Notícias boas!!!

Publicado em   05/jun/2011
por  Caio Hostilio

Hospital Geral‏ modernizado

O Hospital Tarquínio Lopes Filho (Geral), mantido pela Secretaria de Estado da Saúde (SES), vai ganhar mais cinco novos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e seu Centro Cirúrgico, que foi totalmente reformado, recebeu equipamentos de última geração. Os serviços, que fazem parte do Programa Saúde é Vida, serão entregues à população nesta segunda-feira (6), às 11h, pela governadora Roseana Sarney e pelo secretário de Saúde, Ricardo Murad.

Hoje, a casa de saúde vive um novo momento, fruto de um programa de reestruturação em que já foram investidos aproximadamente R$ 6 milhões, sendo mais da metade só de equipamentos. “Hoje o Hospital Geral é outro. Não deixa a desejar com relação a nenhuma outra unidade hospitalar da rede pública ou privada do Maranhão e do Brasil”, enfatizou Ricardo Murad.

Com a reforma e a ampliação da UTI, o Hospital Geral passará a contar com 11 leitos adultos (sendo um de isolamento) padronizados e equipados com o que há de mais moderno na área. Atualmente, funcionando com seis leitos, a UTI recebe em média 30 pacientes por mês, devendo saltar para algo em torno de 45 internações após a inauguração. Para garantir a qualidade dos serviços e a segurança do paciente, foram adquiridos leitos elétricos, aparelhos de monitoramento individuais, respiradores de última geração, incluindo o que permite o deslocamento, caso necessário, para outra unidade de saúde.

Segundo o diretor geral do Hospital Tarquínio Lopes Filho, Luís Alfredo Guterres Soares Júnior, a nova UTI atende aos mais rigorosos padrões de segurança e qualidade estabelecidos pela RDC, um conjunto de normas e parâmetros estabelecidos pelo Ministério da Saúde e Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) que norteiam as condições de funcionamento de uma Unidade de Terapia Intensiva. Além disso, o Hospital Geral participa do Projeto Quality, desenvolvido pelo Ministério da Saúde em parceria com o HCor, de São Paulo, no qual o hospital também é avaliado.        

O Centro Cirúrgico tem cinco salas reequipadas com aparelhos de última geração. Os investimentos atingiram também a Central de Materiais. Parte dos equipamentos adquiridos pela SES só poderá ser vista no Hospital Geral. É o caso dos carros de anestesia, inéditos no estado, cuja tecnologia garante maior segurança ao paciente. Os investimentos em iluminação também não foram poucos. Dos cinco focos cirúrgicos adquiridos, dois deles utilizam as lâmpadas de LED, que gastam menos, são mais eficientes e adequadas para as cirurgias de maior porte. Outro equipamento de destaque é o arco cirúrgico comprado pelo Hospital, que permitirá a realização do CPRE (Colangiopancreatografia Retrógrada Endoscopica), procedimento cirúrgico que não é encontrado em nenhum serviço público do Maranhão e que tem como diferenciais a redução do tempo de cirurgia e do tempo de recuperação do paciente.

Seduc realiza ações para garantir cumprimento do calendário escolar deste ano

Para garantir o cumprimento do calendário de 200 dias do ano letivo de 2011, estabelecido para terminar em 23 de dezembro, a Secretaria de Estado da Educação (Seduc) fez o mapeamento de déficit de carga horária por disciplina, ocasionado pela paralisação dos professores. Cada escola deverá cumprir os conteúdos curriculares e a carga horária de cada disciplina, assegurando os direitos constitucionais do aluno. A medida objetiva o cumprimento do calendário do ano letivo, afim de que os alunos da rede estadual possam competir igualitariamente com os da rede particular em exames nacionais, como o Enem e Prova Brasil, e vestibulares das faculdades públicas e privadas. A partir desse levantamento, cada escola irá reprogramar seu calendário, obedecendo à legislação em vigor e a matriz curricular de cada disciplina. para garantir que mais de 500 mil alunos não sejam prejudicados com a paralisação das atividades. “Estamos empreendendo todos os esforços para a reposição das aulas, cumprindo o calendário programado pela Seduc, com o término em 23 de dezembro, para que nossos alunos possam competir de igual modo com os da rede particular em exames nacionais e vestibulares. O cumprimento do calendário escolar, com término estabelecido para o mês de dezembro, foi um dos principais pontos firmados no acordo entre o Governo e o Sindicato e temos a certeza que o que foi firmado será cumprido pelas partes”, afirmou a secretária de Educação, Olga Simão.

  Publicado em: Governo

Deixe uma resposta

Contatos

hostiliocaio@hotmail.com

Assine o Blog

By signing up, you agree to our Terms of Service and Privacy Policy.

Publicidade

Busca no Blog