Últimas cartadas…

Publicado em   19/set/2011
por  Caio Hostilio

A primeira carta na manga do PSB dos Tavares…

Todas as tentativas de manter o poder sobre o PSB do Maranhão pelos Tavares até aqui não deram certo. Mesmo com todas as artimanhas do presidente José Antonio Almeida, as coisas viraram uma briga intestina pelo poder da legenda. O Eduardo Campos, presidente Nacional da legenda, por sua vez, já fez o que tinha que fazer, agora cruzará os braços e deixará com que os dois grupos briguem pelo comando do PSB maranhense. Por outro lado, a salvação dos Tavares na política dependerá da permanência de Othon Bastos na secretaria de educação do governo Castelo e, conseqüentemente, o partido lançar o vice o chapa do atual prefeito para as eleições de 2012. Para Castelo, por sua vez, só serve o partido como um todo, pois sabe que os Tavares não possuem votosem São Luíse manter um de seus comandados numa secretária como a educação é simplesmente uma roubada ou encher lingüiça.

A segunda carta na manga do PSB dos Tavares…

Os Tavares têm ainda outra carta na manga, seria a candidatura de Flávio Dino, com um vice sendo do PSB. O problema nesse caso é saber se a outra ala aceitaria e se em caso de aceitar, quem indicaria esse vice. Com certeza não abririam mão. Essa outra ala é favorável a candidatura própria e tem como carta o ex-deputado Roberto Rocha.

Castelo e suas cartas…

Castelo possui diversas cartas, mas nenhuma pode lhe dar a certeza de vitória. O PDT é uma carta que não altera o jogo e pode aparecer nas mãos de outro jogador, o mesmo ocorre com o PTC, que pode deixar de ser uma carta na manga para virar um jogador. O PPS já caiu da manga de Castelo e os outros jogadores já viram. Os partidos pequenos são cartas variáveis… Às vezes aparecem em mangas de vários jogadores…   

Mudando de mesa… O prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes dá última cartada para aprovar projeto sobre o Funprevi…

Em almoço nesta segunda-feira com vereadores, Eduardo Paes apresentou uma última cartada para aprovar o projeto sobre o Funprevi: se comprometeu a assinar emenda que obriga a prefeitura a complementar as aposentadorias e pensões caso o dinheiro do fundo não seja suficiente para honrar seus compromissos.Os aliados de Paes ainda pressionam vereadores — querem que eles retirem o apoio a uma manobra de oposicionistas para adiar a votação. O governo também vai dividir as galerias, parte delas será ocupada por quem é a favor do projeto.O certo é que os funcionários públicos municipais ficarão lascados se esse projeto for aprovado!!!

  Publicado em: Governo

Deixe uma resposta

Contatos

hostiliocaio@hotmail.com

Assine o Blog

By signing up, you agree to our Terms of Service and Privacy Policy.

Publicidade

Busca no Blog