Como funciona o financiamento das escolas de samba do Rio de Janeiro

Publicado em   04/jun/2011
por  Caio Hostilio

É de conhecimento que as preparações para os grandes desfiles começam na quarta-feira de cinzas do ano anterior, entram em cena a todo vapor; sendo comum acompanharmos o tema seja na internet, na TV Globo em colocando sua globeleza pra dançar enquanto o samba-enredo de uma escola aleatoriamente é apresentado.

Assim como vemos na TV suas fantasias seus carros enfeitados imaginamos que somas milionárias de dinheiro além de milhares de pessoas são necessárias para a realização dos 4 dias do tão esperado evento.

E são mesmo! Pra se ter uma idéia em média mais de 3 mil pessoas trabalha em cada escola o ano todo para gerar o resultado final que vemos no carnaval.

Em capital gasto para a realização assusta! Mas afinal? Quem é que banca tudo isso? Bom a Rede Globo paga milhões para a liga das escolas de samba em troca do direito de transmitir os desfiles ao vivo para mais de uma centena de países, prefeitura, governo federal, além dos montantes dos ingressos (ano passado foram R$ 42 milhões) que é dividido entre as escolas.

Com toda essa verba daria pra fazer muita coisa, mas se tratando de carnaval, FALTA, isso mesmo! Falta grana pra financiar a festa, assim algumas escolas têm apelado para o samba-enredo, que muitas vezes é financiado por alguma empresa que exploram o marketing baseado no samba das escolas.

Assim como estamos vendo no futebol, cada vez mais patrocinadores estampados na camisa, não será novidade daqui alguns anos tenham patrocinadores estampados nas fantasias dos foliões visando arrecadar dinheiro!

Escolas contam com cerca de R$ 5 milhões da prefeitura e da Liga das Escolas de Samba, vindos da venda de CDs e ingressos.

Venda de ingressos nas escolas, ao longo do ano, para eventos que angariam fundos, como: feijoadas, ensaios ou rodas de samba, etc. Dinheiro de um patrono (bicheiro ou empresário) Também corre solto.

Carnaval é uma festa gigantesca que domina a cabeça, o corpo, a mente, os corações e o bolso de milhões de brasileiros. A cada ano as fantasias e os carros alegóricos ficam mais e mais luxuosos.

A Petrobras é uma das empresas que mais patrocina.

A cervejaria Schincariol e a Brahma são patrocinadoras mais fortes, assim como a Nestlé, Peugeot, a rede de supermercado Extra e tantas outras grandes empresas cariocas.

Isso não quer dizer que o homenageado não colabore, mas é certo afirmar que as escolas de samba do Rio de Janeiro fazem o Carnaval com o enredo escolhido com ou sem ajuda do homenageado. Se o governo do Estado do Maranhão vai fazer parte desse financiamento, com certeza não será o maior financiador. As escolas preferem marcas que fazem sucesso no mundo dos negócios, tudo em parceria com a Rede Globo. O direito de imagem é altíssimo.

Sobre quem financia as festas dos barracões das escolas de samba? É um equivoco tremendo achar que elas precisam de financiadores, primeiramente porque isso é uma prática semanal em todas as escolas de samba do Rio de Janeiro. O ingresso para entrar num evento desses é caríssimo, pois sempre são convidadas celebridades para dar o glamour e, assim, trazer a mídia, coisa que as escolas e seus parceiros exploram como marketing para vender os produtos desses empresários, ainda mais sabendo que está sendo mostrado pela campeã 2011.

Portanto, não pensem que o governo do Estado do Maranhão financiou o lançamento do enredo, visto que os financiadores (os parceiros fixos da escola) estavam todos lá com suas propagandas e com certeza faturaram alto. O governo deve ter financiado a ida de seus secretários, que estavam representando o governo do Estado, que será homenageado, uma equipe de três profissionais da Secom e dos dois grupos que estavam na programação do lançamento, que teve ainda outras atrações locais, tendo Neguinho da Beija-Flor para fechar a festa. Só a presença do Neguinho da Beija-Flor cantando os principais samba enredo da escola já traria milhares de pessoas para assisti-lo, isso pagando por um ingresso bem caro.  

Para falar de como funciona a realidade do mundo do futebol e do carnaval hoje no Rio de Janeiro, tem que ter conhecimento da realidade, coisa bem diferente do que acontece aqui com o futebol e com as escolas de samba, cujo interesse empresarial é zero.

Só para se ter uma idéia, o Rock in Rio já está com os ingressos todos vendidos e para se conseguir com um amigo, pois nem cambista tem, a venda por um dia, terá que desembolsar no câmbio negro R$ 1 mil.

Quem poderia afirmar o que estou dizendo está em São Luís. Basta conversar com o João Trinta, que sabe como funciona o carnaval do Rio. É preciso conhecer a riqueza de Anízio, assim como era a do saudoso Castor de Andrade (já falecido) – presidente da minha querida Mocidade – que com certeza fatura por mês muito mais que o município de São Luís.

Portanto, a escola sai sem ou com ajuda do governo do Maranhão, com o enredo já escolhido. Acredito que o governo deva patrocinar como outros já o fizeram, com o Rio Grande do Sul, Amapá, Pernambuco, porém não foram os patrocinadores principais.

Acredito que o governo do Maranhão deverá financiar a inda dos grupos folclóricos que farão parte do desfile e com as suas respectivas fantasias, que com certeza trará uma economia salutar para Beija-Flor, pois os grupos devem formar de duas a três alas, coisa que não sai barato.

Para você ter uma idéia maior como funciona o mundo do futebol e do carnaval do Rio, vou citar um exemplo claro de patrocinadores do futebol. O Vasco da Gama está fazendo seu CT em Maricá, a prefeitura entrou com o terreno, os patrocinadores com a construção e o Vasco com a manutenção. Sabe quem sairá ganhando? Os patrocinadores, visto que a região que circunda Niterói vem tendo um desenvolvimento vultoso e começou a chamar a atenção dos empresários, que saberão usar suas placas de marketing nas imagens dos treinamentos do Vasco. Esse é o mundo dos negócios. De governo… O futebol e as escolas de samba só se interessam pela Petrobrás.    

Por outro lado, o Flamengo também ganhará um CT novinho em Vargem Grande/RJ, veja os patrocinadores nessa entrevista de Vanderlei Luxemburgo.

  Publicado em: Governo

16 Responses to Como funciona o financiamento das escolas de samba do Rio de Janeiro

  1. geraldo disse:

    Bacana mesmo sua explicação para o financiamento de uma escola de samba. Caro professor, não seria exagêro do nobre amigo em dizer que a Mocidade Idependente fatura mais que São Luis? Outra coisa nobre professor; Na foto de Luxemburgo, só tem a Brahma e nada mais. Se bem que é um patrocinador de peso, ou melhor, de gás. Mas não custa nada os maranhenses saberem quanto será “patrocinado” pelo Governo do Estado. É isso.

    • admin disse:

      Geraldo, Não a mocidade (minha querida escola) que perdeu Castor de Andrade. O Anízio fatura com o jogo do bicho no Rio e em grande parte do país mais que muitos municipios recebem por mês. Quanto ao patrocinio do Flamengo aquela entrevista é ilustrativa, pois não é só a Brahma que está por traz desse CT do Flamengo. A realidade do Rio, São Paulo, HB e outros, é completamente diferente da do Maranhão que espera tudo do governo. A Globo, por exemplo, paga milhões para financiar times e escolas samba, exatamente para que eles não façam os contratos diretamente com essas empresas, pois ela ganharia sozinha, mas tanto as escolas quanto os times aprenderam a faturar também diretamente dos patrocinadores (empresas). Vou lhe dá um exemplo para o carnaval de 2012: A Vila Izabel fechou com a Nestlé em R$ 12 milhões e ela não irá fazer parte do desfile, porém nos interlavalos do desfile da escola e nas propagandas irão aparecer os produtos Nestlé. A Liga das Escolas, por sua vez, é outra mina de ganhar dinheiro. Os eventos semanas nos barracões geram milhões, é a industria do samba e da noite carioca. Mas vamos ao que você quer saber. Quaquer cidadão que não seja da escola paga sua fantasia, isso em todas as escolas de samba do Rio. Pelo que li e vi um dos carnavalescos dizer que o Boi Barrica pode ser a comissão de frente, o governo do Maranhão custeará a ida e as fantasias de duas a três alas da escola, coisa como já disse teve custar caro, pois uma ala tem em torno de 150 a 200 pessoas, com isso a estadia, passagens e fantasias deverão ser despendiosos, precisar o valor das passagens, estadias e fantasias agora eu não tenho como precisar. Contudo, São Luís pode lucrar muito com turismo, é uma troca, e nessas horas é
      preciso a força a iniciativa privada, que poderiam ajudar o governo a custear essas despesas, pois ganhariam também. O Maranhão precisa aprendar entrar de vez na era da parcerias… O Supply Chain.

  2. Rodrigo disse:

    Me desculpe, mas até chegar na louvação à contravenção eu consegui ler, depois ficou dificil. O texto não explica nada de nada. Não sou de um lado, nem de outro, sou do lado dos que pagam a conta sem querer nada diretamente, e para estes como eu, tá ficando dificil acreditar nos meios de comunicação, inclusive nos blogs.
    A justificativa de que a iniciativa privada vai financiar tudo não cola de jeito nenhum! É mais justo dizer logo quanto pagaremos e pronto; simples assim.
    Lamento muito.

    • admin disse:

      Desculpe-me, mas não posso fazer nada se você não consegue interpretar um texto e saber mensurá-lo. Melhor você esquecer e continuar falando o que te mandam.

  3. weslley almeida disse:

    Caio,você prova que entende de carnaval tanto quanto entendo de aviação,quem falou para você que o ingresso para entrar em uma festa de escola no Rio é caro?na beija flor é apenas cinco reais em dia de final para escolha do samba,na minha mocidade é quinze,na portela dez,na tijuca o mais caro é vinte se isso for caro não sei mais o que é barato.

  4. I simply want to say I am just all new to weblog and definitely liked your web page. Probably I’m want to bookmark your blog post . You definitely have remarkable articles and reviews. Thanks a lot for sharing with us your website page.

  5. I just want to say I am very new to blogs and seriously loved your web page. Almost certainly I’m planning to bookmark your website . You surely have tremendous articles and reviews. Appreciate it for sharing with us your blog.

  6. Pingback: Caio Hostilio

  7. Roberto Ferrara Jr disse:

    Hoje ao descobrir q Escola de samba eh entidade filantropica, portanto, nao paga imposto, e recebe verbas estaduais e federais, fiquei muito feliz!
    Como vc se mostra um bom cnhecedor do assunto me responda, por favor…
    Quem cuida do dinheiro encaminhado as agremiacoes(nosso $$)?
    Se eu quizer doar dinheiro, tenho direito a recibo reconhecido
    E se eu doar, pegar recibo, cabe no meu IR desconto por incentivo a cultura
    Eu nao to de sacanagem, gostaria dessas respostas e assim comparar com outras pesqui

    • Caio Hostilio disse:

      Mas quem disse que escolas de samba são enidades filantropicas? Onde está escrito isso? As escolas de samba do Rio são como empresas, que pagam seus impostos e até INSS dos seus empregados… Quando a doação para investimento na Cultura, no Esporte, são garantidos por lei e são passíveis de descontos no IR… As escolas de samba também apresentam balancetes anuais como qualquer empresa privada e são fiscalizadas também por sonegações…

  8. Ronaldo disse:

    Esqueceu de comentar o mais importante: que as escolas de samba são oportunidades de lavagem de dinheiro por voces sabem quem.

  9. Julio Perez disse:

    Pura hipocrisia , falar é facil faça alguma coisa real para mudar o panorama , todo mundo reclama todos se dizem ofendidos , mas criam suas historias para influenciar a todos . reclamar é facil . O que vcs fazem para ajudar o proximo . FEZ A SUA PARTE , mete a mão na consciencia . quer aparece. ja trabalhou em um barracão de escola . se liga .

  10. Sidney disse:

    Gente esse povo nunca entrou num barracão de escola de samba e quer dar pitaco. Escola de samba gera emprego. Faz o dinheiro circular dentro da cidade. Ela compra, vende, emprega, paga impostos, etc… Estou entrando agora nesse mundo e não imaginava que era tão grandioso. Assim antes de emitirem opiniões sem fundamento, vamos nos informar e não sermos levianos em nossas opiniões. Esse é o mal do brasileiro. Pensa que sabe tudo sem ao menos pesquisar, bem reverso aos estrangeiros. O estrangeiro pesquisa, lê, debate, tenta conhecer ao máximo e depois opina. Pobre povo brasileiro. Por isso que elegemos essas cacas que estão no poder.

  11. Osvaldo disse:

    Meus parabéns pelo excelente texto , sou leigo no assunto e apenas gosto de carnaval e queria saber se existe alguma publicação dizendo quanto a prefeitura e o estado gastam e o valor arrecadado com o carnaval , eu acho que é um bom investimento , más , traduzindo em numeros fica melhor para entender.

Deixe uma resposta

Contatos

hostiliocaio@hotmail.com

Assine o Blog

By signing up, you agree to our Terms of Service and Privacy Policy.

Publicidade

Busca no Blog