenção da platéia também, ainda mais sendo bem remunerado.

Esse camarada saiu de Brasília para cidade dos tucanos, São Paulo, e vai fazer um show na cidade dos peemedebistas (governo do Estado e prefeitura da cidade do Rio de Janeiro), onde tucanos e petistas não tem vez alguma… Mas vale arriscar xingando alguém do partido do governador… Caso ele quisesse atacar algo de repugnância política no Rio, falaria da obra faraônica da “Cidade da Música”, que fica bem perto de onde ele estava (Barra da Tijuca)… O carioca reclama demais dessa obra, mas jamais aceitaria qualquer outro falar mal de sua terra, ainda mais um banda que saiu de Brasília para virar paulista, coisa diferente das outras candangas, como Legião Urbana e Paralamas do Sucesso, que preferiram se estabelecer no Rio de Janeiro… Ele (Dinho) soube fazer bem o trato para assegurar uma graninha extra dos tucanos paulistanos, já que o cachê de sua banda foi um dos menores do Rock in Rio…

  Publicado em: Governo

33 Responses to Dinho sempre foi aloprado… Com certeza recebeu dinheiro pra fazer isso!!!

  1. tadeu Nascimento disse:

    Larga de conversa…e vc qto ganha para ficar defendendo a sarneyzada…ah sei o cabide da AL…esse post seu aí é pura babaquice. Se ele se vendeu ou não, ninguém quer saber…Quer um exemplo Ricardo Murad,,,porque antes ele falava mal dos Sarneys e hoje és defensor, ele foi para o lados sarney á toa…para com isso caio…O grito impublicável de milhares de pessoas contra Sarney no Rock In Rio, sob a regência do roqueiro Dinho Ouro Preto, é um fato inédito na história brasileira. Nunca na história desse país, ex-presidente Lula, um presidente do Congresso Nacional foi tão duramente xingado por uma multidão.
    O fato é que Sarney a cada dia dá sinais de um oligarca decadente e confuso. Caminha para o opróbio e se expõe ao achincalhe público num momento em que até a provecta idade poderiam lhe sugerir um final de trajetória marcado pela conciliação e recolhimento republicano.
    Mas Sarney é Sarney, o insuperável naquilo que a política tem de pior. E é assim que caminhará até o último capítulo de sua longeva trajetória política. Permite-se dessa forma ficar cada vez mais preso em seu labirinto enquanto ao longe multidões gritam sua justa revolta com palavras que frequentam mais os bordéis que os ambientes políticos.

    • Caio Hostilio disse:

      Bunda mole, dali nem 1000 sabiam o porquê daquele xigamento, deixa de ser imbecil, provinciano… Se aquele cara fosse realmente preocupado com a coisa pública, teria criticado César Maia pela obra faraônica que é a cidade da música, que não serve pra nada… Não fez porque o carioca pode falar dos seus, mas jamais aceitaria um cara de Brasília que fez carreira em São Paulo falar de alguma coisa do Rio de Janeiro. Essa obra é a maior chateação dos cariocas, pois achamos que com aqueles milhões e milhões gastos daria para fazer milhares de casas e diversas avenidades para melhorar o transito caótico do Rio, principalmente de quem mora na Barra, que tem apenas opções crues, como a Linha Amarela, a Niemeyer, Serra de Grajaú ou o Alto da Boa Vista, essas últimas com avenidas de uma faixa as vezes. Portanto, não fale o que não sabe… Por outro lado, esse camarada sempre xingou politicos em seus shows.

  2. G disse:

    Vejam só essa aqui que circula na net e foi enviada por um leitor do blog: “Diz que Sarney nem ligou pros 100 mil do Capital Inicial no Rock in Rio. Ele só liga se o capital for de 1 milhão pra cima”. Eita povo de imaginação fértil. Hahahaha…!!!

  3. Fábio Mello disse:

    Vejam só essa aqui que circula na net e foi enviada por um leitor do blog: “Diz que Sarney nem ligou pros 100 mil do Capital Inicial no Rock in Rio. Ele só liga se o capital for de 1 milhão pra cima”. Eita povo de imaginação fértil. Hahahaha…!!!

    • Caio Hostilio disse:

      Das 100 mil pessoas, nem 1000 estavam sabendo o motivo do xigamento, apenas entraram na onda, ainda mais vindo de um cantor…

  4. SABRINA DEL VECCHIO disse:

    Segundo pesquisa Mark/CH, em Brasília, a população diz que o senador amapaense Zé de Sarney é o político mais corrupto do país. E daí, Zé nem se abate com isso. À noite, veste seu solitel e vai dormir como um anjo. O pior é que ele ainda fica fazendo visagens no Maranhão. (Jornal Tribuna do Nordeste)

    • Caio Hostilio disse:

      Chegado não existe esse papo em Brasília, pois quem a conhece sabe dos problemas que Arruda, Joaquim Roriz e sua familia, os irmãos farias, os venancios, os empreiteros Encol, OK, já roubaram no DF para vim com essa conversa fiada. Mexericos idiotas e factoides sem consistência alguma.

  5. José Eduardo Soares disse:

    Como vocês são assim, quer dizer que por Dinho ter se manifestado num evento de repercussão internacional, ele agora aluga os holofotes de seus shows para arrecadar dinheiro falando mal de políticos do naipe de Sarney, Quércia ou ACM? Por ele ser candango, morar em SP e cantar no rio, o mesmo deveria ter falado das obras do prefeito ou do governador do estado? Os lacaios dessa oligarquia são demais, criam argumentos que a própria imaginação(e argumentação) duvidam! E a liberdade de expressão, não tem o direito se expressar? Ou só porque o alvo de suas criticas é o deus mefistofélico de preces e oferendas de muitos jornalistas fiéis?

  6. Glauber disse:

    ESTA TUA HISTORIA TALVEZ SIRVA DE CONFORTO PARA VOCE E OS PAUS MANDADOS QUE NAO FAZEM AQUILO QUE QUEREM E SIM O QUE SÃO MANDADOS, MOSTRE AS PROVAS QUE ELE RECEBEU DINHEIRO.

  7. Zeca disse:

    A queda sofrida por ele não apenas mexeu com os miolos do Dinho como com a sua conta bancária que deve ter ficado a zero depois de pagar a conta do hospital. Tem mais é que se vender mesmo e tentar promover a banda falida dele. Sem falar que cocaina e extase custam muito caro. Lógico que ele recebeu caché dos jornais de São Paulo pra fazer isso. Ta na cara. É muito fácil se valer do fato de estar com um microfone na mão e falar asneira patrocinado por alguém do que fazer música de qualidade.

  8. Sandro Lúcio Neves disse:

    SE FOI POR DINHEIRO NÃO SEI…AKI NO MARANHÃO MUITOS FAZEM PARA ADQUIRIR, ISSO NÃO FOI À TOA O QUE ROBERTO COSTA FEZ COM O LANÇAMENTO DO LIVRO HONORAVEIS BANDIDOS…SERÁ QUE ALI NÃO TEVE TRANSAÇÕES FINANCEIRAS!!???. TUDO BEM DEVERIAM FALAR DE TODOS, MAIS SARNEY NÃO LARGA O OSSO, É DEMAIS, VC FALA QUE O UNICO ESTADO QUE NÃO FALA BEM…OS BENEFICIOS SÓ SE FOR PARA VC, SEI QUE EXISTEM PREFEITOS QUE ROUBAM DO POVO…MAIS ME DIZ, PORQUE SEMPRE SE FALA EM CORRUPÇÃO É SÓ A FAMÍLIA SARNEY…QUEM DIRIA RICARDO MURAD, SERA QUE ELE ESTA CERTO NO QUE DISSE NO PASSADO…!!??

    • Caio Hostilio disse:

      Se fosse no Rio um livro de um paulista viado daquele… que recebe dos politiqueiros paulistas para dar para os bofes, com certeza ele tinha levado era muita porrada e não só tomatada…

  9. tadeu Nascimento disse:

    Quer um exemplo Ricardo Murad,,,porque antes ele falava mal dos Sarneys e hoje és defensor, ele foi para o lados sarney á toa…Sim Caio vc não falou de Ricardo, o que foi tem medo….sei q não vai de bater…observou os comentários do post….São á maioria Caio….Sarney tem que larga o osso ele é do Amapá, não beneficios para lá nem cá…como vcs bloguistas capachos são demais…esses seus argumentos são reprovaveis pela sociedade, ver se tem alguem elogiando o post….rs.

    • Caio Hostilio disse:

      Camarada, tu está todo confuso… organiza teus pensamentos, pois assim os caras que te pagama para comentar vão ficar puto da vida… deixa de confundir alhos com bugalhos e procura ter argumentos para defender….

  10. luis disse:

    Caio, quando você sai em defesa de Sarney,está apenas reproduzindo um dos valores que virou marca registrada de alguns “puxas” autóctones. Tal valor consiste em: não importa o que o sujeito faça, ou quem ele seja, a regra é sempre defender os malfeitores locais pois, caso contrário estarás demonstrando claramente que não gosta do nosso Estado. Essa gente (os puxas) Em seu jeito muito particular de gostar do nosso Maranhão, ocupa-se em malabarismos retóricos, muitas vezes descabidos de qualquer bom senso, sempre tentando nivelar todos por baixo e então gritam: “política é assim mesmo, pragmática.” ou então: ” são todos uns hipócritas canalhas.” Ora dar-se a entender que as pessoas todos estão imbuídos de má consciência e não sabem o que significa a boa política e as boas práticas que devem reger a vida republicana. Não vou entrar no mérito do lugar que você ocupa na política local porém você deve entender nem todos tem que concordar com as práticas do senador Sarney, seja o crítico maranhense ou afegão.

    • Caio Hostilio disse:

      Não se trata disso… Poliitcos são todos iguais, caso contrário o Brasil já tinha virado o país mais maravilhoso do mundo… impunidade!!! Corrupção!!! politicalhas!!! É só no Maranhão e apenas do Sarney… Cara isso não cola… Não sou idiota para acatar esse tipo de coisa, mesmo não sendo daqui, mas é aqui que moro e não aceito que falem do Maranhão, como vocês mesmos adoram que seja apreciada como terra arrasada… Isso é valor ou babaquice? Nesse Maranhão são 218 gestores independentes e querem culpar um cara que não disputada uma eleição daqui desde 1978. Aí está uma das causas para estimular os prefeitos a roubarem a vontade, pois sabem que o discurso será sempre o mesmo: “Foi o Sarney”… Entra prefeito pobre e sai rico… Você quer dizer que esses 218 gestores são de responsabilidade de Sarnety e que é ele que administra todos os recursos recebidos por esses gestores…. Me compre um bode… Camarada, conheço bem os paulistanos… simplesmente não aceitam que o país não fique na mão do café com leite – São Paulo – Minas, isso já é secular… Eles se acham superiores aos demais brasileiros, numa terra que já apontou diversos corruptos da pior espécie como Maluf, Pita, Quércia, Montoro etc. Portanto, não venha com alardeios que não condizem com a realidade provinciana que vocês vivem aqui.

      • luis disse:

        Nada mais provinciano do que repórter, jornalista e blogueiro terem cargos comicionados em gabinetes de políticos.

        • Caio Hostilio disse:

          Acho que chato é um cabeça chata ser esculhambado por paulistas é ainda amá-lo e achar que ele é um deus…. Tu tens o que merece… otário!!!

  11. James disse:

    O Sarney nem se incomoda com isso, mas o puxa-saco do Caio Hospício se incomoda.

  12. Prof. Moutinho disse:

    Achando o ex presidente José Sarney, corrupto ou não, deve-se manter o respeito a um idoso, um homem com 81 anos. Caso seja culpado de alguma coisa ou despido de algum pudor sócio-político-ideológico, o tempo se encarregará de mostrar a sua verdadeira intensão, a sua verdadeira filosofia. Quem julga é Deus, caso não aconteça aqui, nesse plano tridimensional, acontecerá em esferas mais sutis. Portanto do extremo sul ao extremo norte da União, temos que manter certa postura ética antes de falar de quem quer que seja, pois não podemos esquecer do espelho que temos em casa e que revela quem realmente somos. Não defendo ninguém, mas meu Pai, já falecido me ensinou que os mais velhos, mesmo em débito com a sociedade ou com os Céus merecem respeito, pois já são vencedores na batalha diária da Vida. E se ainda estão entre nós e atuantes, ainda tem um encontro com o seu verdadeiro Arquétipo.
    Para todos que vivem para o dinheiro ou pelo dinheiro, ao amanhecer o Sol dá um grandioso espetáculo e nem todos estão lá para contemplar o fato. Abraços, Caio

    • Caio Hostilio disse:

      Concordo com você… Parece que o Sarney é o único político no Brasil… Olha que ele não tem um processo contra ele, mas sempre vai ser usado para os que querem aparecer… A inveja (dos sete pecados capitais) é uma das mais maléfica a sociedade…. O grande problema da midia nacional, principalmente a paulista, os politicos em geral, os maranhenses etc. odeiam Sarney apenas por um motivo lógico… Ele, maranhense do interior, cabeça chata, foi o único brasileiro a alcançar ao mesmo tempo o topo das duas areas que se propos a seguir: numa chegou a Presidência da República e na outra a membro da ABL e de diversas homenagens por várias Academias pelo mundo, além (o que mata os que o odeiam), conseguiu se manter no poder por 60 anos…. Issso mata os invejos…. Por outro lado, não apresentam sequer um processo contra Sarney e usam processos contra seu filho para difamá-lo…. No caso do Senado, todos que o atacaram, mais tarde foi provado que eram os maiores corruptos daquela casa… Seu pai tem razão ao dizer que se deve algo, não vai ser na vida terrestre seu julgamento, mas sim na divina…

      • Prof. Moutinho disse:

        Meu Nobre amigo Caio, primeiramente obrigado por concordar com as minhas simples palavras e também por ter um Beau Geste em defender os amigos ou aliados, pois é fato raro hoje em dia. Devemos sempre manter a fidelidade, mesmo nos momentos mais adversos da Vida. Para mim a amizade é como casamento : Na alegria ou na tristeza, devemos estar lado a lado…etc.Admiro sua postura e seu reconhecimento para com quem foi fundamental na História democrática da União. Respeito sua coragem em publicar os posts, sem prévia sensura ou moderação. Nota-se que é um Homem democrático, liberal e também um grande companheiro. Permita-me deixar alguns elogios para você, um cidadão que não conheço, mas aprendi a respeitá-lo por não ficar em cima do muro, num momento delicado de expressão político-social-anarquista.
        Um forte abraço e lembre-se, nem todos os paulistas são radicais, pois sou moderado e admiro todos aqueles que amam o meu País !

        • Caio Hostilio disse:

          Meu amigo, claro que não são todos os paulistas que pensam como os que querem fazer crer que eles são os melhores e que sustentam esse país, quando não é assim… Por outro lado, eles pensam que somente o café com leite (SP e MG) tem homens capacitados para administrar o Brasil… Isso é o ego e o superego daqueles que se julgam melhores… apresentando claramente um complexo de inferioridade em diversos casos….

  13. Prof. Moutinho disse:

    Meu Amigo Caio, no que diz respeito ao eixo Café com Leite, é o óbvio ululante, politicamente falando, que sejam pré-destinados a deterem o poder pelos requisitos acima da média, apresentados nos números de erários e também de recursos naturais que descrevem concludente em suas reais estatísticas.

    É fato que Minas Gerais é o Estado que detém cerca de 60% do patrimônio histórico nacional (A economia mineira cresceu nos últimos anos, ancorada pela boa fase na produção de commodities e pelas condições favoráveis do mercado internacional de minério de ferro e outros minerais) e São Paulo, o Estado mais rico do Brasil e o maior pólo econômico da América Latina, queiram construir um ping-pong eleitoral sucessivo e também promovendo chantagem filosófico-emocional para com os outros Estados, provocando assim uma indisposição politica, notória.

    Concordo com você, que somos todos “irmãos” da mesma Pátria, independente do Estado de origem, com os mesmos direitos cívicos e também com a mesma capacidade cultural e governamental, estando assim capazes de reagir ao contágio político-psicológico do sistema, que tenta monopolizar a estrutura político-partidária sucessiva, que se arrasta por mais de duas décadas, indelevelmente.
    Existem lideres que detém inteligência compatível em outros Estados, fora do eixo em questão, que retém vasta teoria em Ciências políticas e reivindiquem por essa premissa e Silogismo, em favor da União, pleiteando (Na maioria das vezes com competência e capacidade) altos cargos no cenário Executivo Federal.
    É válido, quando temos grandes mandatários e suplentes, despidos de vaidade e intolerância (Antagônicos aos atuais) e que queiram postular os mesmos Cargos Oligárquicos (Que há tempos se inspiram na mesmice e também na retroatividade governamental e que atualmente tem outra face, mas mantém o mesmo sorriso eleitoreiro e compositivo) com novo idealismo e atitude (Depondo os déspotas e dissolvendo seus propósitos compactuados e unificados), com seus desejos inspirados na modernidade, modificando a conduta política, reformulando coligações e composições, desestruturando assim seus pseudos pactos dogmáticos e ideológicos e sua conduta totalmente détraqué. – Devemos apostar nessa nova proposta, nessa nova atmosfera, nesse novo Arquétipo político-morfológico substancial –

    Concordo também que existam diferenças culturais, mas com necessidades semelhantes e com o mesmo desejo reformulativo, no sentido de litigar uma Federação com um modelo sócio- político ideal e evolutivo.

    Lutar contra o poder coercitivo do Estado é insanidade, mas tentar modificá-lo para melhor, é dever exeqüível e exorável, para se reestruturar com capacidade consuetudinária, o modelo base administrativo, transformando também os poderes judicial, executivo e legislativo, reestruturando seus prismas fragmentados.
    Nos três poderes, temos divergências e desigualdades, mas as referências e normas de conduta são símiles e muitas vezes contrárias a lógica, tornando o Direito do indivíduo, avaliado por sua classe social e estrutura psicológica e não por sua capacidade intelectual e seu poder de ressocialização (O gládio e a balança são os atributos da Justiça, que desgraçadamente são ignorados pela contundência sectária).

    Mas venhamos e convenhamos, essa estrutura, que reconhecemos ser imperialista e monopolista, conseguiu colocar rédeas na Economia e também reformulou o conjunto normativo de distribuição de rendas. Não sei se é como César fez em Roma: Pão e Circo para o povo traz o sorriso, a calma espiritual necessária e também a credibilidade sustentada por atributos básicos e elementares designados ao cidadão, que lhes são de direito, mas que soa como privilégio, benevolência, altruísmo e tolerância do Estado.

    Parece utopia, mas é fato, tudo na Vida não é definitivo, simplesmente é mais um exemplo de como poderá ser o amanhã: Bem diferente do Hoje e sem os mesmos ranços e caracteres obsoletos!
    Um forte abraço, perdoe-me por me alongar e fique na Paz e Luz da Sabedoria.

    • Caio Hostilio disse:

      Moutinho, esse espaço é exatamente para o debate dentro do campos das idéias, com questionamentos críticos e, principalmente, na essência do assunto em questão… Resumindo sua fala – que por sinal concordo em sua maioria – o homem ainda não aprendeu que ele passa e as instituições ficam. Observa-se cada vez mais que o homem se liga nas coisas terrenas, carnais, deixando, com isso, as espirituais de lado. O desenvolvimento economico, social, político e ciêntífico se faz necessário para o bem da humanidade e para a qualidade de vida da coletividade. Contudo, não é isso que se ver hoje… A humanidade se afasta de valores importantes para sua continuidade, com a família, os principios éticos e morais…. A humanidade vem usando mais da hipocrisia, da politicalha, do jogo sujo pelo poder, da falsa moralidade e ética, visto que praticam os mesmos atos que tanto denunciam… O homem se preocupa mais com o seu ego e superego, que no pensamento coletivo, de uma sociedade realmente livre, que saiba não confundir democracia com anarquia… Estariamos chegando ao final dos tempos???

  14. Prof. Moutinho disse:

    …Com certeza, o final dos tempos está eminente, pois o respeito à família, a cidadania, aos símbolos nacionais e também ao Estado se transformaram em alguns casos, em mero detalhe, que são desprezados e anarquizados, pois o poder coercitivo é ineficiente, desestruturado e desqualificado, fazendo com que haja apenas um Deus, entre o Céu e a Terra, mais precisamente na Terra: O vil Metal. Por ele se briga, se mata, se mente, se engana e até se assume uma postura diferente, como o Lobo em pele de cordeiro.

    Quanto ao que disse que confundem Democracia com Anarquia, está correto, pois o povo sem estrutura psicológica definida e sem Deus no coração, fica fácil a condução por instintos primitivos, transformando a razão e o bom senso em atitudes egoístas e desprovidas de sentimento e compaixão.
    O jogo do poder que é exercido atualmente é o espelho da incapacidade administrativa que assola o planeta, pois a globalização está alcançando em passos largos à forma ideológica das nações, modificando seus projetos, transformando em auxílios e composições as questões básicas a sobrevivência e também chantageando sua mais nobre expressão político-econômica.
    Por esses motivos, é que estamos cada vez mais empenhados em alertar os indivíduos, da precariedade administrativa, da incredibilidade política e também da falta de respeito à soberania nacional e global.
    Você com esse espaço democrático e com sua lucidez jornalística e eu com meus argumentos científicos, torcemos, é verdade, apenas torcemos, para que não “morra” a dignidade e também se resgate o civismo e o respeito ao semelhante.
    Desejo-lhe muita Luz e que os lindos lençóis Maranhenses cubram o berço esplendido da União e tragam muito lirismo ao desestruturado pavilhão nacional, que eu e você amamos e respeitamos muito (E também exigimos amor e consideração ao próximo).

    • Caio Hostilio disse:

      Meu querido, esse valores já não existem mais… O pragmatismo tomou conta do Ocidente, coisa bem diferente do povo Oriental, que vem a cada dia dominando o mundo, seja na área economica, política e social, tudo pelo fato de estarem mais ligados as virtudes espirituais que as carnais, por isso é que o compartilhamento de empresas dá certo lá e aqui nos países ocidentais não, pois lá os seres humanos se respeitam…

  15. Prof. Moutinho disse:

    Obrigado amigo, por nossas prosas muito proveitosas e com fundamento.
    Agradeço também pelos excelentes posts e pela sinceridade, muito rara hoje em dia !
    Um forte abraço, .’.Frater Caio.

    • Caio Hostilio disse:

      Eu é que agradeço poder debater no campo das idéias e da essência científica com uma pessoa bem preparada como você…

  16. I didn’t understand the concluding part of your article, could you please explain it more?

  17. I wanted to thank you for this great read!! I definitely enjoying every little bit of it I have you bookmarked to check out new stuff you post.

Deixe uma resposta

Contatos

hostiliocaio@hotmail.com

Assine o Blog

By signing up, you agree to our Terms of Service and Privacy Policy.

Publicidade

Busca no Blog