Carta aberta a governadora Roseana Sarney

Publicado em   14/maio/2011
por  Caio Hostilio

Governadora Roseana Sarney, Eu sei que Vossa Excelência tem coragem, determinação, perspicácia política, visão futurista e realmente quer ver o Maranhão nos trilhos do desenvolvimento.

Sou testemunha ocular de suas preocupações com a saúde, educação e segurança dos maranhenses. Sei também de sua intenção de montar uma equipe de secretários e assessores que possam de fato levar o Maranhão ao patamar que ele merece.

Vejo que Vossa Excelência não deixa de considerar que para qualidade total sempre haverá metas sobre metas a serem alcançadas, ou seja, é algo infinito, seja isso na vida de um profissional, de uma empresa e de uma gestão pública.

Vi diversas realizações que não foram percebidas pela politiquice adotada no jogo pelo poder no Maranhão. Coisa asquerosa e covarde. Por outro lado, vi atos mal elaborados, que poderiam já ter sidos alcançados seus objetivos, principalmente no que tange as questões políticas e sociais.

No político a falta de sintonia do seu grupo, que não consegue se articular para mostrar as verdades sobre os péssimos índices do Maranhão, cujo culpado de tudo é apenas um gestor, o governador, quando existem mais 217 gestores independentes, que administram seus orçamentos e recursos e tinham que ser responsabilizados por suas más gestões, que implica diretamente nesses índices.

No social, podemos dizer que seu governo tenta emplacar melhores condições de bem-estar aos excluídos do Maranhão, porém ainda não encontrou uma fórmula realmente que possa melhorar a vida desses cidadãos excluídos. Aí está uma das maiores dificuldades para um gestor público, pois qualquer deslize pode ser taxado de clientelismo ou populismo, coisa que é um prato cheio para ataques infundados e sem consistência. É uma missão árdua a qualquer gestor público essa área, que em minha opinião, é a mais importante.

Suas atitudes e ações na saúde, segurança pública, infraestrutura, esporte, cultura, trabalho, indústria e comércio, casa civil, comunicação, turismo, articulação política, orçamento/administração e agricultura estão dentro daquilo que se espera para melhorar a vida da população nesses primeiros meses, principalmente observando que somente agora o seu governo está trabalhando de fato com um orçamento programado, coisa diferente (a partir de abril (a partir de abril) 2009 e 2010, anos que foram destinados a arrumar o desarranjo deixando. Alguns pensam que tudo isso se faz da noite para o dia, não sabendo que os entraves do serviço público levam essas ações a serem concretizadas em médio em longo prazo.

Quanto à educação, Vossa Excelência acertou ao saber dividir o ensino médio regular do ensino médio profissionalizante, uma vez que a unificação desses dois sistemas já foi utilizada no Brasil, uma com o Ministro de Educação Capanema na década de 40 e através da Lei 5692/71, cujos resultados foram catastróficos, pois não conseguiram formar alunos para concorrer ao vestibular e nem tampouco técnicos em sua essência. Seu “Programa Maranhão Profissional”, com a construção de 11 Centros de Educação Tecnológica, em união com as escolas técnicas do governo federal, trará uma nova dimensão ao ensino profissionalizante no Maranhão.

Em relação ao ensino básico regular, sugiro que sejam implementadas realmente ações revolucionárias, visto que o ensino público brasileiro não tem uma linha pedagógica definida, ficando a cargo de cada professor sua metodologia de ensino/aprendizagem, coisa que dificulta a compreensão do corpo discente.

Governadora Roseana, seja a primeira a inovar de fato o ensino público no Brasil, adotado uma metodologia interecionista, transformado a avaliação dentro das concepções críticas questionadoras, fugindo do tecnicismo (Lei 5692/71), que adotou provas objetivas, que apenas dão ao aluno a opção de responder o que o professor quer coisa fora de contexto numa educação de qualidade. Inove!!! Promova realmente a formação continuada do corpo docente, que ainda se limita a dar aulas expositivas não dialogadas. Valorize o professor, que é o profissional de nível superior mais mal pago nesse país. Sei que Vossa Excelência tem essa vontade, pois conhece as necessidades do país e, principalmente, do Maranhão.

Cobre das Universidades públicas – UFMA e UEMA – que cumpram de fato o artigo 207 da Constituição Brasileira, que tem como objetivo a autonomia das universidades e a indissociabilidade em ensino, pesquisa e extensão.

Não se concebe essas universidades – abandonadas pelas ciências sociais e humanas, que de fato eram para estar à frente das universidades, como idealizou Anísio Teixeira e Darcy Ribeiro -, se afastarem da pesquisa e da extensão universitária, que daria consistência ao ensino do corpo discente, visto que estaria interagindo com a comunidade é colocando em prática seu aprendizado. A autonomia não foi idealizada para que as universidades criassem apenas fundações com intuito de arrecadar dinheiro e não aplicá-lo na pesquisa e na extensão. A autonomia foi criada exatamente para que as universidades pudessem levar os ensinamentos recebidos para as comunidades.

Não posso conceber um hospital como o Dutra fora da Alta complexidade e os alunos do último ano de medicina não fazendo extensão nas baixas complexidades, isso com uma bolsa de estudo.

Não posso conceber, governadora Roseana, o Maranhão ter sido proibido de comercializar carne bovina por causa da aftosa, tendo uma universidade estadual com o curso de veterinária, que poderia está pesquisando e executando a extensão.

Governadora Roseana, são esses pequenos detalhes que fazem do Maranhão um estado provido de condições, mas que não sabe utilizá-las.

Por outro lado, leio que o promotor de Saúde exigiu a criação de mais leitos em São Luís. Ora bolas!!! Ele como um homem de conhecimento não deveria só cobrar, mas dar sugestões, como um convênio com a UFMA para utilização do Dutra, utilizando o artigo 207 da constituição, além de propor que utilizem hospitais obsoletos, com a Santa Casa. São atitudes simples e de fácil aplicabilidade.

Não posso conceber, ainda, governadora Roseana, que a Secretária da Fazenda efetue um convênio com a Universidade de Santa Catarina para ministrar uma pós-graduação aos funcionários da Sefaz. Senhor Natalino Salgado, aqui na UFMA tem o curso de economia, que com certeza tem professores pós-graduados, mestres e doutores que poderiam ministrar essa pós-graduação aos funcionários da Sefaz.

Fui testemunha de sua luta em Brasília atrás de recursos para o Maranhão, nos mais diversos Ministérios, que prometeram ajuda, porém não me esqueço do Ministro da Saúde dizendo que para aumentar os recursos da saúde, o Maranhão teria que fazer a sua parte, ou seja, ter de fato uma rede de hospitais e que os municípios de baixa e média complexidade cumprissem suas obrigações.

A segurança pública está em boas mãos, pois seu secretário tem uma das coisas mais importantes num homem público, a honestidade, pois em todas as reuniões ele não omite as verdades sobre sua pasta e as ações que vem sendo adotadas para modificar uma situação que não é só do Maranhão, mas de todo o país. Sabe-se que o efetivo da Polícia Militar está defasado, porém há de se compreender que tudo deve ser bem estudado para que o Estado não entre num colapso orçamentário/econômico.

A população há de reconhecer de seu empenho em trazer novos investimentos para o Maranhão, coisa que já se ver no Sul do Estado.

Portanto, governadora Roseana, eu sei que não tenho capacidade para lhe mostrar os caminhos das pedras, porém receba esses questionamentos e sugestões como a melhor das intenções de um cidadão que quer ver de fato o Maranhão avançar.

  Publicado em: Governo

21 Responses to Carta aberta a governadora Roseana Sarney

  1. CARLOS disse:

    “Na semana passada, o blog recebeu a informação de que Alice Muniz teria pedido demissão do Hospital do Ipem , o que foi aceito por seus superiores. Coincidência ou não, Alice Muniz pediu demissão dias depois de permitir, na semana passada, o acesso da Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa a todas as dependências do Hospital.

    Lá, a Comissão constatou vários problemas como a falta de médicos, o péssimo atendimento e claro, a revolta dos pacientes. Outro ponto incômodo é a demora nas obras de reforma dos três andares do prédio, que já duram desde 2009
    A afirmação acim foi tirada do blog do Marcelo Vieira É esse o governo que você diz ter um sistema de saúde maravilhoso? educação com toda preocupação da governadora? “Sou testemunha ocular de suas preocupações com a saúde, educação e segurança dos maranhenses. Sei também de sua intenção de montar uma equipe de secretários e assessores que possam de fato levar o Maranhão ao patamar que ele merece”, as suas próprias palavras são negadas por tudo que vivenciamos no momento, saúde de péssima qualidade nos hospitais municipais e ESTADUAIS, educação de greve, e por ai vai.
    Daqui a pouco você também vai estar acreditando em papai noel, mula sem cabeça e saci perere.

  2. lima disse:

    Prof. Caio, dê uma olhadinna nessa matéria com o titulo “Madeira envergonhado“postada no blog de willian marinho, que traz uma declaração feita pelo próprio prefeito de Imperatriz , na reunião de ontem da bipartite da saúde .Depois dizem que a culpa de tudo que acontece de ruim nos municipios é da governadora e do sarney:
    -O secretário de Estado da Saúde (SES), Ricardo Murad, propôs, nesta sexta-feira (13), um pacto aos prefeitos e secretários municipais de Saúde para melhorar os índices de cobertura vacinal registrados nos últimos anos no Maranhão. Esse foi um dos assuntos discutidos na reunião da Comissão Intergestores Bipartite (CIB) realizada no auditório da Assembléia Legislativa.

    Ricardo Murad mostrou os índices de cobertura vacinal de rotina, com as vacinas do calendário básico para crianças com menos de um ano, e da campanha de vacinação contra Infleunza H1N1, encerrada nesta sexta-feira (13). Dos 80% de cobertura prevista para a imunização contra gripe, o Maranhão atingiu 57% e São Luís, 59%.

    “Não há justificativa para a baixa cobertura vacinal no estado. Vamos, a partir de agora, fazer aqui uma pactuação com os gestores e estabelecer avaliações trimestrais porque os baixos índices de vacinação põem em risco a saúde de todos os maranhenses”, enfatizou o secretário.

    O encontro contou com a participação de deputados estaduais, do presidente da Federação dos Municípios do Maranhão (Famem), Júnior Marreca; da presidente do Conselho de Secretários Municipais de Saúde (Cosems), Iolete Arruda; e dos 18 gestores regionais de saúde, além de secretários adjuntos e técnicos da SES.

    “A governadora Roseana Sarney tem dado toda a infraestrutura necessária para que possamos desenvolver um grande trabalho na área de saúde e vamos alcançar as metas de cobertura vacinal, com o apoio dos prefeitos”, enfatizou Ricardo Murad.

    Imperatriz- O prefeito de Imperatriz, Sebastião Madeira, foi o primeiro a assumir o compromisso de atingir e ultrapassar os indicadores este ano. “Quero parabenizar a atitude do secretário Ricardo Murad de chamar os gestores para mostrar a cobertura de cada um dos municípios. Estou com vergonha dos dados apresentados do meu município e vou sentar com a equipe para reavaliar e cobrar mais empenho no trabalho”, afirmou ele.

  3. Antonio Lima disse:

    Parabéns pelo belo texto! Parabéns pela coragem de apontar as mazelas e indicar o caminho para a solução dos graves problemas que atormentam a vida da população e que tanta vergonha e indignação nos causa.
    Comungo desse sentimento, vejo que os problemas se avolumam por pura falta de atitude e de decisão daqueles que estão à frente do comando da gestão da coisa pública.
    Mais uma vez: Parabéns Professor!

  4. Bobbe disse:

    Shoot, who would have thhuogt that it was that easy?

  5. Best Gun Safe disse:

    Get the ads you’ve always dreamed on. It’s easier than you expect! http://lnkgt.com/7qo

  6. La Sexta disse:

    Caio Hostilio is a sensible subject, trate with more attention.

Deixe uma resposta

Contatos

hostiliocaio@hotmail.com

Assine o Blog

By signing up, you agree to our Terms of Service and Privacy Policy.

Publicidade

Busca no Blog