No olho do furacão!!! Quem quer derrubar Novais?

Publicado em   05/set/2011
por  Caio Hostilio

Para alimentar a mídia com informações do SNI contra o ministro Pedro Novais só pode ser gente do próprio governo, visto que as informações que chegam aos jornalões são repassadas de forma covarde e canalha por alguém que faz parte do governo Dilma.

Como não tem nada que desabone a conduta do ministro Novais, principalmente quanto ao orçamento do qual comandou por vários anos na Câmara dos Deputados, os que o querem fora do Ministério partiram para informações distorcidas do antigo SNI. Veja abaixo a denúncia:

Em 30 de outubro de 1979, o Serviço Nacional de Informações (SNI, mais tarde tranformado na Agência Brasileira de Inteligência, a Abin) definia no Telex 94/15 um deputado estadual maranhense da Arena, o partido do governo. Ele era “aparentemente integrado” à Revolução de 31 de março de 1964 e sem registro de antecedentes de natureza subversiva. A probidade administrativa, no entanto, era “duvidosa”, de acordo com o texto. Pesavam contra ele fortes acusações de desonestidade. A competência não era um atributo em que se sobressaísse. De acordo com o texto, ele teve até então “discreta atuação nos cargos que desempenhou” e “sem qualquer destaque”.

É assim que o SNI via o atual ministro do Turismo, Pedro Novais Lima, escolhido pela presidente Dilma Rousseff para administrar um orçamento de R$ 3,7 bilhões anuais. O registro faz parte do Juízo Sintético 258, da Presidência da República. São mais de 100 páginas com registros do passado suspeito do ministro das décadas de 1970 e 1980, ora citado com o sobrenome Novaes, ora com Novais, o correto — em um dos documentos há alusão à existência da dupla grafia nos registros.

A denúncia de um agente fiscal de Tributos Federais também apontava o enriquecimento ilícito dos envolvidos no esquema. “Quanto ao sr. Pedro Novais Lima basta uma visita à sua residência para verificar ser uma das mais luxuosas desta cidade, caracterizando os sinais exteriores de enriquecimento sem causa lícita”, destaca o funcionário público nos registros oficiais.

Como se pode ver, os camaradas não conseguiram nada que possa desabonar a conduta do Ministro Pedro Novais e foram buscar informações nos arquivos e depoimentos de antigos funcionários do SNI.

A frigideira continua em fogo brando!!!

  Publicado em: Governo

Deixe uma resposta

Contatos

hostiliocaio@hotmail.com

Assine o Blog

By signing up, you agree to our Terms of Service and Privacy Policy.

Publicidade

Busca no Blog