A vingança dos Rios Paciência/Maiobinha/Maioba

Publicado em   27/jul/2011
por  Caio Hostilio

É de causar estranheza o fato de só porque a Rua Barão do Rio Branco, com suas dezenas de seus casarões coloniais em ruínas que por se localizar no centro histórico da capital maranhense, tenha recentemente essa calamitosa realidade, atraído a atenção de varias autoridades públicas, enquanto não se possa dizer o mesmo em relação para o que significa em termos do funcionamento estrutural da geodinâmica da Upaon-Açu do Maranhão, o assoreamento, a degradação, a poluição, a contaminação, o esgotamento de aqüíferos, e desmatamento do que já foi uma exuberante Mata Ciliar, em se tratando da total extensão de um importante Rio formado pelo Paciência, Maiobinha e Maioba, surgido de um aqüífero por sua vez alimentado pelo sistema hidrológico a partir da região de Santa Barbara, na zona rural I da capital maranhense.

Mas na verdade, quais tem sido as providencias geradas pela atenção dessas mesmas autoridades públicas, para as várias modalidades de construções habitacionais, industriais, e garagens de automotores com seus “lava a jato” algumas supostamente “licenciadas”, em comum há décadas contribuindo para a realidade da extensão destes recursos hídrico?

Nenhuma, até o presente momento.

De certo, essas ditas autoridades ainda não se dispuseram em avaliar com a necessária responsabilidade, a potência ainda existente dessa “calha” hoje muito rasa, que em dia de uma simples “chuvinha”, já quase não comporta o escoamento natural das águas fétidas desses “rios de esgotos”.

A Mãe Natureza, neste caso diante da falta da ação punitiva dessas nossas autoridades públicas, se se cumprir as previsões de duradouras precipitações da chuva por sobre esta ilha, não pode vir a ser acusada pela tragédia pré-anunciada motivada por essa situação. Quer, pelo volume da precipitação da chuva esperada para os próximos meses, quer pela contaminação hidro-biológica produzida, esta ultima já afetando e que afetará a população residente no entorno.

 Esta avaliação é de um grupo de concludentes do Curso de Biologia de uma Universidade publica do nordeste brasileiro, que recentemente esteve aqui incluindo na pesquisa a realidade da extensão desses três rios. (grupo de trabalho pro-saneamento ambiental terras e pesca da upaon-açu do maranhão, e outros*, e-mail: frecom.tp@hotmail.com)

  Publicado em: Governo

33 Responses to A vingança dos Rios Paciência/Maiobinha/Maioba

  1. Rogerio Jansen Meira disse:

    Engraçado. A governadora querer ouvi a população. Ñ parece, pelo menos em minha cidade Açailândia, uma das maiores arrecadações do Estado, mas a ilustríssima governadora parece ñ se improtar c isso. Além de não vir aqui, ela corta recursos que vinham para o municipio, não realiza obras nem assina convênios. Somente um até agora foi assinado, de asfalto, mas isso no início do seu mandato. E td isso pq o prefeito é oposição a ela e aliado do ex governador Jackson. Espero q realmente essa pessoa se aposente em 2014, pq não aguentamos mais tanto descaso c nossa cidade.

  2. Jonas Barsbosa disse:

    A Procuradora-geral de Justiça, Fátima Travassos, é uma aliada de todas as horas de Roseana Sarney e Ricardo Murad. Travassos faz questão de demonstrar essa íntima e comprometedora relação.

    Prova cristalina dessa subserviência ao governante de plantão, foi a presença de Fátima Travassos ao ato que Roseana Sarney assinou a ordem de serviço para a construção da Avenida Expressa na capital. Não se sabe o que a chefe do Ministério Público fazia ali.

    Fátima Travasso tem demonstrado que é uma boa pagadora de dívidas políticas. Apesar de ser a última colocada na eleição para procurador-geral do Ministério Público, Ricardo Murad e Roseana Sarney bancaram sua nomeação.

    A despeito de o procurador de justiça Raimundo Nonato Carvalho ter sido o primeiro colocado na eleição da lista tríplice enviada a Roseana, isso não contou nada.

    Mas a fatura política de Fátima Travassos já foi paga e ela ainda parece ter crédito com o governo de Roseana.

    Raimundo Nonato de Carvalho, quando ocupou a procuradoria-geral de Justiça, apresentou uma contundente denúncia contra Ricardo Murad, acusando-o de formação de quadrilha, fraude em licitação e enriquecimento ilícito, no famoso caso Nanazel.

    O processo (17900/2005 ) dormitou anos nas gavetas do judiciário maranhense. A denúncia de Raimundo Nonato Carvalho relata que Ricardo Murad montou um esquema de fraude na antiga Gerência Metropolitana de São Luís, em 2003, com desvio de recursos públicos.

    Ocorre, porém, que no dia 16 de maio de 2011, Fátima Travassos simplesmente desconsiderou a denúncia de Raimundo Nonato Carvalho, e encaminhou um parecer ao Tribunal de Justiça pedindo a rejeição da denúncia contra Ricardo Murad.

    Isso significa que Ricardo Murad não será nem mesmo réu no processo, e ainda pode ir atrás de uma gorda indenização por ter sido denunciado “indevidamente” pelo Ministério Público.

    A palavra final está com o desembargador José Bernardo Rodrigues, que deve levar o processo a julgamento na próxima quarta-feira.

  3. Heluar Seixas Mendes disse:

    Ricardo Murad deixou bem clara a sua desonestidade quando tirou do quadro da Secretaria de Saúde a Cruz Vermelha… uma instituição que é respeitada no mundo inteiro. Quem será que tem mais credibilidade? Ricardo Murad ou a Cruz Vermelha? E é engraçado ver os cupinchas dele tentando denegrir a imagem da instituição… os ignorantes desconhecem que só existe uma única Cruz Vermelha no mundo. O Maranhão é refém dessa gente desonesta, infelizmente.

    • Caio Hostilio disse:

      Quem garante isso? Você? Por outro lado, parece-me que você não leu o texto e usa do espaço para atacar as pessoas sem ao menos saber colocar questões relacionadas ao texto… Simplesmente vem com textos prontos sabe-se lá de quem para expor o ódio, o rancor e a hipocrisia de teus chefes….

  4. Heluar Seixas Mendes disse:

    vc não quer enxergar o que as pessoas mais sensatas já olham há meses. Não existe este real interesse em refinaria no Marannhão, assim como não dá pra ficar brincando com promessas de desenvolvimento baseado apenas nas ações dos outros (governo federal). Inflam demais as perspectivas os atuais governantes sobre esta refinaria. Nas próximas eleições o tema voltará a se dominante pela atual governadora, na tentativa de mais um suborno eleitoral.

  5. baiano 2 disse:

    a vontade de muitos cidadãos era de algemar esse pessoal do ministerio publico que dizem disciplinadores da questão ambiental, e os mergulhar e os fazer beber da agua desses tres rios, principalmente do rio da maioba que pega a maior carga de merda dos 6 conjuntos do cohatrac. eles sobre a questão são uns covardes. ou não são ?

  6. alunos de biologia da ufma disse:

    caio. fomos constatar de perto a realidade desses tres rios conforme denunciados, e constatamos que a coisa émuito mais grave do que enfocada. quem cuida ou cuidaria da questão? existiriam tais autoridades ?

  7. renren876 disse:

    Youre so cool! I dont suppose Ive learn anything like this before. So good to find someone with some unique ideas on this subject. realy thanks for starting this up. this web site is something thats needed on the net, someone with somewhat originality. helpful job for bringing one thing new to the internet!

  8. I simply want to say I am just beginner to blogs and honestly enjoyed you’re website. More than likely I’m going to bookmark your blog . You definitely come with good articles and reviews. Many thanks for revealing your web-site.

  9. I simply want to mention I’m new to blogging and definitely loved you’re web-site. Most likely I’m going to bookmark your site . You surely have really good well written articles. Appreciate it for sharing with us your web-site.

Deixe uma resposta

Contatos

hostiliocaio@hotmail.com

Assine o Blog

By signing up, you agree to our Terms of Service and Privacy Policy.

Publicidade

Busca no Blog