Pergunta que não pode calar:

Publicado em   09/ago/2011
por  Caio Hostilio

Por que a política se pautou só no que não presta, como a demagogia, a hipocrisia, a mentira, a canalhice… Quando era para ser tudo ao contrário? O ser humano é um ser político ou politiqueiro?

Não posso conceber uma briga idiota e politiqueira sem fundamento algum sobre a construção da via Expressa, quando todos sabem da necessidade dessa via para o bem-estar da coletividade.

É como disse no post abaixo, a debate fica nas conseqüências e não nas causas. A deputada Gardênia Castelo no afã de defender as arbitrariedades e burrocracias (só como atrapalho), dizer que o Sítio Santa Eulália é uma reserva ecológica e que as vilas Vinhais, Progresso etc. são moradias dignas… Quanta demagogia!!! O Sítio Santa Eulália já foi todo devastado, essas vilas se transformaram no maior antro de tráfico de drogas. A Vila Progresso talvez tenha sido a maior agressão ao Meio Ambiente desde que vi morarem São Luís, pois destruiu uma das maiores reservas de juçara e buriti, com nascentes de água, além da degradação do mangue.  

Com certeza as criticas de Roberto Costa (PMDB) as desculpas de Gardênia Castelo, na sessão de ontem (08), mostraram que o embargo da obra da Via Expressa é ao repugnante e fora propósito.

Com as provas (documentos), Roberto Costa desqualificou a fala da deputada Gardênia e não titubeou em chamá-la de mentirosa. As três mentiras Nas questões ambientais, nas desapropriações e na situação do sitio arqueológico.

“A nota da prefeitura diz… O Governo do Estado do Maranhão, entretanto apenas pediu ao município a certidão de uso e ocupação do solo, que seria a primeira etapa dos procedimentos que antecedem a concessão do Alvará pretendido… Aí na mesma Nota ele diz que esta licença, já foi concedida pela prefeitura, ficou mais de um mês o pedido e no dia que ele mandou de forma truculenta derrubar o canteiro de obra, ele emite uma Nota à noite dizendo que concedeu esta primeira etapa. E para surpresa nossa ontem os advogados da Secretaria de Infraestrutura estiveram na Prefeitura para pegar esta Certidão, queem Nota Oficialo Senhor Prefeito disse que já tinha emitido. E mais uma vez, não tinha certidão nenhuma”, afirmou Roberto Costa.

Outro ponto abordado pelo parlamentar foi a respeito do posicionamento do IPHAN sobre o sitio arqueológico, Santa Eulália. 

A nota afirma que para ser liberada a licença, necessitaria que o IPHAN tivesse conhecimento do estudo ambiental. Roberto Costa mostrou oficio onde o Estado encaminhou este estudo para IPHAN, inclusive através do Ministério Público Estadual, solicitando que o IPHAN se posicionasse. Mas, até o presente momento o IPHAN não fez nenhuma recomendação.

Agora para mostrar o quanto a política é regida pela mentira, veja esse documento abaixo, lido hoje por Roberto Costa da tribuna, cujo secretário de meio ambiente da Prefeitura afirma que o Espigão não precisaria de licença de sua secretaria, visto que a Secretaria Estadual já havia concedido a licença. Mas que diabos é isso? Quer dizer que para uma obra é preciso duas licenças e para outra uma só basta? Querem fazer o povo de otário por quê?

  Publicado em: Governo

4 Responses to Pergunta que não pode calar:

  1. Dinho disse:

    Acredito que ao invés da oposição ficar tentando atrapalhar o trabalaho de Roseana criando factóides e empecílios para que ela não cumpra as promessas de campanha como o caso da Via Expressa, devia fazer o contrário e cobrar dela a Avenida Metropolitana e a Ponte do Quartocentenário que vai ficando no esquecido e com a complacência da oposição. Se batessem forte no que realmente ela não está cumprindo ganhariam o apoio e a simpatia da popualação e de quebra ganhava São Luís. O trabalho da oposição é cobrar e não tentar impedir que façam. O fato a oposição nem tocar no assunto Ponte Quartocentenário/AV Metropolitana que seria um prato cheio, só demonstra que a oposição está é apavorada pelo fato dela estar construindo mais uma vez obras estruturantes para nossa cidade enquanto que eles no poder nada tem pra mostrar tanto a nível estadual quanto a nível municipal.

  2. Reginho disse:

    Em primeiro Lugar meu querido não é a vila progresso, e sim a kubanacan e o vinhais velho, 2 as casas do vinhais velho sao muito boas! Isso ai pq tua governadora ta acostumada é querer e pronto, começa a bater pé ne chão e gritar eu quero, eu quero, eu quero, e todos tem que batalhar!… fico olhando cada loucura pisicotica desse Blogueiro…. faz uma materia da medica que foi presa no Vinhais velho fazendo campanha pra Ricardo Murad… Nunca mais te chamo de babão… agora Ricardo não pode nem banhar de piscina se não tu morre afogado!

    • Caio Hostilio disse:

      Maluquete, é a vila progresso… Moro lá imbecil… Ali e a vila Vinhais se tornaram um antro de tráfico de drogas… Maluquete, ali era uma reserva grande ambiental, coisa que se transformou numa favela que degrada o mangue e outras coisas…. Maluquete, você não sabe nem do que está falando…. Procura saber melhor das coisas, maluquete!!!

Deixe uma resposta

Contatos

hostiliocaio@hotmail.com

Assine o Blog

By signing up, you agree to our Terms of Service and Privacy Policy.

Publicidade

Busca no Blog